Epcot: uma volta ao(s) mundo(s) cheia de diversão na Disney!

Epcot é ótimo para tirar fotos Epcot é ótimo para tirar fotos

Passado, presente e futuro. Os três se encontram no Epcot, primeiro parque que visitamos em Orlando, na quinta-feira. Aparentemente o “mais fraquinho” de todos, ele pode ser bem divertido. Nada de muito radical, mas uma experiência diferente e única, que leva o visitante a fazer uma viagem por não só um, como vários mundos – desde o encantado da Disney até Marte, passando por grandes momentos da história do ser humano e por alguns dos principais países da Terra.

Nós fomos de táxi para o parque, porque nossos amigos acabaram tendo problemas no carro, e pagamos US$ 50 da International Drive. Por isso, prepare o bolso caso também pretenda usar um “amarelinho”. Chegamos por volta de 10h30, trocamos o ingresso de papel da Orlando Tickets pelo cartão magnético em um guichê da entrada, passamos da roleta e começamos a fotografar com o globo imenso ao fundo. Logo ao lado, caiu a ficha de que estávamos na Disney: o Pluto estava lá tirando fotos.

Enfim, Disney!

Enfim, Disney!

Primeira foto já com o Pluto

Primeira foto já com o Pluto

Fizemos alguns vídeos, mas não vou postar aqui para não estragar a surpresa de quem ainda vai. Se alguém quiser assistir, só pedir pelos comentários. Além disso, algumas dicas: leve biscoitos para matar a fome entre um brinquedo e outro, carregue a câmera para todo lugar, comece na direção leste, inicie os países no México e faça seu fim de passeio no canadá e depois no oeste, veja o show das águas e espere os fogos no fechamento do parque. Ah, e leve dinheiro. Comidas, bebidas e souvenirs não são baratos.

Viagem ao futuro

Começamos o passeio entrando já na atração do globo, que é a Spaceship Earth. Surpreendeu. Excelente passeio pela história do mundo, com destaque para a opção de você personalizar o seu futuro. Não vou dar spoilers, mas não deixem de fazer esse tour. Não tem emoção, mas tem muita cultura e diversão. De lá, seguimos logo para o Mission: Space, onde você é “treinado” como um astronauta. Como vimos a grande quantidade de gente que reclama da experiência laranja, mais forte, fomos de verde.

Viagem pela história do mundo é ótima

Viagem pela história do mundo é ótima

Depois, hora de brincar de astronauta

Depois, hora de brincar de astronauta

Nela, você entra numa capsula bem apertada e tem que realizar alguns comandos para aterrissar sua nave em Marte. É bem legal também. Não demora muito e, felizmente, pegamos a fila bem pequena. De lá, seguimos no Future Land, partindo para o Test Track, atração que dá um pouco mais de frio na barriga. Você customiza um carro eletronicamente e depois vai a uma espécie de pista onde um veículo lhe leva para dar umas voltinhas. Destaque para o teste de velocidade, que é emocionante, e para a exibição de carros e jogos interativos depois.

Nosso carro ficou assim!

Nosso carro ficou assim!

Salão após o brinquedo tem muitos carros e fotos interativas

Salão após o brinquedo tem muitos carros e fotos interativas

Viagem ao presente

Após passarmos esse período no Future World Leste, resolvemos conhecer o mundo atual mesmo. Seguimos para o World Showcase, que abre só às 11h e reúne os setores dos seguintes países: México, Noruega, China, Alemanha, Itália, Estados Unidos, Japão, Marrocos, França, Reino Unido e Canadá. Paramos pelo menos um pouquinho em cada um, mas em alguns demoramos um pouco mais de tempo. Como no México, onde bebemos Margarita e tiramos fotos com o Pato Donald.

México com Pato Donald

México com Pato Donald

Noruega e China

Noruega e China

Na Noruega, há uma atração em que você faz um passeio de barco contando a história do país. Fomos e achamos chato. De lá, seguimos à China, onde os detalhes são incríveis e as lojas interessantes – e muito baratas. Comprei uma miniatura de um dragão típico do Reveillón de lá e também um soldado de pedra por US$ 5 cada. Na Alemanha, não perdemos muito tempo vendo nada, mas tiramos fotos com a super simpática Branca de Neve.

Visual da China é bem bonito

Visual da China é bem bonito

Aline e a Branca de Neve

Aline e a Branca de Neve

Depois disso tudo, já lá pelas 15h30 fomos à Itália almoçar. Comemos no restaurante Via Napoli e foi ótimo – apesar de caro (algo perto de US$ 60 para duas pessoas). Atendimento perfeito e comida muito boa. Sem falar no visual da parte da Itália, idêntico à Veneza real. Já nos EUA, passamos direto. Há uma atração, mas é longa e após a decepção na Noruega decidimos ignorar. Seguimos para o Japão, onde tudo também impressiona nos detalhes, como na China.

Itália é ótima, como na vida real

Itália é ótima, como na vida real

Japão e Marrocos: visuais bem diferentes

Japão e Marrocos: visuais bem diferentes

Fechando a lista, em Marrocos tiramos foto com Alladin e Jasmine, além de termos gostado bastante de caminhar por um estilo bastante diferente de todos os outros, na França vimos realmente muita semelhança com Paris (mas não dá para chegar perto da Torre Eiffel) e no Reino Unido destaque para os pubs e a loja de esportes, que é bem feita demais. O Canadá acabamos ignorando solenemente, só tirando uma foto ou outra, mais nada.

Casal do Marrocos é bem simpático

Casal do Marrocos é bem simpático

Paris e Londres, para fechar

Paris e Londres, para fechar

De volta para o Futuro (Sem trocadilhos)

Depois disso, hora de voltar para o futuro, mas no caso, com um leve pé no passado. Fomos à atração Captain EO, simulador que foi feito em 1986 pela Disney usando tecnologia 3D revolucionária para a época. Eles exibem o mesmo filme, estrelado por Michael Jackson, agora em 2013. Obviamente, muita coisa é ultrapassada, e a história é bem infantil, mas rever o Rei do Pop no auge e ainda com um efeitozinho ou outro, como cadeiras balançando e água sendo espirrada, vale muito.

Não é permitido tirar fotos do espetáculo

Não é permitido tirar fotos do espetáculo

Então seguimos para o The Seas With Nemo & Friends. Infantil demais, mas a Aline adora o Nemo. É um passeio “pelo mar”, que reconta a história do peixinho laranja e no fim tem aquários com peixes de verdade. Optamos por não ir ao Soarin, que é um voo panorâmico virtual pela Califórnia, e decidimos encerrar o dia no Epcot Character Spot, onde há encontros com Mickey, Pateta e Minnie. Depois, ainda fizemos compras e ficamos esperando nossos amigos para voltarmos para o hotel.

E uma criança feliz no brinquedo do Nemo

E uma criança feliz no brinquedo do Nemo

Interações com personagens

Tiramos fotos com Pluto, Pato Donald, Branca de Neve, Alladin, Jasmine, Mickey, Pateta e Minnie. Vimos ainda Duffy e Mary Poppins, mas não fotografamos. As interações com personagens acontecem em determinados pontos do parque e em horários específicos. Para saber certinho, baixe o aplicativo oficial da Disney no seu celular (Android ou iOS), o My Disney Experience. Ele tem uma lista com os lugares e os horários (que as vezes não são tão corretos). Vale ir às localidades e conferir.

O dono da festa

O dono da festa

No geral, as interações são bem legais e rápidas. Há filas, mas não muito longas, e o máximo que um personagem leva com alguém são 2 ou 3 minutos. As crianças abraçam, tiram fotos e até pegam autógrafos. Conosco, foi tudo muito tranquilo. Destaque para a animação do Pateta, para a simpatia do Alladin e da Branca de Neve, e também para o “nariz em pé” da Minnie, que foi a menos legal de todos. O visual mexicano do Pato Donald também é demais. Além disso, há as refeições com personagens, mas não reservamos nenhuma.

Perdi!

Perdi!

Eu e as primeiras-damas

Eu e as primeiras-damas

Lojas e restaurantes

Na grande maioria dos brinquedos grandes, há lojas temáticas no fim (espaço no Mission: Space e corrida no TestTrack, por exemplo). No parque, há ainda as “Mouse Gear”, com brinquedos, acessórios, doces, roupas e tudo que se possa imaginar dos personagens da Disney – independente de eles estarem no Epcot. Os preços são relativamente altos, mas é impossível resistir. Gastamos mais de US$ 100 e isso com um controle absurdo.

Restaurantes são bonitos e caros, como esse na França

Restaurantes são bonitos e caros, como esse na França

Mas é bom lembrar que vale comprar apenas o que não há em outros locais, como no Walmart e na Walgreens. Fomos ao Walmart após o parque e vimos muita coisa simples da Disney barata, assim como na Walgreens do lado do nosso hotel. Especialmente bichos de pelúcia e canecas, chaveiros e pequenos mimos. Mas no parque em si tem muito mais variedade e diversos produtos exclusivos muito legais. Vale a pena pelo menos dar uma olhadinha.

Lojas de países têm conteúdo local. Esta é do Japão

Lojas de países têm conteúdo local. Esta é do Japão

Além disso, em cada país, há barraquinhas e lojas com coisas típicas. No Marrocos, por exemplo, roupas de dança do ventre. No Japão, os bonecos de animes. Na Inglaterra, loja de esportes. É assim também com restaurantes, com cafés em Paris e massas na Itália. Um detalhe legal: os atendentes são mesmo dos países. Os preços variam de local para local, mas tudo segue o padrão Disney de custo relativamente elevado. Ah, e não fique com vergonha de vestir algo para tirar foto. Todo mundo faz.

Loja da Disney tem muitos produtos exclusivos

Loja da Disney tem muitos produtos exclusivos

Se quiserem dicas mais detalhadas ou qualquer outra informação que eu possa ter deixado passar por ter feito esse post quase duas da manhã e logo depois de chegar do parque, só falar. Além disso, queria saber também se vocês estão gostando desse “tempo quase real” das idas ao parque ou se preferem posts mais espaçados, com mais tempo. Agora é descansar que daqui a pouquinho tem o Islands of Adventure, para o qual estou bastante ansioso. Afinal, é dia de Harry Potter, bebê.

Anúncios
Sobre O Tour Nosso de Cada Dia (215 artigos)
Como bons jornalistas, gostamos de escrever. Aqui, vamos fazer uma espécie de bastidores das nossas viagens, expectativas, ansiedades, preparativos, dicas, roteiros e muito mais. Esperamos dividir com você um pouquinho da nossa paixão (literalmente) por viagens.

10 comentários em Epcot: uma volta ao(s) mundo(s) cheia de diversão na Disney!

  1. Olá.
    Uma dica pra vcs: qdo voltarem a Orlando, n deixem de ir ao Soarin!! É a melhor atração da Disney, sencasao muito realista msm

  2. André de Freitas // 14/04/2014 às 22:26 // Responder

    Vou viajar para orlando quinta e só descobri o blog hoje ;(. Vou aproveitar e tentar ler o máximo possível até a hora da viagem, parabéns pelo blog, tudo muito detalhado, ótimas explicações, suas viagens parecem ser sensacionais, parabéns.

  3. Adoreiiiii!!!!!! Muita Informação ótima! É minha primeira vez (rsrs) e estou amando suas dicas! Vou semana que vem pra Orlando e Miami e de todos os sites que já li, esse é de fato o mais completo!!!! Parabéns e Obrigada!!!

  4. descobri seu blog a cerca de 2 horas… adivinhem se naum estou me deliciando com seu tempo real disney?? srsrsrs parabéns!!!! estou encantada e vou ler tuuudooooo!!! Tbm sou apaixonada por viagens e em 20 dias realizo esta que sonho desde sempre… ORLANDO!!!! 🙂 obrigada pelos posts marrraaaa!!!!!

  5. Gessica Elias // 19/10/2013 às 11:22 // Responder

    Estou amando os post em tempo real! A sensação que ja estou um pouquinho lá!! Minha viagem e daqui 64 dias!! 😱😱😱 #pirando

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Sorteio de um Mickey e uma Minnie | O tour nosso de cada dia nos dai hoje...
  2. Dicas de Orlando: tudo o que você precisa saber para uma boa viagem “pra Disney” | O tour nosso de cada dia nos dai hoje...

Ficou com alguma dúvida ou quer elogiar? Deixe-nos um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: