AirBNB: Vale a pena alugar pelo site?

airbnb o tour nosso de cada dia

AirBNB, um site que está crescendo muito em todo o mundo e que propõe o aluguel de casas e apartamentos ao invés de estadias em hotéis para turistas. Será que isso dá certo? Vale a pena alugar pelo site? Como vou saber se aquela pessoa é mesmo de confiança? Como fazer para alugar? Tudo nós vamos explicar para vocês nesse post.

Em nossa viagem de três meses para os Estados Unidos no ano passado, ficamos dois meses em Miami, em dois studios diferentes – e ambos alugados no AirBNB. Apenas para resumir para vocês, foi tudo muito tranquilo, tanto em termos de pagamento como em relação também aos locais cumprirem as expectativas e serem como estavam nas fotos do site.

Prédio em que ficamos

Prédio em que ficamos

A nossa experiência foi ótima. Os dois studios que alugamos ficam na Washington Avenue. Um entre a 3rd e 4th street (link aqui), e outro na esquina da 7th Street (link aqui). Em ambos os casos, pegamos as chaves com pessoas que trabalhavam para os donos dos apartamentos. Sempre que houve algum problema (tipo lâmpada queimada ou não saber mexer no fogão), recebemos ótimo suporte deles.

Studio em que ficamos

Studio em que ficamos

Os locais eram exatamente como descrito no site, limpos, confortáveis e com tudo o que precisávamos. Além de seguros e com ótimas localizações. Pagamos cerca de US$ 1,6 mil e US$ 1,8 mil por cada um. Preço bem menor do que pagaríamos em hotéis, obviamente, por tanto tempo de hospedagem. Se quiserem saber especificamente onde ficamos, entrem em contato na fanpage.

Como buscar apartamentos

Acesse o AirBNB e faça login com sua conta do Facebook. Na barrinha de busca, tem uma só pergunta “Para onde você quer ir?”, responda digitando o destino nela e ao lado colocando as datas que deseja. É possível filtrar a pesquisa por número de pessoas, de quartos, tipo do local, etc. Os resultados serão exibidos e você pode começar a navegar por eles.

No que prestar atenção nos locais

Ao abrir uma página de um determinado local, veja se é “Quarto Inteiro”, “Quarto Compartilhado” ou “Apartamento Inteiro”. É fundamental saber onde você está ficando. Depois, confira o bairro e o endereço. Jogue no Google Maps e veja se é perto de seus pontos de interesse. Por último, mas não menos importantes, veja os reviews do local e do host.

Períodos de aluguel disponíveis

É possível alugar para períodos curtos e longos, sim, mas depende do host. Há alguns que exigem, no mínimo, uma semana, ou um mês. Isso estará incluso no anúncio.

Como saber o que cada apartamento tem

Há uma lista de itens marcando as características de cada casa ou apartamento, como o que ele tem na cozinha, se tem piscina, televisão à cabo, Internet, etc. Bem abaixo das fotos.

Como fazer uma reserva

Após certificar-se de que o apartamento é o ideal para você, clique em “reserve já”. Acima desta opção estará o preço que você pagará pela estadia. Caso tenha alguma dúvida, antes clique em “Fale comigo” no perfil do host, um pouco abaixo dessa opção – pergunte sobre check-in e check-out, preço da reserva, tarifas extras, etc. Depois, sim, faça a reserva. Você receberá um e-mail.

Como é feito o pagamento

O pagamento é com cartão de crédito e toda a operação é feita pelo AirBNB. Uma pré-autorização é feita no seu cartão, e você vai pagá-la normalmente em sua próxima fatura. Quando você chegar ao local, não terá que pagar mais nada – a não ser que aquele seu host específico tenha combinado algum tipo de serviço extra com você “por fora”.

Problemas e devolução de dinheiro

A política de cancelamento varia de caso para caso. Há pessoas que aceitam liberar o apartamento sem custo após uma reserva, outras que cobram uma diária e quem não devolva o dinheiro. Fique atento a isso e tire todas as dúvidas. De qualquer forma, se você chegar ao local e não gostar dele, pode reclamar junto ao AirBNB e receber o dinheiro de volta.

Atendimento telefônico e via e-mail

O suporte do AirBNB, quando precisamos, foi bem atencioso. Tínhamos uma dúvida quanto à pré-autorização que cobraram no cartão de crédito e a um pagamento feito depois da data marcada, e tudo foi esclarecido. Há um atendimento telefônico para ligar daqui do Brasil (em inglês) e também contato por e-mail.

Para quem vale a pena usar o AirBNB

Se você terá uma estadia longa em um local, certamente vale a pena. Os apartamentos são mais econômicos em tudo. Tanto nos preços de hospedagem como em questão de possuir utensílios, eletrodomésticos, etc. Para quem fizer uma viagem curta, porém com muita gente, também. Afinal, vai sair mais barato do que alugar quarto de hotel para todo mundo.

Anúncios
Sobre O Tour Nosso de Cada Dia (215 artigos)
Como bons jornalistas, gostamos de escrever. Aqui, vamos fazer uma espécie de bastidores das nossas viagens, expectativas, ansiedades, preparativos, dicas, roteiros e muito mais. Esperamos dividir com você um pouquinho da nossa paixão (literalmente) por viagens.

12 comentários em AirBNB: Vale a pena alugar pelo site?

  1. Olá , adorei o blog de vcs . Eu e meu noivo estamos querendo ir morar em new jersey . Sabe me informar quanto os brasileiros ganham fazendo “bicos” ? Obrigada

    • Oi, Jayana. Não temos noção de quanto ganham não… Fazer bicos com visto de turista é ilegal. Apenas isso que podemos te informar. E trabalhar de bico não traz estabilidade nem garantia de ganhar permissão pra trabalhar nos EUA. Não é tão simples como se parece. Viver ilegalmente lá tem um preço muito alto. Você não pode, por exemplo, sair de lá pra viajar pra outro lugar. Se sair, não volta mais. Espero ter ajudado. Abs

  2. As dicas do blog são ótimas. Conheci o Airbnb ano passado em pesquisas. Achei um apartamento pra um final de semana no RJ para o Rock in Rio. Tudo que foi anunciado estava de acordo. Porém não fechei o acordo pelo site e sim por fora, um risco, porém dei sorte de serem pessoas honestas. Uma família da Dinamarca.

  3. Rélou people!!!
    Muito legal mesmo!!! Nunca tinha pensado sobre isso, aliás, nem sabia que existia!
    Pelos preços que vcs falaram vale muito a pena!!!
    Lembro do post de NYC em que vcs pagaram, por uma semana, quase o valor que pagaram em um mês inteiro aí em Miami… vale muito a pena! Claro que são cidades diferentes e tal…. mas mesmo assim…
    Eu quero mais posts Aline e Thiago… estou ficando em abstinência!!! rsrsrs
    Beijos!

  4. Oiii!!!
    Muito legal a dica!
    Confesso que nunca pensei em alugar apartamento. Mas, realmente, a depender do tempo em que se fique fora, comparando com um hotel que de repente nem vai oferecer café da manhã na diária, o aluguel pode ser muito mais vantajoso!
    Legal saber da sua experiência!
    Roupa de cama e utensílios domésticos foram todos incluídos, certo? E limpeza? Por conta própria, né?
    Bem bacana!
    Beijinhos

    • Oi, Lili!

      Verdade, esquecemos de falar da roupa de cama e dos utensílios domésticos, mas tudo incluído sim!

      Limpeza é feita antes de você entrar no local e depois que você sai. Durante a estadia, nós é que limpamos mesmo.

      Obrigado pela visita e pelo comentário!

      Beijos!

  5. Fernanda Freitas // 16/02/2014 às 13:35 // Responder

    Olá tudo bem ? Fiquei com uma dúvida pois precisarei alugar um apartamento por cinco meses, e possível ? Só terei que ter limite no cartão de crédito para cinco meses, certo ? Bjos.

  6. Eu não conhecia Aline, muito bom saber, principalmente com sua experiência positiva! Bjsss

1 Trackback / Pingback

  1. Como é morar nos Estados Unidos? Os prós e contras da vida na América | O tour nosso de cada dia

Ficou com alguma dúvida ou quer elogiar? Deixe-nos um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: