O que fazer em Buenos Aires? Tango, futebol, compras, zoo e muita comida!

buenos aires dicas

Hola! Que tal?

Depois do sucesso do post sobre o Boca Juniors e River Plate, fiquei um pouquinho longe, mas estou de volta para falar mais um pouco de Buenos Aires para vocês. Como falei, essa nossa viagem decidimos contar de forma diferente, porque já faz um tempo, então hoje eu pensei em fazer um post respondendo a uma pergunta que muita gente faz antes de ir para a gloriosa capital da Argentina: “O que fazer em Buenos Aires?”. Demos algumas respostas para quem tem dúvidas logo aqui abaixo.

City Tour de ônibus: passeio completo pela capital

A opção de passear de ônibus turístico em Buenos Aires é bem interessante. O percurso está no site, mas basicamente ele passa por todos os principais pontos da capital argentina em pouco tempo. Com o sistema hop-on e hop-off, você pode descer em um lugar e conhecer o que deseja, depois pegar o ônibus novamente e seguir viagem. O ponto inicial é na Calle Florida e depois ele vai passando por San Telmo, La Bombonera, Caminito, Puerto Madero, Recoleta, Palermo, volta ao centro e para novamente na Florida. O trajeto é bastante completo e vale o investimento de 150 pesos no tíquete de 24 horas.

Passeio de ônibus em Buenos Aires é ótimo

Passeio de ônibus em Buenos Aires é ótimo

Show de tango: espetáculos e tradicionais

Ir à Argentina e não ver o tango é tipo visitar o Rio de Janeiro e não cair no samba. O tango está em todo lugar. Fotos, ilustrações, esculturas e, claro, shows. Há os espetáculos, como o Señor Tango, onde além da dança, há também cavalos, artistas e um quê de Cirque de Soleil, e tem também o tango mais raiz, como o do tradicional Café Tortoni, onde fomos. O espetáculo é mais intimista, reservado, apenas com danças e músicas bem típicas, sem todo o “glamour” dos shows. Aliás, falando no Tortoni, vale muito fazer uma visita ao local pela manhã e tomar o café da manhã. É delicioso!

Jantarzinho no Tortoni com tango

Jantarzinho no Tortoni com tango

Boates: para quem tem muita disposição

Sinceramente, todo mundo fala que a night em Buenos Aires bomba. Eu e Aline não podemos afirmar nada sobre o assunto, pois preferimos dormir cedo para curtir os pontos turísticos e, no máximo, ficamos um pouquinho no lounge do Millhouse, onde nós ficamos hospedados, tomando uma Quilmes (que eu achei horrível, mas odeio cerveja, então nem sei porque provei) e curtindo cumbia. Mas dizem que as boates são ótimas, só que abrem bem parte, começando a ficar bom o negócio lá por volta de 1 hora. Portanto, quem curte e pretende ir, fica a dica: disposição!

Pré-night no hotel rs

Pré-night no hotel rs

Futebol: visite os museus e, se der, vá a um jogo

Já falei bastante sobre isso no último post, então vou ser breve aqui. Vá pelo menos à Bombonera e, caso curta futebol, também visite o Monumental. E, se tiver tempo, dinheiro e sorte de um jogo do Boca ou do River em Buenos Aires quando estiver por lá, tente assistir. Nós não fomos, mas é só dar uma olhadinha nas imagens das torcidas no YouTube para entender o clima.

La Bombonera é ponto turístico de Buenos Aires

La Bombonera é ponto turístico de Buenos Aires

Compras: vale muito por causa do câmbio

Viajar para a Argentina é muito mais barato do que para diversos locais do Brasil e também para boa parte do exterior. Afinal, o câmbio favorece muito os brasileiros, com um peso custando menos de R$ 0,50. Para compras, há alguns locais bem legais. Uma opção é o Once, onde há muita coisa sem marca, mais popular e bem barata. Na Calle Florida, existem muitas lojas e gastamos um bom tempo lá. A Fallabella é a principal e vende de tudo, como perfumes, roupas e acessórios. No fim da rua, as Galerias Pacífico, grande e bonito shopping, com muitas lojas de marca. Outro bom shopping é o Abasto, um pouco mais distante, e por último vale percorrer a região de outlets, nas ruas Santa Fé, Córdoba, Aguirre e Gurruchaga. Destaques para Levi’s, Lacoste e Puma.

Camisas de futebol: em todos os lugares

Camisas de futebol: em todos os lugares

Caminito: a verdadeira alma de Buenos Aires

O Caminito é a cara de Buenos Aires. Ele fica próximo à La Boca e é o local onde se vê mais turistas. São duas ruas de tamanho médio, com restaurantes, lojinhas, shows, obras de arte, souvenirs… Um passeio por lá é muito legal. A Aline, que adora coisas coloridas e tudo mais, ficou louca. Vale também tirar a foto tradicional na frente da loja da Havanna e também registrar imagens com sósias de famosos argentinos e dançarinos de tango. Aos domingos, é legaç dar uma passada em San Telmo para visitar a feira de antiguidades e tirar uma foto com a Mafalda.

Caminito é a alma de Buenos Aires

Caminito é a alma de Buenos Aires

Tigre: conheça a Veneza Argentina

Pegar o Trem de La Costa para o Delta do Tigre é um passeio diferente – e que muita gente deixa de fazer. Se você tiver tempo, faça. É muito legal. Primeiro, você vai num trenzinho bonitinho, que passa por regiões diferentes da Argentina, com paisagens muito legais até chegar o destino, que é o Delta. Lá, você pode fazer um passeio de barco pelo Rio Tigre, vendo as belas mansões, curtir um pouco o ambiente, sentar nos banquinhos para pegar um sol e fazer um lanche. Lá, ainda tem o Cassino Trillenium, o Mercado de Frutas e o Parque de La Costa, um parque de diversões muito interessante. Na volta, pare também em San Isidro, onde há uma feirinha muito, muito legal (onde a Aline comprou milhões de bolsas) e também um sorvete excelente!

Tigre é a chamada Veneza Argentina

Tigre é a chamada Veneza Argentina

Luján: uma experiência única

A Aline vai falar mais disso em outro post, porque ela é a apaixonada por animais do casal, mas como eu também gosto, apesar de ter muito medo, vale deixar aqui a dica: visitem o Zoo Luján. Há boatos de que os animais são dopados e etc. Não tenho como afirmar se são ou não, e a Aline também vai abordar isso no post dela, mas no geral o que posso dizer é que é uma experiência única passar mão em tigre, leão, girafa, elefante… As fotos ficam excelentes e os momentos são únicos. A ida para lá é meio complicada, a nossa teve a adrenalina lá em cima, mas vale. Basta pegar uma Fabebus no centro para Luján e aguardar mais ou menos uma horinha para chegar.

Luján é uma experiência inesquecível

Luján é uma experiência inesquecível

Comida: chorizo, alfajor, dulce de leche…

Deixei por último para não dar água na boca logo de cara. A ida a Buenos Aires é recheada de delícias culinárias. O doce de leite de lá é incomparável. O sorvete da marca Freddo é espetacular. O tal bife de chorizo é a melhor carne que já provei – a Aline discorda, mas tudo bem. Um café da manhã no Café Tortoni é caro, mas ótimo. Um almoço no Clark’s, em frente ao Cemitério da Recoleta, idem. E a ida a Palermo à noite é essencial. Assim como comer empanadas num lanchinho à tarde. Para quem bebe, há a Quilmes e bons vinhos – para mim, melhor uma gaseosa (refrigerante), como um Paso de los Toros ou uma Seven Up.

Buenos Aires é ótima para comer

Buenos Aires é ótima para comer

Cassino: aposte uns pesinhos!

Puerto Madero é o bairro mais chique de Buenos Aires e, sem dúvida, um dos símbolos de seu glamour é o cassino, que fica em um barco porque na capital argentina o jogo não é legalizado. O lugar é enorme, com muitos andares e máquinas de tudo quanto é tipo, além de diversas mesas de carteado. Há também um restaurante logo na entrada. Vale dar uma passadinha e apostar uns pesos, que são tão baratos mesmo… Vai que você dá sorte e sai com uma bolada para gastar nas compras!

Cassino em Buenos Aires é bem bonito

Cassino em Buenos Aires é bem bonito

É isso, amigos, espero que gostem do post e que ele seja útil para quem vai para Buenos Aires ou para quem está pensando, mas não tem ainda uma ideia do que fazer se vale viajar para lá. Na nossa opinião, vale, sim, muito! Em breve, mais dois posts sobre a cidade. Um da Aline sobre o Luján, com todo os detalhes do zoológico, e também o roteiro que nós fizemos, para ajudar quem já tem ideias do que visitar, mas não sabe como se organizar. Fui!

Anúncios
Sobre O Tour Nosso de Cada Dia (215 artigos)
Como bons jornalistas, gostamos de escrever. Aqui, vamos fazer uma espécie de bastidores das nossas viagens, expectativas, ansiedades, preparativos, dicas, roteiros e muito mais. Esperamos dividir com você um pouquinho da nossa paixão (literalmente) por viagens.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Zoo de Lujan: do contato real com felinos às polêmicas | O tour nosso de cada dia nos dai hoje...
  2. Roteiro de Buenos Aires em 3, 4 ou 5 dias | O tour nosso de cada dia nos dai hoje...

Ficou com alguma dúvida ou quer elogiar? Deixe-nos um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: