Passeio de barco em Manaus: encontro das águas, boto e aldeia indígena

encontro das águas manaus

O Day Tour na Selva Amazônica é o melhor passeio em Manaus. Tudo isso porque você vai ter a oportunidade de conhecer o encontro das águas do Rio Negro e Solimões, conhecer de perto o boto cor-de-rosa, conhecer a vitória régia e também visitar uma comunidade indígena. Se você está planejando uma viagem para Manaus e tem pouco tempo na cidade não deixe de fazer este passeio de barco no Amazonas.

Cachoeiras imperdíveis em Presidente Figueiredo. Conheça aqui!

encontro das águas manaus

comunidade indígena Dessana Tukana

Nós estivemos na capital da Amazônia no finalzinho de dezembro/18 para passar a virada do ano em família (pai do Thiago mora lá). Então, como queríamos muito ter esta experiência, fechamos o passeio com a Iguana Turismo, que é uma agência de turismo em Manaus com mais de 25 anos no mercado de turismo na Amazônia.

Confira abaixo como foi o nosso dia! E já avisamos de antemão: caso você esteja procurando o que fazer em Manaus em 1 dia, recomendamos fortemente que feche este passeio com a Iguana Turismo. É uma experiência ímpar!

Iguana Turismo

Encontro das Águas do Rio Negro e Solimões

O passeio começa cedo, por volta de 8h, e um carro bem grande da Iguana Turismo nos buscou (5 pessoas) para seguirmos ao Porto de Manaus. Lá outro funcionário recebe e encaminha os turistas até o barco (o nosso foi o Princesa Jayne II), que por sinal era novo e com estrutura ótima, incluindo água e banheiro, além do guia Marcelo.

iguana turismo

Enquanto navegávamos em direção ao Encontro das Águas do Rio Negro e Solimões, o guia – que por sinal é EXCELENTE – contava fatos curiosos sobre a cultura manauara, antiga Zona Franca de Manaus e como ocorre o encontro das águas.

passeio barco manaus

O Rio Negro é o mais escuro, vem da Colômbia, é mais quente, denso e lento. O Rio Solimões tem coloração mais barrenta, vem do Peru, é mais frio, menos denso e mais rápido. Logo, a temperatura, a densidade e a velocidade são os fatores para que os rios não se misturem por 6km.

encontro das águas manaus

É aí que acontece a “mágica” e ele “vira” o Rio Amazonas. O guia Marcelo nos disse que, na verdade, o Rio Amazonas nasce no Peru, mas para os Manauaras ele começa nesse ponto. E também nos contou que o Rio Amazonas é um dos mais extensos do mundo, com quase 7 mil quilômetros de comprimento e mais de mil afluentes. Alguns deles, como o Rio Madeira, o Negro e o Japurá estão entre os 10 maiores rios do planeta.

encontro das águas manaus

Curiosidade: Como a água do Rio Negro é ácida, a proliferação de mosquitos é menor.

DICA: se você fizer um voo de dia, aproveite para ver esse fenômeno do avião. Nós fizemos ida e volta à noite e não foi possível ver, infelizmente.

A parada do barco no encontro das águas

Após orientação do capitão e do guia, o motor da embarcação é desligado e, com cuidado, metade do grupo se divide para frente e para trás do barco. Ficamos parados durante uns 20 minutos. Vale lembrar que não é permitido mergulhar em hipótese alguma.

Eu, Aline, fiquei MUITO emocionada! É lindo demais! Pensava a todo momento que o Brasil sempre me surpreende e era um sonho estar ali vendo de perto este encontro com os meus olhos. 🙂

encontro das águas rio negro e solimões

Pesca de pirarucu 

Em seguida desembarcamos próximo a uma pequena vila de ribeirinhos (população que mora na beira dos rios) onde há venda de artesanato local (bem mais barato que em Manaus). No entanto, a maior atração é a “pesca de pirarucu”, maior peixe de escama de água doce e típico do Amazona. Ele mede 3 metros e chega a pesar até 200kg. O guia nos contou que nunca houve um ataque dele ao homem.

pesca pirarucu

Pagando R$ 5 você pode pegar um anzol e tentar pescar o pirarucu. Na verdade, tudo não passa de uma brincadeira, visto que é impossível pescar desta forma um peixe deste tamanho. É bem engraçado ver o bote super rápido que ele dá na isca e os turistas se assustam.

Parque Ecológico Janauari – Lago de Vitória Régia

Por volta de 11h paramos para almoço no restaurante Selva Amazônia no Parque Ecológico Januari. Mas antes da refeição, seguimos em uma curta trilha suspensa para avistar a vitória régia. No caminho, alguns micos atravessam a passarela atrás de comida, porém não é permitido tocá-los ou alimentá-los.

Chegamos a um deck coberto de onde era possível ver as vitórias-régias, a flor símbolo da Amazônia. Ela vive apenas 3 dias, nasce branca, fica lilás e morre com tom de vinho. Por ser dezembro, até que tivemos uma boa visão, pois somente lá pra fevereiro, quando o rio enche, elas se desenvolvem mais.

vitória régia manaus

VITÓRIA RÉGIA MANAUS

Na imagem abaixo estou procurando folhas de seringueira, uma das árvores mais importantes da região amazônica. O guia Marcelo nos mostrou uma e nos ensinou a identificá-la: três folhas nas pontas. A única árvore que tem folha assim na Amazônia. Inclusive foi da folha da seringueira que já se deu a maior economia do Estado.

FLORESTA AMAZONICA DAY TOUR

Na volta, o almoço no restaurante Selva Amazônica, que é flutuante, estava incluso no passeio. Com sistema self-servive havia opções de frutas, saladas, arroz, feijão, farofa, frango e o peixe Pirarucu (empanado e de casaca). Thiago não come peixe, experimentou o empanado e adorou. Já eu, Aline, fui no de casaca e gostei também. O modo de preparo dele lembra bacalhoada.

restaurante Selva Amazônica

Encontro com o boto cor-de-rosa

Após o almoço, percorremos 1h40 para encontrar com o boto-cor-de-rosa. Sabemos que é um assunto polêmico e delicado. Mas vimos que os animais não são atraídos com armadilhas, não vivem em cativeiros e nem são retirados do rio, ou seja, estão livres para ir e vir em seu habitat natural. Eles nadam quilômetros para se alimentar e voltam para a enseada para se proteger do rio aberto, e também para procriarem.Nós não identificamos nenhum tipo de maus tratos ou exploração de deles.

passeio boto cor de rosa manaus

No local há uma placa com todas as normas para segurança do banhista e dos animais como, por exemplo, retirar anéis, relógios etc. Ele também pediu que na hora todos ficassem em silêncio e se alguma pessoa estivesse com medo ou insegura era para não entrar, pois gritos ou ações podem machucar os botos. Inclusive, bem antes do passeio, o guia Marcelo já nos pediu que não usássemos protetor. Já o uso do colete salva-vidas é essencial e fornecido pelo local.

Após assinar um caderno, o instrutor do local entra no rio com um grupo de no máximo 10 pessoas na plataforma flutuante, em um período máximo de 10 minutos.

Como é a experiência de “nadar com os botos”

Na verdade ninguém nada com os botos, muito menos podemos tocá-los. Não a interação alguma! Eles são atraídos pelo instrutor com um pedaço pequeno de peixe. Inclusive há quantidade limitada para alimentá-los e apenas ele pode fazer dar o peixe para o boto. Se o instrutor perceber qualquer interação com os animais ele irá retirar o turista na hora.

nadar boto cor de rosa manaus

O boto se aproxima, pega o peixe e sai. Eu vi pelo menos 3 botos diferentes. Sobre as curiosidades e lendas do boto, deixamos nos destaques dos stories lá no nosso Instagram (@otournossodecadadia), assim como toda explicação que nos foi dada referente às regras e turismo sustentável.

passeio boto cor de rosa manaus

O blog 360 Meridianos fez um post excelente e convido vocês lerem. Ele aborda as inúmeras maneiras de identificar se uma atração turística é exploração animal.

Visita a comunidade indígena Dessana Tukana

O passeio day tour com a Iguana Tour encerra com chave de ouro! Fomos visitar comunidade indígena chamada Dessana Tukana,que vem originalmente de uma aldeia que faz fronteira com a Colômbia e Venezuela. Segundo o pajé, há cerca de 20 anos, parte da tribo saiu da mata para viver do turismo perto de Manaus.

No entanto, eles não caçam nem vivem mais da floresta. Sim, embora eles vivam do turismo, são índios de verdade! Ou seja, nada é comercial ou fake. Foi a parte que eu, Aline, mais gostei de todo o passeio. Percebemos o quanto eles têm orgulho de manter vivas as tradições e apresentá-las aos turistas.

comunidade indígena Dessana Tukana

Primeiro os índios fazem uma apresentação, sendo que um deles explica um pouco como vivem. Depois é feita uma demostração de um ritual. E aí que vem uma parte legal. Os índios homens convidam as turistas mulheres e as índias convidam os homens para todos juntos dançarem. Eu adorei e Thiago ficou tímido (pra variar) rs.

comunidade indígena Dessana Tukana

comunidade indígena Dessana Tukana

Depois da pequena apresentação você pode tirar fotos com eles e pintar o rosto por R$2. Os poucos índios que falei foram bem simpáticos. Mas as crianças….meu Deus, gente! Cada uma mais fofa que a outra!<3

comunidade indígena Dessana Tukana

comunidade indígena Dessana Tukana

Algumas comidas que eles comem, como formigas lesmas e peixes assados, ficam em cuias para os turistas se servirem. Nós não tivemos coragem rs. Uma coisa é um índio estar acostumado a comer formiga, outra coisa somos nós. Mas, tiveram corajosos que provaram e não sentiram nada na volta. Menos mal né? rs

Os índios da tribo Dessana Tukana se comunicam na língua Tukano e também Português. Uma das índias que fui conversar falava bem pouco a nossa língua. Aliás, nos perguntaram nos stories do Instagram se há alguma visitação em tribo 100% isolada.

O guia Marcelo disse que passeio turístico não há, mas quem quiser essa experiência a tramitação deve ser feita com o Funai, não é tão fácil e custa cerca de R$ 8 mil reais. Porque imaginem o preparo de aparato para levar ? Então, acho que nem vale tentar esse tipo de visita, visto que você pode nem ser bem recebido rs.

De lá, voltamos para Manaus e chegamos ao Porto por volta de 16h30. Já havia um motorista da Iguana Turismo nos esperando para nos levar de volta à casa do meu sogro.

comunidade indígena Dessana Tukana

O que achamos sobre o Day Tour

O passeio superou nossas expectativas. Por termos pouco tempo em Manaus, nós não queríamos deixar, em hipótese alguma, de fazer este passeio Day Tour, além do que vai para Presidente Figueiredo conhecer cachoeiras e a lindíssima gruta da Judeia *(em breve post completo). O meu sogro ia fechar o Day Tour com uma agência, por recomendação de um amigo, que não tinha absolutamente nada sobre ela no Google.

Ficamos preocupados e então lembramos que já seguimos a agência Iguana Turismo há um bom tempo no Instagram. Entramos em contato com eles um dia antes e fechamos este passeio. Embora tenha sido uma parceria, vocês que nos acompanham sabem que a nossa opinião aqui e nas redes sociais SEMPRE expressa a verdade. E neste passeio nos sentimos além de seguros, muito bem informados pelo guia Marcelo que domina DEMAIS sobre a região amazônica. Sem contar que o contato do atendimento da Iguana Tour é excelente! Todos são muito gentis.

A lancha é nova, limpa, segura e o passeio é todo muito bem conduzido. Ficamos muito felizes em ver apenas brasileiros! E pensar que há uns anos havia mais turistas estrangeiros se interessando pela nossa Amazônia, né verdade?

Por isso, recomendamos a vocês: visitem o Amazonas! 🙂 E com a Iguana Tour que é uma agência séria e regulamentada. A gente sabe que a passagem para Manaus é um pouco caro. Mas planeje-se, gente, porque vale MUITO à pena! De verdade. Viajar para Manaus é ter 100% de contato com a natureza em uma das regiões mais importantes do nosso país. Você experimenta novos sabores, sente cheiros e vê costumes diferentes. É fantástico, acreditem!

Além desta experiência única, a Iguana Turismo oferece passeios de selva! Siiiim!! É possível visitar parte da Floresta Amazônica, se hospedar em um hotel na Selva de frente para o Rio Negro e fazer várias atividades. Está na nossa lista para uma próxima viagem a Manaus. 🙂

Confira aqui todos os passeios da Iguana Turismo e abaixo todos os canais da agência.

Sobre a Iguana Turismo 

Endereço: Rua Dez de Julho, nº 663, Térreo, Manaus-AM

Telefone: (+55 92) 99105-5659
(+55 92 )3633-6505

Valor do day tour por pessoa: R$ 200 (valor praticado em dezembro/18)

Instagram Iguana Turismo: https://www.instagram.com/iguanatour

Facebook Iguana Turismo: https://www.facebook.com/iguanaturismo

Avaliações Tripadvisor Iguana Turismo: https://www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-g303235-d1628804-Reviews-Iguana_Turismo-Manaus_Amazon_River_State_of_Amazonas.html 

Agradecemos à Iguana Tour a parceria e desejamos sucesso e muitos clientes cada vez mais! 😀

Vai para Manaus ?

Você pode fazer sua reserva pelo Booking, sem custos adicionais diretamente aqui no nosso blog. O preço da tarifa não muda e nós ganharemos uma pequena comissão com a sua reserva. Por isso, se você, leitor, gostou deste post e curte as nossas dicas e roteiros aqui no blog, ao realizar uma reserva neste link, você estará nos ajudando a manter o blog no ar! 🙂

Um comentário em “Passeio de barco em Manaus: encontro das águas, boto e aldeia indígena

  1. Pingback: Presidente Figueiredo: cachoeiras e grutas em um passeio imperdível – O Tour Nosso De Cada Dia

Ficou com alguma dúvida ou quer elogiar? Deixe-nos um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: