Parque Nacional Iguazú – O lado argentino das Cataratas

cataratas iguaçu dicas

Olha, tem muito brasileiro que não gosta de argentino por causa de rivalidade de futebol. Confesso que eu, Thiago, nunca fui assim, mas há algum tempo passei a ser por não ser nem um pouco fã do Messi. Mas, ao contrário desses fanáticos, tenho noção de que, sim, é preciso reconhecer as grandezas mesmo de um “rival” – acho que aprendi isso no jornalismo. E a Argentina tem muita coisa boa – até o próprio Messi, vai. Tem tango, chorizo, alfajor, doce de leite, o futebol… E o Parque Nacional Iguazú.

Beijinho em frente às Cataratas: awnnn!

Beijinho em frente às Cataratas: awnnn!

Já visitamos Buenos Aires (em breve, post aqui), eu conheci Mar del Plata (que é bem legal), mas acho que nada nesse país deve ser tão bonito quanto a tal Garganta del Diablo – para a gente, Garganta do Diabo. Ela é o ponto alto do passeio pelo lado argentino das Cataratas do Iguaçu e é, realmente, impressionante. Todo o passeio, aliás, vale muito. Fizemos no segundo dia em Foz, guiados pelo senhor Ildo outra vez,  pagamos menos do que em agências (R$ 160, ou seja, R$ 40 por pessoa, já que o Renatinho e a Rafa foram consosco) e tivemos uma comodidade enorme.

Chegue cedo, beba água e cuidado com os quatis!

O passeio até as “cataratas argentinas“, saindo do Hotel Bella Itália, não dura nem meia hora. Fazemos o mesmo caminho até a fronteira, como no dia do Duty Free, temos que mostrar documentos novamente, e depois seguimos a rota. Ao chegarmos lá, pagamos a entrada, que custa 115 pesos por pessoa (algo em torno de 40 reais) e nos encaminhamos para uma estação onde tem um trenzinho bem legal. É ele quem vai te levar até as estações de onde você faz as caminhadas para as cataratas. Também há opções de esportes radicais, como rapel e rafting, mas deixamos isso para o Macuco Safari no lado brasileiro (no próximo post, mais detalhes).

Trenzinho que leva às estações e os quatis sempre de olho

Trenzinho que leva às estações e os quatis sempre de olho

Circuito inferior e superior, respectivamente: que tal?

Circuito inferior e superior, respectivamente: que tal?

A viagem até a primeira estação, Cataratas, dura uns cinco minutinhos. Ao chegar lá, você tem duas opções: fazer o circuito inferior, mais longo, ou o superior, mais curto, para explorar o local. A diferença é simples: o inferior você tem uma visão incrível delas bem de baixo, fica ótimo para tirar fotos (mas também anda um pouco mais por isso, cerca de 500m a mais). De cima, você tem uma noção maior do tamanho daquilo tudo, mas as fotos ficam boas só das paisagens em frente, já que não dá para pegar bem a água caindo. Obviamente, fizemos as duas. Uma mais maneira que a outra. Detalhe: Arco-Íris nas Cataratas é mais comum que o Flamengo ganhar do Vasco em final.

No caminho Inferior até chegar às Cataratas

No caminho Inferior até chegar às Cataratas

Passeio Inferior tem como destino esta vista de uma das quedas d'água

Passeio Inferior tem como destino esta vista de uma das quedas d’água

Seguimos a recomendação do taxista e fizemos inferior depois superior. O caminho é bem tranquilo – e o inferior bem mais legal. Fiquei com medo de ser uma trilha fechada, com lagartos e coisas do tipo, mas que nada. As duas caminhadas, juntas, duram em torno de umas duas horas, duas horas e meia, dependendo das paradas. Destaque para os quatis, muitos, que aparecem do nada. Tome cuidado e não mexa com os animais. Eles mordem e estão sempre procurando comida para roubar. E beba bastante água, porque cansa, viu?

Circuito superior te leva para cima da catarata do inferior

Circuito superior te leva para cima da catarata do inferior

Visual de lá de cima é impressionante

Visual de lá de cima é impressionante

Garganta do Diabo: cansaço que vale muito a pena!

Depois da caminhada, você pode almoçar no restaurante que tem lá ou passar na lanchonete, comer umas empanadas, tomar uma gaseosa, pedir um alfajor de sobremesa e tudo certo. Ficamos na segunda opção (aceitam reais, dólares e cartão, ao contrário da entrada do parque, que só pode ser paga em pesos). Depois, pegamos o trem para a Garganta do Diabo. Novamente, uns cinco minutinhos numa trilha bem agradável. Ao chegarmos lá, nos preparamos mentalmente e fisicamente para a distância de 1,1 KM da trilha (cada trecho). Mas vale o cansaço.

Panorâmica da Garganta do Diabo: um espetáculo

Panorâmica da Garganta do Diabo: um espetáculo

Alguém impressionado com as cataratas aí, Renatinho?

Alguém impressionado com as cataratas aí, Renatinho?

O caminho já é muito maneiro, com pontes por cima da água dos rios e de onde se pode ver jacarés, tartarugas, peixes e muita, mas muita borboleta voando – e a maioria delas até posando em você. É ótimo para tirar fotos. E, ao chegar ao final, você tem uma vista absurda de uma quantidade de água surreal. Não dá para ter noção do que acontece ali. É uma queda brusca, muito, muito forte, com as pessoas se estapeando para pegar um lugar e presenciar aquele fenômeno natural. As fotos boas, claro, são feitas de longe, porque de perto não tem nem como ver nada.

Contemplar de longe é uma das coisas mais legais de fazer chegando à Garganta

Contemplar de longe é uma das coisas mais legais de fazer chegando à Garganta

É muita, muita água!

É muita, muita água!

A Garganta do Diabo é a queda com maior fluxo das Cataratas do Iguaçu, que têm cerca de 275 quedas de água, com 150 metros de largura e 80 metros de altura. E este nome de Garganta do Diabo é fácil de entender: parece mesmo que é algo “diabólico” puxando a água com muita força, para baixo. Mas todos os números, fotos e vídeos não conseguem traduzir a grandiosidade daquele local. Vão ver pessoalmente. Vale demais!

Impressionante!

Impressionante!

Noite com Ice Bar e boliche no Boulevard Iguassu

Saímos de lá mortos, pegamos o trenzinho de volta e convencemos nosso taxista a fazer uma paradinha “fora do roteiro”. No dia de Puerto Iguazu, recebemos um folheto anunciando o “Ice Bar Iguazú“, que é um bar totalmente de gelo com temperatura de -10 graus, onde você entra por 45 pesos (por pessoa) e pode ficar cerca de meia-hora (a temperatura não permite mais do que isso) com as bebidas liberadas. Como eu e Aline queríamos ir no Ice Bar de Londres, mas acabamos não conseguindo, resolvemos arriscar nesse.

Ice Bar: frio, barato, divertido e ótimas bebidas!

Ice Bar: frio, barato, divertido e ótimas bebidas!

E não é que foi bem legal? A casa nem parece que abriga um bar de gelo, fica bem pertinho da fronteira com o Brasil e tem horários certos para a entrada. Aguardamos cerca de 20 minutos, depois entramos, colocamos a roupa, fizemos uma aclimatação em uma salinha com temperatura de cinco graus por uns 5 minutos e entramos. O lugar é simples, mas bem transado. O bar é muito maneiro, tem umas estátuas de gelo, um fotógrafo para registrar o momento caso você não consiga tirar as mãos da luva e muita música.

Bebidas são servidas em um copo de gelo

Bebidas são servidas em um copo de gelo

Nos divertimos muito, apesar do frio. Eu fui o que mais aproveitei. Bebi muita vodka com sprite, gin tônica, gin com licor de limão… Uma beleza. Tiramos fotos no celular, mas ainda compramos duas impressas (R$ 15 cada) por casal. A Aline, coitada, saiu com o pé congelando. Fomos para o hotel, descansamos e à noite fechamos o dia com uma bela picanha e um bolichinho no Iguassu Boulevard, que é um mini-shopping que fica a uns 10 mindo Bella Itália. Barato, divertido e ótimo passatempo. PS: Não perguntem quem ganhou.

Bolichinho pra fechar a noite!

Bolichinho pra fechar a noite!

No próximo post, nossa aventura no lado brasileiro das cataratas! Até lá!

Anúncios
Sobre O Tour Nosso de Cada Dia (215 artigos)
Como bons jornalistas, gostamos de escrever. Aqui, vamos fazer uma espécie de bastidores das nossas viagens, expectativas, ansiedades, preparativos, dicas, roteiros e muito mais. Esperamos dividir com você um pouquinho da nossa paixão (literalmente) por viagens.

58 comentários em Parque Nacional Iguazú – O lado argentino das Cataratas

  1. Gilvânia Figueredo // 05/05/2016 às 11:22 // Responder

    Quanto tempo vc levou para fazer todo esse passeio do lado argentino e o do lado brasileiro? Muito boa as suas dicas!

  2. Belas dicas

  3. ola, tenho uma duvida sobre a documentaçao para passar pela aduana argentina, sou estrangeira, moro aqui no brasil, tenho cpf,Rg, CNH, sera que com isso posso entrar??

    • Olá. Não é necessário mostrar passaporte para entrar do lado argentino . Apenas identidade. Mas se você quiser, pode levar o passaporte no lugar da identidade. Se você estiver dirigindo, é bom estar com sua CNH.

  4. Olá, tem dicas de hotel, esse que pegou o ônibus direto para as cataratas?

  5. Quero deixar uma dica, acabei de voltar de foz, e achei um ônibus que vai da cidade de foz do iguaçu direto para as cataratas argentinas (ou seja, sem passar pela cidade argentina de puerto iguazu), ele sai do centro de foz, e vai pela Av. das cataratas, peguei ele nesta avenida pois o hotel em que fiquei era na av. das cataratas. Paguei mais barato do que se tivesse ido para purto iguazu e depois pego outro ônibus para as cataratas. Pelo que entendi ele para nos mesmos pontos dos ônibus nacionais/convencionais de foz, é da empresa Cruzeiro Del Norte (tem mais linhas dessa empresa que passa em Foz, por isso procure a que vai direto para as cataratas) me cobraram 40 pesos pela passagem (cerca de R$10,80-pelo cambio de 21/06/15), e também aceitam reais mas cobram a tarifa um pouco mais cara se for em reais fica R$15,00. O ônibus te deixa na frente do parque e para voltar pega no mesmo lugar e te leva para o Brasil de novo pelo mesmo preço, é um ônibus de viajem bem confortável, há e ele espera os passageiros passarem pela imigração.
    Resolvi compartilhar esta informação, pois antes de ir para foz pesquisei sobre como ir de ônibus para as cataratas argentinas para gastar menos (os táxis cobram cerca de R$180,00 ida e volta, de ônibus gastei R$21,60), mas li que não tinha linha direta, mas chegando lá por sorte encontrei essa linha que é direta.

  6. Pessoal, muito boa explanação sobre esse passeio! Estive ano passado e retornarei esse mês com meus pais. Uma dúvida: qual tem sido a melhor logística saindo do centro de Foz? Estaremos em 4 pessoa. A melhor opção é pegar pacote de agência (transfer + entrada + guia)? Cotei uma por 130,00, não sei se esse valor pode melhorar. Valeu!!

    • Ou, Hélder! Que bom que você gostou das nossas dicas. Nós fomos em 4 pessoas e fechamos taxi, ficando bem mais em conta que fazer com empresa. O senhor ficou a nossa disposição em todos os dias. Guia não é necessário ter, porque dentro dos parques você pode andar sozinho.

  7. David Morato // 19/02/2015 às 9:56 // Responder

    Eu e minha esposa acabamos de chegar de Foz. Foi o melhor carnaval vivido até agora!
    A experiência de poder conhecer Puerto Iguaçu, as Cataratas, e Ciudad del Este foi magnífica. Ficamos 3 dias e foi pouco! nota 10!! Todo brasileiro deveria de conhecer.

  8. Muito boa as informações, trabalho em uma empresa de receptivo de Foz e ofereço todos os atrativos, as informações passadas nesse blog são muito boas.

    Atenciosamente,

    Nilson Rocha
    Especialista em Foz do Iguaçu

  9. Passando para agradecer as dicas q me deu sobre Foz do Iguaçu… Lugar maravilhoso, meu esposo e eu amamos e seguimos várias dicas do seu blog… obrigada…

  10. E material de informática? alguma sugestão de loja?

  11. THAISA DE ANGELI TESSAROLO // 15/12/2014 às 19:38 // Responder

    Adorei as dicas de vocês para viagem , gostaria de saber um aloja que vende perfumes e cremes importados de confiança que posso comprar..

    • Que bom que você gostou do blog, Thaisa! Ficamos felizes por isso! O Duty Free de Puerto Iguazu tem perfumes e cosméticos. Além disso, você pode comprar no Paraguai, caso faça o passeio para lá. Tem várias lojas, como a Monalisa, que é enorme.

  12. Estou em foz, alguém sabe me dizer se tem como chegar até la de transporte coletivo?

    • Olá! Não sabemos não…

    • Fui hoje de ônibus coletivo, eu mesmo vou responder a minha pergunta.
      O ônibus sai ao lado do terminal de foz e vai até a rodoviária de Puerto Iguazu, (r$ 4,00) se não me engano rua Men de Sá,na rua do ponto de táxi, só perguntar que qqer morador informa. Obs.: próximo ao terminal de foz de iguaçu tem o mercado Muffato, la tem uma casa de cambio para trocar o real em peso, inclusive estava aberto no domingo cedo, cada peso estava cotado a 0,24 centavos de real. O pagamento do lado argentino não aceita real só peso
      Não esqueça de levar o RG com menos de 10 anos de data de expedição, pois na aduana argentina todos passageiros descem do ônibus pra conferir documentos, o ônibus fica esperando, a aduana argentina fica ao lado da Dutyfree.
      Chegando na rodoviária de puerto iguazu pegar o ônibus pra cataratas, paguei 40 pesos ida e volta. Obs. : tem a possibilidade na rodoviária de puerto iguazu trocar real por peso, para qdo chegar no parque vc tem peso em mãos para comprar o ingresso.
      Na rodoviária de puerto iguazu Tbm vende passagem para varios lugares do brasil, ( Salvador ,{Sp r$180,00}, Brasilia, RJ, outras que não me lembro.).

      No parque os preços de alimentos e bebidas são um absurdo, pra terem uma ideia uma garrafinha de água custa em torno de 25 a 30 pesos ( em media r$8,00).
      Na minha opinião, levar alguma coisa pra comer e beber, pq la vc anda muitoooooo,.
      O passeio de barco pelas cataratas lado argentino esta 270 pesos ( 270 x 0,24= R$ 64,80)
      Pra vcs terem uma idéia lado brasileiro custa 170 reais o mesmo passeio, uma economia de em torno de 100 reais por pessoa.
      A cotação de 0,24 do peso foi do lado brasileiro, lado argentino a taxa deve ser outra.
      Espero ter ajudado e ótimo passeio a todos.

  13. Olá. Como você fechou contrato com esse taxista ou poderia passar o contato dele?

  14. Olá! Adorei as suas dicas….
    Mas fiquei com uma dúvida. No lado brasileiro, tu paga o ingresso do parque e outros passeios, como o macuco safari, são pagos à parte, não está incluído na entrada do parque.
    E no lado argentino? Tu não citou outro pagamento, fora a entrada do parque. Está tudo incluído? Pago a entrada somente e posso fazer circuito inferior, superior e garganta do diabo? Isso?

    • Olá, Stephanie. Isso mesmo. Do lado argentino você paga o ingresso único e tem direito de visitar todos os circuitos e garganta do diabo. Do lado brasileiro, para fazer o Macuco Safari é pago à parte.

  15. Perfeito, muuuito obrigada 😉

  16. Olá!
    Por favor, em dezembro vou para Foz, uma dúvida, sei q vc não fez a Aventura Náutica e sim o Macuco Safari, mas minha dúvida é a seguinte, vi q tem a Garganta do Diabo, Circuito Inferior e Superior, no caso, gostaria de fazer a Aventura Náutica, vc sabe me dizer por onde seria melhor eu começar? No caso Garganta do Diabo por primeiro, circuito superior, almoço e circuito inferior mais Aventura Náutica ou Garganta do Diabo por primeiro, , circuito inferior mais Aventura Náutica, almoço e circuito superior? Penso em relação a ficar molhada sabe? Será q tem algum banheiro q eu possa me enxugar e trocar de roupa por lá?
    Curiosidade, pq vc optou por fazer o Macuco Safari e não a Aventura Náutica?

    • Oi, Adriana. Andar pelo lado Argentino cansa bem mais que o lado brasileiro. Nos recomendaram que era melhor fazer o Macuco Safari, por isso optamos apenas por ele. Mas no fundo, o passeio é bem parecido. Conforme relatamos, um taxista nos aconselhou fazer o circuito inferior primeiro, depois o superior. Paramos para o almoço e fizemos por último a Garganta do Diabo, pois a caminhada pra lá é de 1,1km. Há restaurante e banheiros espalhados. Usamos uma boa capa que ajudou a não sair ensopado.

  17. EMERSON DUNKER // 08/10/2014 às 14:36 // Responder

    Outra dica para quem for comprar perfumes no Paraguai, comprem na Loja Macedônia, pesquisei em várias lojas e o preço melhor foi lá que eu encontrei.Muito legal o passeio By Night na Argentina e jantar no Restaurante Tio Querido. Cuidado para não exagerar no pedido do jantar, vem muita comida. Compras na feirinha: Alfajor, queijos, salames, semente de chia. Muito legal!

  18. EMERSON DUNKER // 08/10/2014 às 14:27 // Responder

    Os dois lados são lindos, no lado do Brasil, vale a pena almoçar no restaurante Porto Canoas, se for fazer o passeio no Macuco Safari, vá!! vale a pena, aconselho quem for fazer o passeio leve uma câmara fotografica a prova de água, e vá de roupa de banho(sunga/biquini) voce pode deixar seus pertences em um guarda volumes, antes de fazer o passeio. É muita emoção! No lado Argentino é muito lindo.Aconselho levar baterias da camara de reserva, porque cada minuto você se depara com uma paisagem mais linda que outra. Tem vários passeios em Foz do Iguaçu que valem muito a pena visitar, outro que adorei foi o Parque das Aves, belo demais! Aproveitem

  19. TERESA NOEMI DE ALENCAR ARRAES DUARTE // 11/03/2014 às 9:12 // Responder

    Olá, adorei o post de vocês. Sou uma jovem senhora quase chegando na 3ª idade e eu e minhas amigas adoraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaamos viajar. Vamos no próximo dia 19/04/2014 conhecer Foz. Amei suas informações. Vou ficar lhes seguindo para pegar as dicas. Um beijão.

  20. Ola, pessoal! Buscando infos de Foz, encontrei o site de vcs. Mto legal! Seguinte… vou pra Foz no Carnaval e gostaria de saber em relação as Cataratas da Argentina. Vou com minha mãe, que está na melhor idade. Não sei se ela vai conseguir andar tudo que tem pra andar lá, apesar de ser uma pessoa ativa… tem algum lugar que ela possa ficar me esperando se for o caso, por exemplo, um restaurante/lanchonete? Ou desceu do trem para fazer a trilha, já era? Desde já, obrigada.

  21. AMEI SEU POST, MAS EM QUANTAS HORAS VOCÊS FIZERAM O PERCURSO COMPLETO NAS CATARATAS ARGENTINAS! VOU PASSAR 3 DIAS EM FOZ E ME PROGRAMEI PARA O DOMINGO, PARTINDO CEDINHO E RETORNANDO 16H POIS MEU VOO PARTE 18! LOUCURA OU VIAVEL?

    • Obrigada, Lenina! Olha, eu aconselho ir cedo porque tem que passar na imigração e pode ter fila de carros. Nós andamos o circuito inferior e superior e andamos bem. Para chegar à Garganta do Diabo anda 1,1km. Saímos de lá por volta de 17h. Se o seu voo é 18h, melhor chegar no aeroporto às16:30 porque é bem pequenino cheio. Tem ainda a passagem pela Receita Federal e aí você pode ser parada ou não. É bom não arriscar sair para o aeroporto em cá da hora…

  22. Marcelo Campos // 12/11/2013 às 14:50 // Responder

    Olá estou indo com minha esposa. Vou ficar dois dias em ciudad del este e dois dias em iguazu, gostaria de saber se fechamos os passeios por aqui ou é melhor fechar na hora.

  23. zilda salete ghion a. moraes // 07/06/2013 às 14:18 // Responder

    Muito Bom todos esses comentários,somos um Grupo de Santo André e iremos p/ Foz de 16 à 20/09/2013 e fiquei muito feliz de ler tudo o que vcs postaram, parabéns e tudo de bom p/ vcs.
    Se tiverem mais alguma novidade nos mande.
    Um Grande Beijo!!!!!!!!

  24. Quantas horas vcs gastaram por todo esse passeio no lado argentino ? Não foram à ilha de San Martin ? A ida até a ilha de San Martin é inclusa no ingresso ou tem que pagar extra ?

    Duas últimas dúvidas (e reforçando as informações já postadas no post):

    a exigência obrigatória de pesos argentinos é somente na entrada do parque ?

    uma vez dentro do parque argentino posso fazer refeições e compras com o real brasileiro e com cartões de débito/crédito?

    • Oi Augusto,

      Não fomos à ilha San Mantin. Pra ser sincera nem conheço e não li nada antes de ir. A entrada do parque só aceita peso, mas as lanchonetes, restaurantes e lojas aceitam o real. No entanto, eles convertem na cotação deles. Se for usar seu débito e crédito não esqueça de pedir liberação seu banco.

      Qualquer dúvida, pode perguntar à vontade tá?

  25. Muito bom o post ! Ótimas dicas. Esse ano irei com minha namorada. Ansioso pra ver e ler a postagem do lado brasileiro. Tudo de bom pra vcs !

  26. Muito bacana. Fui somente do lado brasileiro, mas quero voltar, ainda esse ano, para conhecer o lado argentino. Adorei a dica do Ice bar =) beijos

    • Os dois lados são incríveis!! No geral, o lado brasileiro, que é panorâmico, é mais bonito. Por outro lado, na parte da Argentina o visual que impressiona é a Garganta do Diabo. É impressionante! Eu, Aline, fiquei até meio tonta rs Fixava o olhar na queda d´água e a sensação é que a água vem na sua direção hahaha. Não deixe de visitar! Ice Bar também é show, Carol!

      Bjs

  27. sandra christina de souza correa // 30/04/2013 às 13:00 // Responder

    Adorei!!!!!!!!!!!✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫↓↓✿✿✿✿✿✿✿✿☀☀☀☀☀

Ficou com alguma dúvida ou quer elogiar? Deixe-nos um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: