Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer na cidade mais famosa dos EUA

Times Square - O Tour Nosso De Cada Dia Times Square - O Tour Nosso De Cada Dia

Orlando tem os parques, Washington é a casa do presidente, Las Vegas é conhecida pelos cassinos… Mas nenhuma cidade nos Estados Unidos é tão famosa quanto ela. NY (Nova York, ou New York, ou Nova Iorque, sei lá). A Estátua da Liberdade, a Times Square, a Broadway, a Wall Street, o Central Park, o Madison Square Garden e até os metrôs e táxis de NY são marcas inconfundíveis da cidade que não dorme. E, para conhecer tudo isso bem, recomendamos fazer como nós fizemos: pelo menos uma semana.

Reserve seu hotel pelo Booking; clique aqui!

Nova Iorque é única

Nova Iorque é única

Nesse post, resumimos nosso roteiro por lá. Ficamos do dia 19 ao dia 26 de novembro de 2013. Para saber mais sobre cada dia, basta clicar nos links abaixo.

Dica de hospedagem BBB (bom, bonito e barato): The Pod 51.

Dia 1 – 5th Avenue, Top of the Rock e Times SquareChegamos a NY na parte da tarde e, por isso, nosso roteiro foi reduzido. Fomos para a 5th Avenue, na altura da loja da Apple. Ao lado dela, tem a ótima – e muito bonita – loja de brinquedos FAO. Dali, fomos andando na direção do Rockfeller Center, e paramos na Catedral de St. Patrick que fica em frente à entrada do Rockfeller, na 5th Avenue com a 50th Street. Pela quinta avenida, passamos por várias lojas, como a gigante  NikeTown, Bloomingdale’s, a NBA Store, Sacks 5th Avenue e etc. De lá, seguimos para a Times Square, que fica entre as ruas 42 e 50, mais ou menos, na altura da  7th Avenue. Lá também tem várias lojas, os grandes telões iluminados, restaurantes… É uma festa! Tiramos muitas fotos e voltamos para o Rockfeller, por volta de 16h30, hora que começa a escurecer. A ideia era ver a cidade iluminada do mirante do Top of the Rock. Foi ótimo. O visual é muito legal – e dá para ver o Empire State, que, claro, não tem como você ver quando sobe nele. Aproveite e coma um cupcake na Magnólia Bakery, que fica pertinho dali. Ali tem ainda o Radio City, os estúdios da NBC, a pista de patinação do Rockfeller… Dá para curtir bastante!

NY tem muitos atrativos

NY tem muitos atrativos

Dia 2 – Grand Central, Empire State, Chinatown, Little Italy e NBANo nosso primeiro dia cheio em Nova Iorque, andamos bastante. Primeiro, Grand Central, na 42nd Street. É a Central do Brasil de Nova Iorque. Bem legal, mas uma visita rápida. Tiramos umas fotos e saímos andando para o Empire State, na 34th. No caminho, entramos na Biblioteca Pública de Nova Iorque, na 41st. Novamente, rápido. Subimos alguns andares, tiramos umas fotos e fomos de volta para nosso caminho para o Empire State. Já tínhamos ingressos, pois compramos o NY City Pass. A subida é bem legal e o visual também. Tem um audioguide que explica direitinho a história dos pontos. É muito interessante o observatório. Dá para ver até, bem de longe, a Estátua da Liberdade. De lá, pegamos o metrô para Chinatown/Little Italy, que na verdade, são juntos. Descemos logo na Canal Street, que é uma rua com várias lojinhas de coisas chinesas. De lá, fomos passeando pelas ruas e andamos até a Mulberry. Lá ficam os restaurantes italianos. É uma misturada danada, mas vale a visita. Mas fique atento. Tem muita gente oferecendo produtos falsificados e um povo meio estranho. Pegamos o metrô de volta, paramos no hotel e fomos depois para o Madison Square Garden, na estação Penn Station do metrô. Saímos em frente ao ginásio e vimos um ótimo jogo, com prorrogação, entre Knicks x Pacers.

Nós no topo do Empire State

Nós no topo do Empire State

Dia 3 – Estátua da Liberdade, Wall Street, Memorial 11/9 e Fantasma da Ópera: Pegamos o metrô para Bowling Green e já descemos pertinho do pier de onde sai o barco da State Cruises para a Liberty Island, onde fica a Estátua da Liberdade. Chegamos às 9h30, pegamos o barco das 10h e o passeio foi ótimo. A estátua é bem bonita, as fotografias ficam ótimas e só não recomendamos muito subir no pedestal dela. A vista não é nada demais e nem dá para vê-la de cima, como é no Cristo Redentor, por exemplo. Tire as fotos de lá debaixo e vá para a Ellis Island, outra parada do barco, que é aquela ilha que aparece no filme Hitch, onde é contada a história dos antigos imigrantes que foram para os EUA. O passeio dura, mais ou menos, umas duas horas, contando tudo isso. De lá, fomos tirar fotos com o Charging Bull, o famoso Touro que fica lá na Bowling Green também. Partimos, a pé, para Wall Street, que é bem perto. Vimos a New York Stock Exchange (NISE), o Federal Hall e aí paramos para comer. Tínhamos ingresso para o Memorial 11/9 às 15h, então seguimos para lá, também à pé, porque é bem perto. Lá, a homenagem é muito bonita, mas o sentimento é de tristeza e surpresa de como alguém foi capaz de causar tamanho desastre. Seguimos para Times Square, agora de metrô, e fomos na TKTS comprar ingressos para O Fantasma da Ópera. Valeu bastante. Deu US$ 150 pros dois, num local ótimo, na orquestra. Tiramos mais fotos na Times Square, porque a Aline se apaixonou por aquilo lá, voltamos para o hotel e fomos para o musical, que é perfeito. Para quem conhece a história e o filme, é muito bom. Mas tenha na sua cabeça o seguinte: demora. São 2h30 de espetáculo.

A famosa Estátua da Liberdade

A famosa Estátua da Liberdade

Dia 4 – Visita ao MoMA e MET: Aproveitando que estava chovendo, decidimos fazer dois museus no mesmo dia: o MoMa, museu de arte moderna, e o MET, Metropolitan Museum. Em ambos, há obras de artistas famosos, como Monet, Picasso, Van Gogh, Dali e etc. Para quem gosta, um passeio ótimo. Nós achamos legal, mas não somos daqueles de ficar horas “apreciando” um quadro, então deu tranquilo para realizar ambos no mesmo dia. Entre eles, comemos no Burger Joint, um lugar bem diferente e escondido dentro do Hotel Le Parker Meridien. À noite, fomos ao Papaya Dog e ao Little Pizza, bem em frente ao Empire State. O popular bom, bonito e barato. Depois, metrô para Times Square, visitar lojas como H&M, Toys R Us, Footlocker, Champs… A relação custo-benefício não é das melhores para compra, não, mas vale conhecer e comprar algo que seja bem atrativo.

MoMa e MET

MoMa e MET

Dia 5 – Central Park, Carmine’s e Barco à NoiteO quinto dia em NY foi de passeio no Central Park. Eu fico zoando a Aline que é uma Quinta da Boa Vista com grife, mas é bastante legal. Alugamos bicicletas e demos a volta no parque todo. Duas horas de pedalada. Tem uns pontos bem legais para tirar foto, mas cansa. Nem andamos por lá depois. Só andamos de bike mesmo. Tem uma subidas bem tensas. Mas vale. Alugamos num estande da Bike and Roll, apesar dos vendedores chatos perto do parque ficarem insistindo para alugarmos com eles. Depois disso, fomos no shopping que tem bem em frente, no Columbus Circle, o Time Warner. Rodamos um pouco e pegamos o metrô para onde? Times Square. Estávamos com muita fome e fomos ao Carmine’s, restaurante italiano na 44th Street. Amigos, se forem lá, vão morrendo de fome. Os pratos são enormes. Pedimos espaguete com frango à parmeggiana. Comemos só metade. Se quiserem, peçam para levar, costume dos americanos que não é visto como falta de educação. A garçonete já pergunta logo se quer uma caixa. Voltamos para o hotel, tomamos um banho e fomos fazer um passeio de barco à noite, que a gente ganhou por ter comprado o NY City Pass. Foi bem legal. Você vê a cidade toda iluminada. Mas estava um frio absurdo, congelante mesmo. Para tirar fotos foi tenso. Mas no fim a “recompensa”: quando chegamos de volta ao pier, pegamos nossa primeira neve. A sensação é legal, mas o frio é sinistro.

Central Park é muito legal

Central Park é muito legal

Dia 6 – Madame Tussauds e Barclays Center Nem íamos, mas resolvemos comprar ingressos para o Madame Tussauds, museu com estátuas de cera de diversas celebridades do mundo, que tem em Nova Iorque. Já havíamos ido ao de Londres e confesso que o de NY nem impressionou tanto assim perto de de lá, que é o original. Apesar disso, tem algumas novidades legais, como Spice Girls, Tupac, Notorious BIG, Bill e Hilary Clinton, Lady Gaga, Alicia Keys… Tiramos muitas fotos e, de lá, seguimos para o Barclays Center, ginásio do Brooklyn Nets. Nesse dia, queríamos ir caminhar pelo Brooklyn, mas estava -5 graus, com sensação de -10, e saímos do ginásio anoitecendo, então desistimos. O ginásio é muito bonito, tem um metrô na porta e o jogo foi ótimo, apesar do Nets ter perdido para o Pistons. Na volta, descemos na Times Square (para variar), e aí fomos jantar no Virgil’s BBQ. Ótima escolha. Barata e bem gostosa, com a combinação de carne, porco e frango. Vale conferir. Para sobremesa, a Aline foi no Cake Boss, uma loja de bolos do seriado do TLC.

Aline e Whoopi, e eu no Barclays Center

Aline e Whoopi, e eu no Barclays Center

Dia 7 – Chelsea, Greenwich Village, Brooklyn, Papaya King e Museu de História Natural:De manhã, fizemos o que não conseguimos no dia anterior: ir ao Brooklyn e tirar fotos com a Brooklyn Bridge. Descemos na estação Brooklyn Heights e passeamos um pouco pelo local. As casinhas são muito maneiras. Descemos para o Brooklyn Bridge Park para a vista da ponte, de Manhattan e da Estátua da Liberdade. É bem bonito. De lá, pegamos o metrô e fomos para o Chelsea, que fica bem colado com o Greenwich Village. Lá, tem uma galeria cheia de restaurantes e lojas, o Chelsea Market, e começa o Highline Park, um parque elevado no meio da cidade, que fica das ruas 15 a 30, mais ou menos. Depois, fomos “almoçar” no Papaya King, o famoso cachorro-quente que está desde 1932 na 86th Street. É excelente! Vale demais a visita. De lá, ônibus para a Museum Mile, rua dos museus, onde, na altura da 81st Street, está o Museu de História Natural. Entramos às 16h45 que era grátis e passeamos rapidamente. O museu é ótimo e, infelizmente, não deu tempo para aproveitar tudo. Mas tem a história da Terra, do ser humano, dos animais… É bem bacana. Um pouco antes, no meio das baldeações de metrô, paramos na Penn Station e aproveitamos para visitar a maior Macy’s do mundo, perto do Empire State.

Foto torta é culpa do banco inclinado que não favorecia o uso de timer haha

Foto torta é culpa do banco inclinado que não favorecia o uso de timer haha

Resumo – Bom, pessoal, nossa maior dica é a seguinte:  andem e explorem NYC a pé e de metrô.  Nós usamos o Google Maps pelo celular e ele é excelente. Nem precisamos utilizar mapa em papel. Táxi é bem barato, mas também bem difícil de pegar porque eles passam frequentemente cheios. Não se esqueçam da gorjeta, que varia de 15 a 20% para restaurantes e táxis. Façam a Times Square, Broadway e Rockfeller no mesmo dia. É tudo bem perto. Dá até para colocar o Empire State, que fica a umas 10 quadras, caso tenha pouco tempo. Para conhecer as famosas lojas, a maioria está no meio do caminho de várias atrações.  A Blomingdale’s e a Sacks são perto do Rockfeller. A Macy’s, que é a maior do mundo, é próxima ao Empire State. A Apple Store e F.A.O ficam na quinta avenida e bem perto uma da outra, além das lojas de grifes que ficam próximas.

No dia da visita da Estátua da Liberdade explore os arredores de Wall Street, onde há o memorial 11/9, o famoso touro, a NISE etc. Se der tempo e você não for ficar horas em museu, vale inserir um no roteiro. Talvez o MoMa, que é mais rápido. Para o Natural History e o MET, é preciso um pouco mais de dedicação. Mas dá para fazer um de manhã e o outro de tarde, intercalando com um almoço reforçado. O Central Park precisa de, no mínimo, uma manhã. Achamos mais interessante andar todo ele de bike, pois para andar em certos pontos indicados, haja pique. O parque é gigantesco! Os jogos da NBA e espetáculos da Broadway, durante a semana, costumam ser de 19h em diante. Sábado e domingo, às vezes, tem “matinê”, a partir das 14h. Veja o calendário de jogos e, se puder, compre com antecedência no TicketMaster. Os musicais estão lá todo dia. Vá ao TKTS na data que quiser e veja se há ingressos mais baratos para o mesmo dia. Ir à NY e não ver um musical não vale! Faça também o passeio de barco à noite. É bem interessante ver a cidade iluminada e, principalmente, a Estátua da Liberdade. Ah, e levem os casacos se forem no final da primavera e inverno! Pegamos dois dias com temperatura de -5C com sensação térmica de -10C. É MUITO frio, acreditem!

Estátua à noite vista do passeio de barco

Estátua à noite vista do passeio de barco

Fechando com uma dica de transporte em NY: compre o MetroPass de uma semana (caso fique 7 dias) por US$ 30. Ele dá viagens ilimitadas. Vale muito. O metrô roda a cidade toda e fica aberto até bem tarde. Se quiser evitar, o táxi é barato. Só é difícil de pegar vazio, mas nas principais avenidas dá para encontrar. Espero que vocês tenham gostado! Nós aproveitamos demais a cidade com este roteiro! Qualquer dúvida, só deixar um comentário aqui.

Anúncios
Sobre O Tour Nosso de Cada Dia (213 artigos)
Como bons jornalistas, gostamos de escrever. Aqui, vamos fazer uma espécie de bastidores das nossas viagens, expectativas, ansiedades, preparativos e muito mais. Esperamos dividir com você um pouquinho da nossa paixão (literalmente) por viagens.

57 comentários em Roteiro de 7 dias em Nova York: o que fazer na cidade mais famosa dos EUA

  1. Vi que vocês forma em novembro. Irei também, na semana do dia 13 a 20. pegaram temperatura muito baixa? Parabéns pelas dicas.

  2. Oi ,
    Queria saber onde encontraram a Whoopi..marcaram de ir em alguma apresentação?

  3. Gostaria de saber se esse metrocard é individual ou dá para o casal usar o mesmo cartão?

    • Olá, Luciano. Quando fomos, era individual. Mas segundo o post atualizado do blog Viaje na Viagem, é possível se for o cartão Pay Per Ride ( cartão que pode ser carregado um valor qualquer de US$ 5 a US$ 100). Já o cartão Unlimited Ride (US$ 30 para usar por uma semana de forma ilimitada) deve haver um intervalo de 20 minutos para que a máquina aceite uma nova passagem do mesmo cartão. Confirano post deles várias informações do metro card http://www.viajenaviagem.com/2013/07/nova-york-metrocard

  4. bruno rodrigues // 02/01/2016 às 0:53 // Responder

    Olá, gostaria de saber o valor que você gastou nessa viagem com todos os pontos turísticos, pois estou pensando em ir ano que vem(2017), gostaria de saber dos valores porquê quero ter esse dinheiro tudo em mãos. Obrigado!
    Acho que muita gente aqui também gostaria de saber, pois uma viagem dessa não é barato e se tivermos os valores, a viagem se torna mais tranquila.

    • Olá, Bruno. Não sabemos os valores que gastamos, mas sempre viajamos estipulando US$150 por dia.

      • Então vocês gastavam esse dinheiro por pessoa e por dia, mas esse dinheiro foi apenas pra visitar os locais ou também utilizavam para fazer compras?

      • Oi, Bruno. Infelizmente, nós não calculamos quanto gastamosnesta viagem… Mas em cada post há os valores do NY Pass, passagem, hotel etc que pagamos em 2013. Costumamos estipular 150 para os dois em nossas viagens. Mas há dias que podemos gastar mais e tem dias que nem chegamos a gastar isso.

        É dificil falar pra você ir com XXX quantia, pois não sabemos se você prefere comer em fast food, restaurantes mais caros, se gosta de fazer compras em lojas de marca ou não etc. Perfil de viajante varia muito.

        Se dizermos para você que gastamos 4 mil, esse valor pode ser muito ou pouco para o estilo de sua viagem que não conhecemos, entende? Então, conselhamos que você se atualize dos preços das atrações que deseja ir, some com a passagem e estadia e programe-se para gastar X por dia, dentro de duas condições, como fazemos.

        Um exemplo: um almoço para dois em um lugar bom, você gasta cerca de 50/60 dólares. Mas pode ser que gaste mais se beber, dependendo do prato que escolher etc. Por isso é complicado a gente te dizer: XXX mil dá pra fazer uma boa viagem, pois pode ser que seja um valor muito alto ou muito baixo para seu planejamento.

        Faça isso: programe-se para gastar XX/dia, dentro do seu orçamento, sem contar com passagem e hospedagem. Além disso, tente s eprogramar pra viajar e curti o máximo que puder, pois é uam cidade cara, mas que há boas opções pra comer sem gastar muito. Programe-se bem para ter conforto e fazer uma viagem boa, pois nunca sabemos quando poderemos voltar ao destino e curtir ele bem é merecidamente necessário

        Esperamos ter ajudado! 😉 Abs!

      • Obrigado pela seus dicas, eu pretendo fazer o trajeto que vocês fizeram, com todas atrações, bom agora terei uma boa base de gasto, porquê com essas atrações que vocês foram, foram gastos 150 por pessoa certo, mas nesse 150 estava incluso almoço, cafe da manha, jantar ou somente as atrações com táxi ou trem?

      • Nem sempre gastamos os 150 por dia, ou há dias que gastamos mais. Compras a gente não inclui nesse orçamento. Como morávamos em Miami, não fizemos compras grandes. Café da manhã a gente come pouco e preferimos comer bem no almoço e a noite nem sempre jantamos, mas saímos pra comer petiscos ou lanche mesmo tipo Shacke Shack, pizza etc. Já chegamos com as atrações compradas pelo NY Pass. Só gastamos com alimentação e metrô.

      • Obrigado, entendi. Esse dinheiro era apenas para atrações e refeições, agora para roupas, acessórios e etc eram a parte que você me disse, agora tenho mais noção, esse 150 era pra duas pessoas ou apenas uma?
        Obrigado mais uma vez, esse site é ótimo!!!

      • Bruno, as atrações nós pagamos à parte, antes de chegar a NY, como informamos. Lá compramos apenas o espetáculo Fantasma da Opera. 150 é o valor que planejamos pra gastar por casal, sem contar com atrações e compras.

      • Olá, esse 150 por dia era por pessoa?
        Porquê com isso terei uma ideia do quanto levar.
        Mas você disse que já tinha os passes comprados, então esse dinheiro foram apenas com dinheiro e locomoção certo?

      • É com essas atrações que vocês compraram pelo NY pass, o preço de todas elas saíram a um valor estipulado de quantos?

      • Bruno, em algum dos posts que fizemos há o valor. De cabeça agora não lembramos, mas você deve se basear pelo site oficial, pois fomos em 2013.

  5. Excelente as dicas, estarei indo no final de novembro e o seu roteiro é exatamente o que preciso, 7 dias.

  6. Dicas muito úteis! Estou indo no final de dezembro com esposa e filho. Você tem dicas de lugares para refeições? Abraço!

    • Oi, Marcelo! Que bom que você gostou. Nossas dicas de lugares para comer são esses mesmos que colocamos pelos posts. Comemos em fast foods, mas também no famoso Oliver Garden, Carmine’s, hot Dog famoso Papaya King entre outros… O que não falta é opção pra comer bem em NY!😊

  7. Muito legal! Eu e meu marido estamos indo pela primeira vez dia 16/10 e vmos ficar até o dia 24. Estou imprimindo suas dicas e certamente serão super úteis! Valeu! Obrigada!

  8. Valeu mesmo pelas dicas. E vcs escrevem bem, o que é difícil de se ver hoje em dia.

    • Olá, Marcone! Obrigado pelo elogio! Escrevemos de uma forma para que vocês, leitores, consigam se envolver com as nossas dicas e aproveitá-las ao máximo! Sempre que precisar, conte com nossas dicas ! 🙂

  9. ola, gostaria de saber qual o periodo q vcs foram

  10. João Vitor // 28/06/2015 às 18:02 // Responder

    Olá, gostei muito da dicas. Queria saber uma média de quantos dólares levar para 1 ou 2 semanas em Nova Iorque para 2 pessoas, abraço.

    • Que bom que você gostou, João vitor! Essa dica é complicada dar pois depende do seu estilo. Tem gente que gosta de comer somente em fast foods. Outros em local mais caro. Alguns gastam com compras. Tenha em mente que a cidade é cara. Comer bem vai lhe custar uns 70 dólares por exemplo. Viaje com uma boa reserva financeira pra poder aproveitar bem!!

    • Gisele Mendes // 10/07/2015 às 7:58 // Responder

      Muito bom o roteiro de vcs, muito boa as dicas e colocações, me identifiquei com a dinâmica. Obrigada. Ass: Gisele Mendes

  11. Olá, adorei as dicas! Mas nao vi se falou o nome do hotel que ficaram, tem como falar? E vc sabe se final de agosto já está frio em nova Iorque?

    • Olá, Taissa. Que bom que você gostou das nossas dicas. Nós ficamos no The Pod 51. Aqui no blog tem review dele na seção Tour Pelo Mundo, EUA, Nova Iorque. Agosto ainda é verão! Não se preocupe com agasalhos.

  12. Parabéns pelas dicas, vou para NY Semana que vem e estou montando um roteiro, o seu site foi o mais completo que vi. Vou ficar uma semana também e estava pensando em comprar o City Pass. Compensa ou não??
    Obrigada

    • Oi, Bruna! Que bom que você curtiu nossas dicas! Obrigada 🙂 Pra nós compensou sim, pois no City Pass tem todas as atrações que queríamos ir. Fizemos posts de todos os dias e detalhamos em cada um deles como usamos o City Pass. Desejamos que sua viagem seja ótima! Depois volta aqui pra nos contar como foi 🙂

  13. Alexandre Motta // 16/01/2015 às 12:44 // Responder

    Que roteiro bacana! Estou contando os minutos para copiar algumas dicas a partir da semana que vem 🙂 Dizem que esse finalzinho de janeiro está gélido por lá. Abs o obrigado por compartilhar.

  14. Olá, ótimas dicas! Estou indo com meu namorado passar Natal e ano novo…
    Nao temos nada de roupa de frio, pois nunca fomos nem vimos neve, alguma dica quanto a isso, pois não queremos gastar com roupa de frio … e não temos ideia do que usar! Obrigada!

    • Oi, Larissa! NY nesta época faz um frio de doer literalmente. O ideal é voce usar roupa termal por baixo de calça jeans e casacos. Use uma boa toca e luva porque as mãos e orelhas congelam, e também protecão para o pescoço tipo cachecol. Pegamos muito frio em novembro e dezembro é bem pior. Roupa aqui no Brasil é cara, mas compre pelo menos um bom casaco e calça em loja especializada. A Ross é uma loja super barata nos EUA e compramos boas roupas lá, mas em Ny nao encontramos, só Miami e Orlando.

  15. Realmente foi legal sua viagem, mas você não comentou sobre as obras que estão acontecendo em NY, estive em agosto de 2013 e o Pier 17 estava fechado como tb Ponte do Brooklin. Ainda está assim?

  16. Oi, boa noite!! Gostei muito das dicas de vcs. Tenho uma duvida: como faço para comprar o City Pass? É por dia? Por passeio? Eu e meu marido vamos agora dia 03 /11 ate 14/11. Sera que pegaremos muito frio? Muito obrigada. Att.

    • Oi, Juliana! O City Pass vc compra pelo site, no link oficial que inserimos aqui no post. Ele vem vários passeios e vc pode ir em qualquer dia. Esse período da sua viagem ja vai estar um friozinho sim. Leve bons agasalhos! Obrigada por gostar do nosso Post! Volte se tiver mais dúvidas !

  17. Parabéns pelas ótimas dicas, porém apenas para eu me certificar, o ideal é que compramos antecipadamente os ingressos para a Estatua da Liberdade, Empire State e o Mdm Tussauds, estou certo, mais algum que eu precise comprar antecipadamente? Pensei também em algum show na brodway.

    • Olá, Leonardo! Madame Tussauds é tranquilo comprar na hora. Empire State tem hora pra subir e o ideal é comprar antes, mas pode ser que você chegue e encontre ingresso sim. Comprando o City Pass, você pode ir em qualquer horário. Estátua da Liberdade idem. Show da Broadway é bom comprar antecipado, ainda mais se for um espetáculo muito procurado.

  18. andrea abrahão // 19/09/2014 às 10:14 // Responder

    Show de bola suas dicas!!!! Valeu demais! Vou levar meus filhos de 12 e 13 anos em janeiro/2015 e suas orientações foram super úteis. Vou aparecer por aqui mais vezes.

  19. João Gustavo // 27/08/2014 às 8:43 // Responder

    Oi, gostei muito das dicas pretendo usar todas, vou com minha esposa e dois casais de amigos em dezembro, ficaremos 9 dias, temos intenção de tirar um dia para conhecer Washington, você acha que vale o deslocamento?

    • Olá, João! Que bom que nossas dicas te ajudaram. Nós não fizemos esse bate e volta, mas já ouvimos dizer que vale a pena embora possa ser um pouco corrido. Pesquisa no blog Aprendiz de Viajante, da Claudia, pois ela mora lá e pode te ajudar . Diga que nós o indicamos. Temos certeza que ela vai te orientar 😉

  20. Boa noite, adorei suas dicas.
    gostaria de saber sobre o audioguide que vc usou no empire state, como funciona ? Esse audioguide tem também nos museus ?
    Abraços

    • Olá, Thainá! Que bom que você gostou das dicas! Ficamos muito felizes por isso! Ganhamos o audioguide no Empire State, mas porque o City Pass dá direito. Se você for direto, precisa alugar. No MoMa também tinha, se não me engano, mas não pegamos. Só não sabemos quanto custa. No Museu de História Natural entramos com ele quase fechando e não lembro se tinha… Dê uma olha nos sites desses lugares que pode ter está informação. Volte sempre que tiver dúvidas 🙂

  21. Boa tarde, gostei muito das dicas. Gostaria de saber que tipo de roupa devo levar pra lá entre os dias 1º/10 ao dia 9/10 deste ano??

    • Oi, Amanda! Que bom que nossas dicas lhe foram úteis. Início de outubro, não costuma estar o frio que pegamos meados de novembro. Uns amigos nossos foram 10/10/13 e conseguiram vestir roupas confortáveis se ser de frio. No entanto, nunca é demais levar um bom casaco e casaquinhos leves na mala, caso faça um friozinho a noite. Precisando de tirar mais alguma dúvida, nos retorne!

  22. Rose Marinho // 14/08/2014 às 20:38 // Responder

    Oiii Aline voltei de Nova York dia 06/08 e quando falo de vc. digo que vc. é minha “brother”, sabe pq.? Fiz o roteiro para NY a partir do seu blog e foi muito legal! Passeamos bastante ficamos ultra cansados, mas viagem foi maravilhosa, com gostinho de quero mais. Não fiz tuuudo que gostaria, mas o que fiz valeu muito a pena. Fomos na Broadway e no Carmines, que vi aqui no seu blog. Passamos 07 dia tb. em Orlando, apesar de termos ido em 2012, foi muito bom tb. Fique com Deus, adorei conhecer vc., um grande beijo e continue com seu espaço, ajuda muito. Grande beijo.

    • Oi, Rose!! Nossa!!! Fico MUITO, mas MUITO feliz mesmo em saber que sua viagem foi tão boa quanto a minha e que o blog te ajudou!! NY é um destino que passamos a maioria do tempo na rua, cansa, mas vale a pena demais mesmo! Ainda ficou faltando poucas coisa pra mim, e quero voltar logo pq amei demais NY!! Volte sempre que quiser cotar com nossas dicas – seja por aqui, Facebook, e-mail…Esteja sempre à vontade 🙂 Bjs

  23. Olá! Obrigada por partilhar suas valiosas experiências. Estarei nos US entre os dias 20/11-12/12, sozinha. Mesmo sabendo do frio, este é o único período que tenho livre. Espero suportar o clima. Parabéns!

    • Oi, Dianda! Você vai adorar e suportar o frio, temos certeza! Quando não aguentar, basta entrar em alguma loja que você vai ficar aliviada, pois a maioria tem calefação. Volte depois para nos contar a experiência! 🙂

1 Trackback / Pingback

  1. Retrospectiva 2014: um ano de muitas novidades no O Tour Nosso De Cada Dia | O tour nosso de cada dia

Ficou com alguma dúvida ou quer elogiar? Deixe-nos um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: