Ilha Tour em Fernando de Noronha: conheça a ilha em um dia

Vista das pedras - Dois Irmãos

O Ilha Tour é um passeio que dá uma noção muito boa para quem chega a Fernando de Noronha. Fechamos o passeio com a Atalaia que é um dos receptivos mais conceituados da ilha. Com almoço incluso custa R$ 150 (maio/13). Porém, por ser baixa temporada, nós pagamos 140. Optamos pelo almoço porque o passeio dura o dia todo.  Dica: o ruim de não pagar o almoço é que a Atalaia faz a parada no restaurante Cheiro Verde que fica bem em frente ao escritória da empresa. Quem não optar pelo almoço será difícil comer por ali.

noronha dicas

Aluguel de equipamentos para o snorkeling antes do passeio começar

Todo o passeio é feito em uma 4×4 e dura 8h. Você pode ira atrás ou na frente. Nós fomos na frente, que é bem mais confortável, mas não escolhemos. Conhecemos a Danielle e o Wagner, um casal do RJ muito simpático e que já viraram nossos amigos.  Fizemos todos os passeios com eles, inclusive de buggy.  O Juca (motorista que por sinal é muito gente boa e faz trilhas e passeios por conta própria. Tel: 81-8748-6204) parou no escritório da Atalaia para que alugássemos colete, snorkel e nadadeiras, o famoso “pé de pato”. O conjunto ali custa R$ 40 e nos PICs da Praia do Sancho e Sueste R$ 30.  Alugamos somente o colete e a nadadeira. Cada um custou R$5. Compramos a máscara de mergulho, no dia anterior, lá na Atlantis Divers (fica na Vila dos Remédios) e pagamos R$ 80/cada. Eu e Thiago sempre viajamos e alugamos. Então, já estava mais que na hora de comprar :).

Dica: alugue logo no início do passeio o kit para o mergulho livre. Se for alugar no Sancho ou no Sueste não é permitido levar os equipamentos para outros lugares. No Sueste é obrigatório entrar de colete. No entanto, no mergulho de lá o pé de pato ajuda e muito e eu vou dizer o por quê durante o post.

Danielle e Wagner, casal que conhecemos e fizemos os passeios

Danielle e Wagner, casal que conhecemos e fizemos os passeios

Cacimba do Padre e Baía dos Porcos

A primeira parada é na Praia da Cacimba do Padre. Assim que chegamos vimos apenas um irmão rs. Mas basta dar alguns passos para a esquerda que os Dois Irmãos estão lá. Imponentes e lindos 🙂 Subimos umas pedras, cuidadosamente, para contemplamos a vista deles lá de cima, além da Baía dos Porcos em que o mar tem uma cor linda! Não descemos porque o acesso é bem complicado. Até voltamos em outro dia, mas havia uma pequena extensão de areia e MUITA pedra. Vale lembrar que somente com maré baixa pode-se fazer esta subida.

Praia da Cacimba do Padre - Fernando de Noronha

Praia da Cacimba do Padre – Fernando de Noronha

Finalzinho da Praia da Cacimba do Padre

Finalzinho da Praia da Cacimba do Padre

Vista das pedras - Dois Irmãos

Vista das pedras – Dois Irmãos

Baía dos Porcos - Fernando de Noronha

Baía dos Porcos – Fernando de Noronha

Mirante do Sancho  e Baía dos Porcos

A segunda parada foi no PIC do Sancho. Apresentamos na entrada de uma loja o cartão de R$ 65 que dá direito à entrada no Parque Nacional Marinho e ficamos ali passando protetor para darmos início a trilha que leva ao mirante. Neste PIC há a trilha para o Mirante dos Golfinhos, mas não está incluso no passeio porque eles só aparecem muito cedo (5h30 da manhã) para se alimentarem. Não voltamos também porque já tínhamos lido que eles ficam bem longe e somente com binóculos você  pode vê-los. Como no passeio de barco (próximo post) eles dão um show, evitamos a fadiga.

Ambas as trilhas são suspensas de madeira sintética, facilitando assim o acesso a idosos e cadeirantes. A principal, para o Sancho, é bem curtinha e pelo caminho aparecem as mabuias (lagartinhos). Thiago já começou a entrar em desespero porque ele MORRE de medo de lagartixa, lagarto, jacaré e cia. A primeira parada para foto é  no mirante da Praia do Sancho, eleita a mais bonita do Brasil e a quarta do mundo. O azul da água é incrível! Na foto abaixo, ficamos escuros, mas o que importa é a cor desse mar 🙂

Mirante com vista para a Praia do Sancho

Mirante com vista para a Praia do Sancho

Madeira sintética - Trilha do Sancho

Madeira sintética – Trilha do Sancho

Mabuais - os mascotes de Noronha

Mabuias – os mascotes de Noronha

Continuamos a trilha contemplando a belíssima Praia do Sancho, ainda lá de cima, e mais na frente lá estavam eles: os Dois Irmãos. As fotos de lá ficam lindíssimas! Com Thiago nem fotografei direito porque ele já estava a essa altura em pânico com as mabuias. Mal sabia ele o que o esperava pela frente…

Praia do Sancho - a mais bonita do Brasil!

Praia do Sancho – a mais bonita do Brasil!Praia do Sancho

Praia do Sancho - a mais bonita do Brasil!Praia do Sancho

Praia do Sancho – a mais bonita do Brasil!Praia do Sancho

Mirante Dois Irmãos - Fernando de Noronha

Mirante Dois Irmãos – Fernando de Noronha

Snorkeling no Sancho

Para chegar à Praia do Sancho é necessário descer uma escada que fica no meio de um penhasco de uns 40 metros. A escada é bem segura, mas o espaço bem estreito. São dois lances, um com 15 e outro com 20 degraus. Depois, há outra escada mais larga, com pedras, de 125 degraus. Estávamos com a bolsa  da máquina, máscara de mergulho, coletes e pé de pato. Faltou muito pouco para o Thiago desistir.

Todos haviam descido a primeira parte, mais estreita, e nós estávamos lá. Ele suava de nervoso com medo das mabuias que apareciam a todo instante. O guia, Arthur, o encorajou e se ofereceu para descer com os equipamentos de mergulho. Ele pensou, pensou e pensou e desceu com a ajuda do guia que foi muito generoso. Eu desci em seguida e sentia minhas pernas tremerem de nervoso achando que ele ia desmaiar ali no meio do penhasco. Parece bobeira, mas para quem tem medo/pânico de algo encarar a situação é bem difícil.

Praia do Sancho - Fernando de Noronha

Praia do Sancho – Fernando de Noronha

Fenda para a Praia do Sancho. Aeeeee Thiago superou!!

Fenda para a Praia do Sancho. Aeeeee Thiago superou!!

A água do Sancho é quentinha e muito clara. Íamos estrear a GoPro, mas a bateria estava fraca e tiramos apenas uma foto de cima. Vimos cada peixe mais lindo que o outro! Ficamos ali cerca de 40 minutos e depois subimos. Ah, para que tem medo de lagartos como o Thiago, lá no Sancho  há pedras na areia e eles são maioria. Como as pessoas levam comidas, eles se juntam e são milhares! Para subirmos a fenda no meio da pedra, o mesmo sufoco. Mas, dessa vez ele sorriu para a foto (acima) 🙂

Snorkeling no Sancho

Snorkeling no Sancho

Buraco da Raquel e Museu do Tubarão

Paramos no Buraco da Raquel e lá é uma pedra com um buraco no meio. O guia nos contou três histórias engraçadas, que vocês já podem imaginar né? Hahaha. No mesmo espaço, fomos ao Museu do Tubarão, compramos umas miniaturas e ficamos sentadinhos ali fora uns  minutinhos. Também tem alguns lugares para tirar fotos, como o trono de Poseidon (ou Netuno, Deus do Mar), o corpo de uma sereia e a boca de um tubarão.

Buraco da Raquel - Fernando de Noronha

Buraco da Raquel – Fernando de Noronha

Mar lindo no Buraco da Raquel

Mar lindo no Buraco da Raquel

Museu do Tubarão - Fernando de Noronha

Museu do Tubarão – Fernando de Noronha

Poseidom e a sereia :)

Poseidon e a sereia 🙂

Praia do Leão

Aqui a parada é somente em um mirante em que temos a visão de uma pedra que parece um leão. Eu juro que vi um hipopótamo e há quem veja uma baleia olhando da esquerda para a direita.  Na praia, para onde não descemos, há demarcações em que as tartarugas marinhas depositam seus ovos nas ações do Projeto Tamar.

Praia do Leão - Fernando de Noronha

Praia do Leão – Fernando de Noronha

Praia do Leão - Fernando de Noronha

Praia do Leão – Fernando de Noronha

Praia do Sueste com snorkeling: tubarões, arraias e tartarugas marinhas

Após o almoço, fomos para Sueste que também pertence ao Parque Nacional Marinho e oferece um PIC como a mesma estrutura do Sancho. Há chuveiros, banheiros, lojas de vendas de lembranças e lanchonete. Compramos uma garrafinha por R$ 9 que nos dava o direito de enchê-las duas vezes. Como a água custa R$3, vale a pena. No Sueste, o colete é obrigatório porque a extensão é muito rasa, logo é proibido tocar nos corais. E por que eu recomendo usar o pé de pato, conforme citei lá em cima? Porque você nada uns  500 metros para ir, fora mais 500 para voltar e é cansativo demais. Logo, a nadadeira ajuda e muito.

Praia do Sueste - Fernando de Noronha

Praia do Sueste – Fernando de Noronha

Snorkeling no Sueste

Snorkeling no Sueste

Frio na barriga ao ver um tubarão

Não estava sol e a visibilidade não estava ruim. Lá, geralmente a visibilidade não é das melhores. Então, fotos não ficam muito nítidas, por isto preferi aproveitar o mergulho e não me preocupar com fotos. Vi uma arraia gigaaante, muitas tartarugas marinhas, peixes e, na volta, moooorta de cansada porque as ondas dificultavam acabei vendo dois tubarões que eu acho que são os Lixas. Um passou longe. Já o outro saiu de perto dos corais e des-fi-lou lentamente na minha frente. Por mais que eu soubesse que eles têm muita vida marinha para se alimentar, encolhi a barriga e meu corpo estremeceu. Só mexi a cabeça para ver até onde ele ia e levantei me tremendo hahahaha Isso eu já estava na beirinha. Vale demais o mergulho aqui! Nós voltamos outro dia e fizemos com um guia, que vale muito mais a pena. Mas, isso é papo pra outro post 🙂

Tartaruga Marinha no Sueste

Tartaruga Marinha no Sueste

Pôr do sol no Mirante do Forte do Boldró 

O fim do passeio é no no Boldró. Havia muitas nuvens que intimidaram o sol. O local fica bem cheio. Há somente um bar e pessoas vendendo cuscuz e água de cocô. O visual de lá, com os Dois Irmãos, é lindo e nós voltamos outro dia também.

Boldró sem pôr do sol. mas é lindo de qualquer jeito :)

Boldró sem pôr do sol. mas é lindo de qualquer jeito 🙂

O Ilha Tour vale realmente a pena?

Se você não dirige como nós, sim. Fazer este passeio de táxi vai custar bem mais caro. Mas, para quem dirige, vale muito mais a pena alugar um buggy. É muito fácil andar em Noronha e em todos os lugares que fomos, são de fácil acesso com o buggy. As vias são boas para dirigir, exceto alguns trechos que você vai precisar entrar como o Mirante do Leão, Cacimba do Padre e a Praia do Bode que são acessos com muita terra. E se chover, se prepara para muitas poças. Fomos a esses lugares de buggy e contaremos nos posts seguintes. Se você tem pouco tempo na Ilha, não deixe de fazer o Ilha Tour e o passeio de barco que eu vou contar todos os detalhes no próximo post 🙂

Para quem quiser ver fotos da nossa viagem, clique aqui no álbum aberto que montei no Facebook.

Anúncios
Sobre O Tour Nosso de Cada Dia (214 artigos)
Como bons jornalistas, gostamos de escrever. Aqui, vamos fazer uma espécie de bastidores das nossas viagens, expectativas, ansiedades, preparativos e muito mais. Esperamos dividir com você um pouquinho da nossa paixão (literalmente) por viagens.

14 comentários em Ilha Tour em Fernando de Noronha: conheça a ilha em um dia

  1. Olá, ótimo relato, gostaria de saber qual foi a agência e se vocês contrataram no local ou compraram pela internet o passeio.
    obg

  2. Oi Aline!

    Bem, vc falou q eu poderia voltar sempre q quisesse… então… aqui estou, rsrs… vamos lá… em relação ao mergulho, essa empresa Atlatis Divers vc sabe me dizer se pertence ao receptivo Atalaia (Luck Receptivo)? Eles tem vários passeios, bem legais e tem o mergulho também, só q não sei se o mergulho pertence a Atlantic Divers e pelo o q estou pesquisando é a melhor por lá.

  3. Oi Aline… Muito obrigada por ter respondido… Nossa, seu blog é tudo de bom, já li várias viagens de vcs, anotei várias dicas, principalmente de Fernando de Noronha q estamos planejando para ir ano q vem e Foz q vamos agora em dezembro… Vcs (vc e Thiago) estão de parabéns, eu viajo só de ler, bem detalhado e muito bem explicado, consigo visualizar o lugar só de ler… show…

    Aíiiiiiiiiiiiii q medinho, rsrs… ainda mais das lagartixas, rsrs… mas tenho q superar esse meu medo, caso contrário não vou realizar meu sonho de conhecer Fernando de Noronha, Cancun e Bonito (sapo, jacaré, pavor, rsrs…) mas sei muito bem o q o Thiago passa viu, não é fácil… fui para Natal em agosto (ainda não conhecia o blog de vcs) q mico, rs… no passeio para as Dunas os mocinhos q ficam por lá vem com aquela iguana pra gente fazer fotos né… assim q o bugueiro parou, o cara veio para meu lado, só dava eu gritando, em pânico, rs… o bugueiro saiu de lá rapidinho comigo, meu esposo e mais 1 casal, kkkkkkkkkkkkk… depois fiquei pensando… será q o casal queria fazer fotos com o bichinho, kkkkkk… mas já era né, rs… q vergonha…

    Mas como diz meu esposo… “Vc quem sabe, se não quiser ir não tem problema, eu vou e mando as fotos para vc ver depois” kkkkkkkk… até parece… vou enfrentar meu medo, depois conto para vc como foi, rs…

    Abraço e mais uma vez obrigada =)

    • Isso aí, Adriana!! Tenta superar, pois há casos que são possíveis. Natal eu tirei essa foto e Thiago foi pra longe hahaha Vamos para San Andres ano que vem e tem uma ilha que é bem roots. Lá fazem pratos de iguana argh!!! E te muitas em tudo que é lugar, segundo uma amiga que morou 2 meses nessa ilha bem pacata. Ela falou que a noite é escuro e de dia tem muuuuiitos lagartos e sendo assim Thiago ia ficar apavorado. Por isso, tirei a ilha do roteiro pra não fazer ele passar sufoco visto que lá é bem tenso quanto a isso.

      Vc vai amar Noronha! Vai vale super a pena! Obrigada pelo carinho e elogios! Volte sempre que quiser! 🙂

  4. Olá Aline!

    Meu esposo e eu, estamos nos programando para conhecer Noronha, encontrei seu site, muuuito bom, estou amando suas dicas, ainda não li tudo, mas cada parte q leio viajo, rs… li sobre o mergulho e agora sobre o ilha tour e já vou fazer uma pergunta, rs…

    Eu tenho um grande problema q é o mesmo do seu namorado, kkkkk… e confesso q só de ler estou tensa, rs… tenho muuuuito medo de lagartixa, sapo, lagarto e vi q tem vários lagartinhos por lá né, rs… como é isso flor… eles sobem na gente? Nessa parte da escadinha para ir até a praia do Sancho eles aparecem? Ficam na escada também? aí Deussssssss, rsrs…

    Outra coisa… no Ilha Tour vcs não entraram na Baía dos Porcos, mas se nesse passeio eu quiser entrar pode, ou é apenas para admirar mesmo?

    • Oi, Adriana! Que bom que você gostou das nossas dicas! Noronha é demais e vale o esforço mesmo que você tenha medo. Thiago tem pavor, mas encarou. É o seguinte: na praia do Sancho, no deck de madeira que você vai andar é super bem estruturado. Andando nele você pode tirar fotos com os dois irmãos ao fundo, mas no caminho pode ver as mabuias, nome dos lagartinhos de Noronha. Na pedra que desce para a praia do Sancho, eles não ficam porque na verdade eles tem medo da gente. Quando eles vêem alguém, saem correndo. Mas lá embaixo no Sancho, há umas pedras e há muitos pq as pessoas comem e eles ficam lá para comer resto de comida. Teve uma vez que vimos um enorme atravessando a estrada, um Tejulo. Fora isso, na pedra que sobe da Praia da Cacimba do Padre para ver os dois irmãos mais de perto há alguns, mas poucos. Quanto à Baía dos Porcos, não fomos justamente porque Thiago achou que fosse ter muitos, pois há muitas pedras até chegar lá. Na verdade lá tem faixa pequena de areia e o acesso é complicado. Ninguém fica curtindo, mas vai só pra ver de perto. Porém, o mais legal é fotografar de cima, como colocamos em nossos posts. Na pousada que ficamos, o dono disse que havia muita lagartixa, mas ele colocou dois gatinhos lá que exterminaram todas e não aparecem mais. Rs Thiago tem muito medo, mas coloca blusa nos olhos, segura na minha mão e anda com olhos fechados etc rs Antes de viajar ele já fica tenso se souber que o destino tem lagarto, como foi o caso da nossa viagem que voltamos ontem, Aruba e Curaçao. Ele achou que fosse ter nas praias em Aruba e na verdade tinham muuuuuitas iguanas e lagartos soltos na parte da piscina do resort. Ele entrou uma vez e mal ficou de tão apavorado coitado. Nas praia não vimos nenhum, graças a Deus. Curaçao todo mundo diz que tem muitos nas árvores, mas pra alegria dele ele não vou nenhum. Vale a pena encarar o medo, pode ter certeza!

  5. Aline, parabéns pelo site. As fotos de fernando de noronha estão incríveis.
    Sua linguagem é clara e as informações passadas são bem esclarecedoras. Muito obrigada e sucesso em suas próximas viagens!!

  6. Viviane Rosa // 07/06/2013 às 11:24 // Responder

    Oi Aline!
    Eu e meu namorado fomos descer a escadaria do Sancho por conta própria e realmente dá trabalho! Carregar nadadeiras, máscara, etc, não é fácil. Ainda mais que meu namorado não curte muito altura e escadarias, quase que ele desistiu. Ideal seria ter uma mochila para carregar tudo. Acabamos pedindo ajuda para um funcionário do ICMBio que estava por lá, que foi muito gentil e desceu nossas coisas pelas escadinhas hehe Mas o snorkeling valeu à pena!

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. Dicas de Fernando de Noronha | O tour nosso de cada dia nos dai hoje...
  2. Ilha de Santo Aleixo, a ilha de “Lost” em Pernambuco | O tour nosso de cada dia nos dai hoje...
  3. O que você precisa saber assim que desembarcar em Noronha | O tour nosso de cada dia
  4. Fernando de Noronha: ‘O paraíso é aqui’ | O tour nosso de cada dia

Ficou com alguma dúvida ou quer elogiar? Deixe-nos um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: