Roteiro de 7 dias em Nova York (dia 1): Top of the Rock, 5th Av e Times Square

times square o tour nosso de cada dia

“These streets will make you feel brand new,
Big lights will inspire you”

Não há como pisar em Nova Iorque e não se lembrar desses versos – especialmente para um fã de hip-hop como eu, Thiago, e para uma pessoa que ama Alicia Keys (e, principalmente essa música), como a Aline. Então, claro, foi Empire State of Mind que embalou o nosso primeiro dia em NY. Chegamos à cidade no início da tarde, então não fizemos muita coisa, mas já deu para ter um gostinho dessas tais “luzes inspiradoras”.

A Times Square é impressionante

A Times Square é impressionante

Desembarcamos de um voo da Delta no JFK International Airport. Pegamos um táxi para Manhattan. É longe e tem trânsito, mas não é no taxímetro, e sim tarifa fechada: US$ 60. Nos hospedamos no The Pod, na East 51st Street, entre a 2nd Avenue e a 3rd Avenue. Bem simples, mas barato (para os padrões NY), com um clima bem legal, e uma localização ótima, que nos permitiu fazer tudo de metrô e a pé, como nesse dia.

Mal chegamos e já fomos andar

Mal chegamos e já fomos andar

Apple Store de NY é enorme

Apple Store de NY é enorme

Deixamos as malas, comemos uns sanduíches no McDonald’s que tem perto do hotel e já partimos para a caminhada. Seguimos em direção à 5th Avenue, uma das mais famosas de Manhattan, e visitamos a Nike Town (enorme loja da Nike, com cinco andares, se não me engano) no caminho, antes de chegar à Quinta Avenida em si. Lá, tiramos fotos na Apple, que é a maior do mundo, em uma das entradas do Central Park, e fomos à FAO, uma loja de brinquedos impressionante, com tudo o que você possa imaginar.

Quinta Avenida chegando ao Central Park

Quinta Avenida chegando ao Central Park

FAO e Bloomingdale's: gigantes

FAO e Bloomingdale’s: gigantes

NikeTown e FAO

NikeTown e FAO

De lá, pegamos o caminho inverso, no sentido do nosso hotel, e passamos pela Bloomingdale’s, que é uma Macy’s enorme e com grife. Tem de tudo das marcas mais famosas do mundo e com preços altíssimos. Nem perdemos muito tempo lá e fomos andando pela Quinta Avenida até chegarmos ao Rockfeller Center. É um complexo de prédios e lojas que têm como grandes atrações a sua pista de patinação e o observatório Top of the Rock, além dos estúdios da rede de televisão NBC.

Este é o Rockfeller Center

Este é o Rockfeller Center

Pista de patinação

Pista de patinação

Visual bonito do Rockfeller

Visual bonito do Rockfeller

Tiramos algumas fotos, mas decidimos não subir no Top of the Rock ainda, porque queríamos ver a cidade à noite. Passamos na St. Patrick’s, igreja em frente ao Rockfeller, e então, fomos para a Times Square, a duas quadras dali. Aline ficou doida. O lugar, de fato, é muito bonito. As “grandes luzes que inspiram” são enormes. Um monte de “outdoors eletrônicos”, os letreiros das lojas… É impressionante. O lugar é bastante agradável e, como fomos num dia de semana (terça-feira), nem estava muito cheio de turistas.

:)

🙂

Obviamente, fizemos 934820 fotos e ficamos fazendo hora, porque nem estava tão frio nesse dia, para voltarmos ao Top of the Rock. Chegamos lá por volta de 16h25, mostramos nosso NY City Pass, que compramos online antes (mais detalhes aqui) e aí o rapaz nos deu o voucher de 16h45. Comemos uma pizza no Harry’s Pizza, bem perto da entrada do observatório, e subimos. Há filinhas, mas pequenas, uma breve história do local e uma animaçãozinha maneira no elevador que sobe até o topo do prédio.

Visual dos telões da Times Square é muito legal

Visual dos telões da Times Square é muito legal

Estátuas na loja de M&M na Times Square

Estátuas na loja de M&M na Times Square

Paramos no andar 67 do “30 Rockefeller Plaza” (endereço do prédio onde fica o Top of the Rock). A visão de lá é impressionante. Ainda mais à noite. E tem um diferencial óbvio: você pode ver o Empire State Building de cima, o que, claro, não é possível quando você sobe apenas no próprio Empire. É claro que a Cidade-Luz é Paris, mas NY vista lá de cima, com as luzes, também é bem bonita. Confesso que não era das minhas maiores prioridades de viagem, mas achei que valeu à pena – tirando o frio cortante.

Visão do Empire de lá do Top

Visão do Empire de lá do Top

Cidade é muito bonita à noite

Cidade é muito bonita à noite

Ficamos lá um tempinho, pegamos mais uma fila para descer e voltamos para o hotel porque estávamos cansados demais da viagem, que é de três horas, entre Miami e Nova Iorque. Optamos por descansar melhor nessa noite para aproveitar mais já o outro dia. E foi uma ótima decisão. Porque andar por lá cansa bastante – e o frio, infelizmente, cansa até mais, porque você tem que sair encapotado de roupa, e mesmo assim ainda incomoda. Então, se for para lá entre novembro e janeiro, se prepare!

Panoraâmica da tarde na Times Square

Panoraâmica da tarde na Times Square

Tirando isso, nossa primeira impressão da cidade foi muito boa. E se confirmou nos dias seguintes. Óbvio que tem problemas, dos quais falaremos também em mais detalhes depois (como o metrô mal cuidado, pessoas esquisitas nas ruas, trânsito complicado…), como toda cidade grande, mas no geral é um destino que todo bom viajante deve pensar em visitar. É bem tranquilo de passear, tem muitas opções e é bastante divertido! Espero que gostem dos nossos relatos do que vivemos por lá.

“Let’s hear it for New York”!

Anúncios
Sobre O Tour Nosso de Cada Dia (215 artigos)
Como bons jornalistas, gostamos de escrever. Aqui, vamos fazer uma espécie de bastidores das nossas viagens, expectativas, ansiedades, preparativos, dicas, roteiros e muito mais. Esperamos dividir com você um pouquinho da nossa paixão (literalmente) por viagens.

7 comentários em Roteiro de 7 dias em Nova York (dia 1): Top of the Rock, 5th Av e Times Square

  1. Ola, gostaria de saber qual camera utilizaram para tirar essas fotos, pois ficaram muito show.
    Muito bom o blog!

  2. Olá, me tirem uma dúvida por favor, o TOp of the Rock, lá tem tempo limite para ficar? minha pergunta é pelo seguinte motivo, eu gostaria de pegar um horário no final da tarde e ficar até a noite, é possível fazer isso?

  3. Marcio Delgado // 02/09/2014 às 14:03 // Responder

    Show de bola os comentários!!!

1 Trackback / Pingback

  1. Roteiro de 7 dias em Nova Iorque: o que fazer na cidade mais famosa dos EUA | O tour nosso de cada dia, nos dai hoje...

Ficou com alguma dúvida ou quer elogiar? Deixe-nos um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: