O QUE FAZER CAIRO

Cruzar a fronteira entre Israel e Egito foi uma experiência ótima e tranquila que tivemos. Uma viagem para o Egito parece um sonho distante. Muita gente ama a história do país e sonha visitar as Pirâmides de Gizé, a Esfinge, o Museu do Cairo e tantas outras coisas bacanas que o lá tem a oferecer, mas acha que viajar para o Egito é caro, perigoso ou difícil. Nesse post, vamos mostrar como vale a pena ir de Israel para o Egito. Ele está COMPLETÍSSIMO! Leia até o final! 😉

Fronteira israel egito

Mas como é ir de Israel para o Egito ? Nada de bicho de 7 cabeças, pessoal! No nosso caso, aproveitamos uma passagem barata para Israel pela Air Canada em abril de 2017. A Aline tinha esse sonho de ir para lá, e eu, Thiago, sempre tive vontade de viajar para o Egito. Por isso, pensamos em unir a vontade dos dois e  começamos a pesquisar.

Confira aqui as melhores dicas do que fazer em Israel

Como ir de Israel para o Egito

A fronteira de Israel com o Egito está em Eilat (cidadade no Sul de Israel) e Taba (Egito). A travessia é super simples. Primeiro, na saída de Israel, você mostra o passaporte, pega o papelzinho de saída (não jogue fora), passa pelo free shop e, pronto, está em uma zona “entre os países”.

Fronteira Israel Egito

Fronteira Israel Egito

Por falar em free shop, aliás, aproveite. Ele é excelente! Garrafa de Absolut por US$ 10, perfumes que você compra dois e ganha um, chocolates baratos… É um espetáculo! Possivelmente, é o Duty Free de Eiltat tem os melhores preços que já vimos nesses seis anos de blog. Mas foco no Egito.

Cruzando a fronteira entre Israel e Egito

A caminhada entre a parte israelense da fronteira e a egípcia é bem rapidinha. Em uns três minutos a pé, você chega ao local da imigração para o Egito. Lá, é preciso preencher alguns papeis e pagar uma taxa de US$ 25 pela emissão do visto que conseguimos de forma mais fácil porque o nosso guia tramitou tudo no local.

Cruzando fronteira Israel Egito

Cruzando fronteira Israel Egito

Cruzando fronteira Israel Egito

Visto para o Egito

O visto que o guia Sherif nos ajudou a tirar valia para todo o país. Diretamente na fronteira de Israel com Egito, soubemos que eles disponibilizam o visto somente para o Sinai. Vale conferir antes da sua viagem se esta informação ainda procede.

Depois desse processo, é só dirigir-se a um atendente, para que ele carimbe seu passaporte e autorize sua entrada no país. Por isso, se você estiver fazendo uma viagem como a nossa, é recomendável ir com um guia que fala português no Egito (mais abaixo você confere detalhes). Ele pode te ajudar com todo esse processo e aí sua vida ficará bem mais fácil.

Tirando visto fronteira Israel Egito

Tirando visto fronteira Israel Egito

Até porque após sair do local da fronteira, em solo egípcio, você terá que arrumar um transporte, já que Taba não é uma cidade bacana como Eilat. Normalmente, as pessoas vão direto para o Cairo, em uma jornada de oito horas de carro. Vale ressaltar que, pelo caminho você passará por diversos controles policiais e, na maioria deles, será solicitado que você apresente o seu passaporte. Cruzar essa fronteira com guia é muito mais confortável.

Cruzando fronteira Israel Egito

Cruzando fronteira Israel Egito

Indo de Taba para Sinai

Indo de Taba para Sinai

Após cerca de três horas, nós paramos em Santa Catarina, área da região Central do Sinai. Lá é deserto total. Só há hotéis e mais nada absolutamente. Deixamos nossos pertences em um hotel simples, mas bem legal, com a alimentação incluída no pacote que fechamos com nosso guia.

Mosteiro Santa Catarina - Sinai-Egito

Mosteiro Santa Catarina – Sinai-Egito

Antes da subida ao Monte Sinai (segundo a Bíblia e a tradição judaica é o local onde Moisés recebeu os 10 Mandamentos de Deus), fomos ao Mosteiro de Santa Catarina, em Sharm Ash Sheikh, também conhecido como o Mosteiro da Transfiguração. Diz-se que foi lá que estava a sarça ardente que Moisés viu antes de receber as Tábuas da Lei. O nosso guia Sherif deu um aula sobre o local e adoramos! 🙂

Mosteiro Santa Catarina - Sinai-Egito

Mosteiro Santa Catarina – Sinai-Egito

Dicas para subir o Monte Sinai

O Monte Sinai fica a 2.285 metros acima do nível do mar, situado no sul da Península do Sinai, em uma região montanhosa. A trilha de subida ao Monte Sinai começa pelo detector de metais (proibido foto) com presença da polícia. Fica a poucos passos da região do Mosteiro de Santa Catarina, onde estávamos antes. Ninguém pode subir sozinho e logo no início da trilha há guias beduínos que sobem e descem com você. Não há valor fixo, e você pode dar uma gorjeta de até uns 5 dólares.

A caminho do Monte Sinai

A caminho do Monte Sinai

Como ir ao Monte Sinai - Egito

Como ir ao Monte Sinai – Egito

Guia Monte Sinai - Egito

Guia Monte Sinai – Egito

Visitar o Monte Sinai é difícil ? Sim e não. E essa resposta vai depender de muita coisa. Primeiro porque você precisa decidir se vai subir durante à tarde para ver o pôr do sol ou durante à noite para esperar o nascer do sol no Monte Sinai. Nós achamos a primeira opção mais viável, porque subir de camelo à noite e dormir no frio de lá não deve ser nada fácil. Leve em consideração que a temperatura no Monte Sinai varia de acordo com a estação. No inverno chega a nevar.

Dicas monte Sinai Egito

Início subida Monte Sinai

Nós levamos três horas para subir, sendo 40 minutos iniciais caminhando e depois contratamos um camelo (US$15). Eles são muito bem tratados pelos guias, que os têm como membros da família. Após cerca de 1h30, deixamos o camelo e começamos, de fato, a subir o Monte Sinai.

Dicas monte Sinai Egito

Dicas monte Sinai Egito

São cerca de 800 degraus nada íngrime. Não é impossível, mas também não é fácil. A dica é ir com calma e o guia espera você tranquilamente. Vale a pena CADA esforço para ver um pôr do sol lindo bem no alto do Sinai, ao lado da pequena Capela da Santíssima Trindade, em um silêncio absoluto.

Dicas monte Sinai EgitoDicas monte Sinai EgitoDicas monte Sinai EgitoDicas monte Sinai Egito

A descida do Monte Sinai foi mais rápida: 2h10min. Mas antes de descer, ficamos lá contemplando esse céu lindo das fotos abaixo. Os primeiros 20 minutos da descida foram com o finalzinho da luz do dia. No restante da caminhada, lanterna do celular e um breu total. Tudo isso com apenas mais um casal, que dividiu os passeios pelo Egito conosco, e o beduíno que conhece o caminho de olhos fechados! Durante a descida vemos muitas pessoas subindo para passar a noite e ver o nascer do sol.

Dicas monte Sinai EgitoDicas monte Sinai Egito

Vale a pena subir o Monte Sinai?

Pessoas com problemas físicos ou de saúde é recomendável evitar a subida. Não é impossível, mas não é para qualquer um visitar o Monte Sinai. A subida é realmente cansativa e o caminho que se faz para chegar à região do Sinai pode fazer com que você tenha que se desviar bastante da rota para o Cairo. Se você tiver tempo, vale muito. Se não tiver, vai descontar um dia ou dois do que faria na capital do Egito.

Dicas monte Sinai Egito

O que levar para o Monte Sinai

A primeira dica que damos é ir com roupa confortável e calçado também, visto que o caminho só tem pedra. Fomos no ínicio de abril e a temperatua estava ótima. Nem calor nem frio, mas um sol bem gostoso e depois, já no final da tarde, começou a esfriar. Por isso, é bom levar um casaco.

Além disso, itens como boné, protetor solar, água e uns snacks também são bem vindos. Antes de começar a subida dos 800 degraus, e também quase chegando ao topo, há uma tenda bem simples que vende chá, café, água, biscoito e chocolates. Há também uma espécie de “banheiro” por US$1. Se você precisar, é lá que você tem que ir. Não é canalizado, nem limpo. Lembre-se: você está no meio do nada rs.

Dicas monte Sinai EgitoDicas monte Sinai Egito

Guia turístico no Egito que fale português 

Sherif El-Naggar é o nome do cara que vai fazer com que você já pense em conhecer o Egito. Ele não é brasileiro de fato, mas é como se fosse. Uma pessoa muito alegre, formado em História, dá dicas sobre tudo o que você precisar, sabe a história egípcia como ninguém, está sempre disposto a fazer o que for de melhor para você e, claro, fala português fluentemente, o que é um grande diferencial, né?

Guia sherif el Naggar Egito Brasil

Guia sherif el Naggar Egito Brasil

Conhecemos o Sherif no Facebook, em um grupo de viagens, e todos recomendavam o seu trabalho. No nosso caso, ele foi em uma van com um motorista para nos buscar na fronteira de Israel com o Egito. Assim que chegamos ao local onde realizamos a entrada no país árabe, ele já estava lá, nos ajudou a preencher os papeis, tirar o visto e fazer a imigração sem qualquer problema. Sherif atende pelo WhatsApp a hora que você precisar e é sempre muito solícito. Indicamos de olhos fechados!

Quanto custa ir de Israel para o Egito ?

O roteiro de 3 dias de Israel para o Egito com o guia que fala português, Sherif, em abril de 2017 custou US$ 180 por pessoa, sendo mínimo de 6. Este valor foi em abril de 2017 e incluiu transporte de van ida e volta, van no local, guia e hotel. Confira aqui no TripAdvisor os reviews dele.

WhatsApp do Sherif: +20 100 659 3490

Email: aburegila2002@yahoo.com

Facebook: https://www.facebook.com/sherif.elnaggar.311

Guia Sherif El Naggar

Guia Sherif El Naggar

Roteiro de 3 dias Israel Egito

Escolher o que fazer no Egito não é fácil. Mas se você decidir ir de Israel para o Egito; em poucos dias, pode focar no Cairo ou fazer como nós que fizemos antes uma viagem ao Sinai. Confira nosso roteiro!

Dia 1 : como relatamos no início do post, após cruzar a fronteira de Israel (Eilat) para o Egito (Taba) pegamos em Taba uma van super confortável, rumo ao Cairo, mas parando antes no Sinai conforme também já contamos. O caminho é pela Península do Sinai, mas não pela região que é mais perigosa, que é na direção norte, e sim pelo Sul. Por ser uma região imensa, não é recomendável alugar carro para o Sinai. Assim evita-se acessar áreas impróprias.

O guia Sherif faz esse caminho frequentemente, é conhecido pelas autoridades e sabe os horários recomendados para seguir viagem. Em várias paradas, nos postos policiais,  as autoridades já sabiam nossos nomes. Acredito que a imigração passa essa informação.

Chegamos ao Sinai por volta de meio dia, fizemos a subida ao Monte Sinai, descemos e fomos para o hotel dormir. Jantamos por lá e foi bem barato. US$ 15 para o casal, buffet completo! Comida no Egito é MUITO barata!

Dicas monte sinai - egito

Barricadas da polícia pelo Sinai

Dia 2: No dia seguinte seguimos, enfim, para o Cairo. Do Sinai até o Cairo são cerca de 7 horas de van. Há um horário específico para saída de vans ou ônibus de excursão, pois a escolta da polícia segue junto em boa parte do caminho. Lá, também ficamos em um hotel, em Gizé, reservado pelo Sherif. Como chegamos no final da tarde, tomamos um banho e fomos fazer um jantar em um navio no que faz passeio pelo Rio Nilo.

jantar rio nilo egito

É bem programa turístico, mas nós gostamos. Pagamos US$ 35 por pessoa. Você tem direito a um jantar incluso salada de entrada, prato principal e sobremesa. Bebidas são à parte. O mais legal é navegar pelo Rio NIlo e ver os hotéis de luxo ao fundo, além da apresentação com dança egípcia que é bem animada.

O que fazer no Cairo em 1 dia

Dia 3:  É possível visitar o Cairo em um só dia, num pique daquele, conhecendo só o básico, que seriam as Pirâmides, a Esfinge, a Praça Tahir e o Museu do Cairo. Os primeiros pela manhã, os últimos à tarde. É corrido, até porque o museu é grande e fecha cedo, mas dá sim.

Antes de explicar sobre esse roteiro, vale um pouquinho de introdução sobre como é a vida na cidade. A primeira impressão é de que é um caos. Um trânsito super intenso (difícil atravessar ruas), vários animais na rua, vendedores, pedintes, prédios muito feios e aquela poluição que você vê no ar.

Só que não é só isso. Como uma grande capital, ela tem essa área que não é tão desenvolvida, mas também conta com locais super chiques, com os restaurantes glamourosos e hoteis cinco estrelas. A culinária de lá, inclusive, é um atrativo que mexe com muitas pessoas.

roteiro 1 dia cairo

Vamos agora às atrações de fato. Primeiro, as Pirâmides, ou Necrópole de Gizé, que como diz o nome, localiza-se em Gizé, região metropolitana do Cairo. A entrada para o Complexo das Pirâmides de Gizé custou 75 libras egípcias (US$4).

São 3 pirâmides: a maior, Quéops, a média, Quéfren, e a menor, Miquerinos. As três pirâmides são consideradas Maravilhas do Mundo! À frente delas, está A Grande Esfinge.

Roteiro 1 dia Cairo

Quéops, a Grande Pimâmide do Egito

Roteiro 1 dia Cairo

Guia sherif nota 10!

Esfinge à frente das pirâmides

Pode entrar na pirâmides do Egito ?

Sim, a entrada nas pirâmides do Egito é possível! A segunda pirâmide, Quéfren, é a única fechada. A primeira, Quéops custa 200 libras (US$12) e a terceira, Miquerinos, foi a que entramos, pagando 40 libras (US$2,50). A sensação de estar lá dentro é indesritível!! O acesso é bem apertadinho, mas há uma escadinha. No entanto, pessoas claustrofóbicas podem não se sentir bem. E subir nas pirâmides, pode?! Só a maior, que é a primeira! 🙂

Roteiro cairo 1 dia

Segunda pirâmide, Quéfren

Roteiro cairo 1 dia

Terceria pirâmide, Miquerinos

Roteiro cairo 1 dia

Entrada na pirâmide Miquerinos

Roteiro cairo 1 dia

Entrada na pirâmide Miquerinos

Depois, o ideal é ir até um local atrás delas, onde ficam os vendedores com souvenirs e os camelos em que todo turista sobe para tirar fotos e dar umas voltinhas. A vista é linda, veja na foto abaixo!

Roteiro cairo 1 dia

Então, de lá, é hora de voltar e parar na frente da Esfinge, onde também tem vários vendedores com tendas recheadas de souvenir do Egito. Então opções do que trazer do Egito não vão faltar! Só que eles são bem chatos! Mas não se assuste, negocie SEMPRE (com árabe é assim que funciona) e só leve se realmente quiser. Do contrário, a dica é deixar eles falando sozinhos, pois já estão acostumados rs. Mas visite tudo com paciência, tire muitas fotos e aproveite o momento. É impressionante estar ali. 🙂

Roteiro cairo 1 dia

Esfinge De Gizé

Roteiro cairo 1 dia

Esnfinge de Gizé

Depois, é hora de visitar o Museu Egípcio. Dá para dar uma paradinha rápida na Praça Tahir, que é relativamente perto, e então adentrar o local. Lá, você vai demorar umas horas, especialmente se gostar muito de história egípcia. Tem de tudo! As exibições das múmias famosas, cujos tíquetes são extras e não é permitido tirar fotos, por exemplo. Para entrar com máquina fotográfica no museu é necessário pagar, mas não lembro quanto foi.

Roteiro cairo 1 dia

Museu Egípcio Cairo

Roteiro cairo 1 dia

Museu Egípcio Cairo

Vários sarcófagos, esfinges, itens, tudo o que você possa imaginar. Se você já foi ao Louvre e achou bacana a parte do Egito, pense nela multiplicada por 10 ou 15 vezes. Esse é o Museu do Cairo. Com destaque, é claro, para a exibição sobre o faraó Tutankhamon.

A preciosa máscara está lá, mas é proibido tirar fotos, e vários outros itens dele, que estavam no seu túmulo no Vale dos Reis. É incrível! Uma aula de história. São mais de 120 mil antiguidades egípcias, reencontradas nas inúmeras escavações feitas pelo país até hoje.

Roteiro cairo 1 dia

Museu Egípcio Cairo

Para fechar o dia, é bacana provar a culinária local. Você pode fazê-lo em um bar ou restaurante na cidade, ou então fazer como a gente e fazer um jantar daqueles um barco sobre o Rio Nilo. Visitamos uma loja de papiro no Cairo e adoramos! Ainda tem lojas de roupas de cama com muitos fios egípcios beeeem em conta. Tentação para as mulheres!

O que fazer no Egito

O Egito tem muito mais coisas legais do que nós vimos, e por isso mesmo queremos ir novamente para lá em um futuro próximo. As pirâmides de Saqqara, Mênfis e o Templo de Ptah, a Torre do Cairo para ver a cidade de cima… Tudo é bem pertinho das Pirâmides, da Esfinge, e você pode aproveitar em um roteirinho básico, de dois ou três dias.

De lá, vá para Luxor. Passe dois dias na cidade para conhecer o famoso Vale dos Reis, os templos de Karnak, da própria Luxor e de Hatshepsut. Sem falar na ótima ideia de um passeio de balão. Seguindo rumo ao Sul, pare em Aswan, de onde os passeios para os templos de Abu Sindel partem.

É possível fazer algumas dessas viagens voando, outras de trem, algumas até em um cruzeiro pelo Nilo. Mas não importa como, e sim o que você vai ver. A história do Egito é rica demais e, caso você tenha tempo, vale a pena investi-lo para ver tudo o que o país tem para oferecer.

Quanto gastar por dia no Egito

1 real é equivalente a pouco mais de 5 libras egípcias. Um dólar dá cerca de 18 libras egípcias. Só por aí você já tem noção de que não vai gastar muito no Egito, não é? Quando visitamos o Cairo, fomos ao McDonald’s. Eu comi dois lanches e a Aline um. Não gastamos mais de US$ 10.

Libras egípcias

Libras egípcias

Os preços das entradas dos locais não são caros, como você viu acima. Os hotéis também têm os preços bem em conta, com diárias a partir de US$ 50. Pagamos cerca de US$ 20 dólares um jantar para dois no hotel que ficamos no Cairo.

As lembranças também não são caras. Só é preciso negociar e não comprar logo de cara. Especialmente na área das pirâmides. Mas com uns US$ 20 você levará bastante coisa legal para casa. Só os papiros que são mais caros, dependendo, é claro, do tamanho e da arte. Eu comprei dois bem legais por US$ 100.

Se você fechar um pacote com o Sherif, por exemplo, pode gastar cerca de US$ 100 em uma viagem bem bacana, com cruzeiro no Nilo, visita a cidades com passagem e hotel. Sua passagem para o Egito pode até ser cara, mas lá você não vai gastar tanto assim. Portanto, coloque tudo na balança, faça os cálculos e veja se vale ou não fazer um esforcinho para conhecer esse país incrível. Você não vai se arrepender – e nós já queremos voltar. 😉

roteiro 1 dia cairo

roteiro 1 dia cairo

Viajar para o Egito é perigoso ?

Não, viajar para o Egito não é perigoso. Os momentos mais tensos do país já ficaram no passado, após a Primavera Árabe, e desde então, eles vêm usando o turismo como uma das principais fontes de renda. A frequência de visitantes de todo o mundo só aumenta, e tem muita coisa para você visitar. Claro, há que se ter alguns cuidados, mas nada de outro planeta.

Se puder, vá com um guia. Faz toda a diferença. Não só pelas explicações, mas também por saber levar você aos lugares certos, ajudar na hora em que os vendedores estão te assediando e, claro, fazer rotas livres de qualquer perigo. Nos pontos turísticos, há muita segurança, tanto privada quanto polícia, e o turista se sente totalmente seguro e à vontade. Não há o que temer nesse sentido.

Nossa experiência foi super rápida, mas passamos pela parte sul do Sinai e pelo Cairo bem tranquilos. O que chamou a atenção foi, no Sinai, os diversos check-points montados pela polícia local, para verificar documentos dos passageiros, e o fato de termos que nos deslocar em grupos escoltados entre algumas áreas. Mas isso é mais uma precaução, pois atualmente a situação está mais controlada por lá.

Infelizmente, não temos muitas dicas sobre transporte público, mas pelo que já lemos de outros relatos, tudo parece também ser bem tranquilo. De qualquer forma, indicamos bastante contratar guias, especialmente nosso querido amigo Sherif, como já dissemos aqui.

Seguro viagem no Israel ou Egito

A gente não viaja sem contratar um seguro viagem, afinal nunca se sabe se podemos ter uma indisposição após degustar a comida local ou outro probleminha. Ninguém faz seguro pensando em usar, mas se for necessário, tê-lo já ameniza a dor de cabeça de ter que pagar despesas médicas. Nós usamos o Seguros Promo e lá buscamos  a melhor opção de custo benefício entre diferentes seguradoras. Confira abaixo o cupom de desconto que temos para você, seguidor! 😉

ORGANIZE SUA VIAGEM!

VEM COM A GENTE!

Curte nossas dicas aqui no blog? Colabore conosco organizando sua viagem pelos links que confiamos e utilizamos em nossas trips! Você não paga mais por isso, e nós recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog no ar com conteúdo de qualidade.

HOSPEDAGEM

O Booking é nosso queridinho na hora de reservar uma hospedagem. Um dos maiores buscadores do mundo, tem avaliações de viajantes e oferece opções de efetuar sua reserva de diversas formas. Cancelamento grátis, pagando no check-in, deixando tudo pago antes de chegar… Basta ficar atento às condições.

SEGURO VIAGEM

Ninguém quer usar um seguro viagem. Mas vai que… Caso precise, a gente te dá até 10% de desconto no Seguros Promo! Ele é um buscador que compara preços de diversas seguradoras e você escolhe o melhor custo benefício. Utilize o cupom OTOURNOSSO5 e garanta 5% de desconto. Pagando em boleto você ganha mais 5%.

CHIP DE VIAGEM

Ficar sem Internet e telefone em uma viagem internacional não rola, né ? Por isso garanta seu chip VIAJE CONECTADO, utilize nosso cupom PROMO10 e ganhe 10% de desconto! Você já sai com ele ativado do Brasil e chega conectado ao destino. A cobertura é muito boa em qualquer lugar do mundo, tem suporte via WhatsApp e os planos de voz e dados custam a partir de R$ 39,99.

casamento praia dos carneiros

Casamento na Praia dos Carneiros. Quem nunca ouviu falar da igrejinha na beira de uma das praias mais bonitas do Brasil? Sim, a Capela de São Benedito é um verdadeiro sonho. Quando fomos a Porto de Galinhas pela primeira vez (2011), tínhamos apenas dois anos de namoro. E foi em um passeio para a Praia dos Carneiros, que fica no município de Tamandaré (40 min de Porto de Galinhas), que ficamos encantados para casar ou renovar votos na capela.

Casamento com tema de viagem; vejam como foi a nossa decoração

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

Casamos no dia 05 setembro de 2015 e, assim que entramos em 2016, logo na primeira semana de janeiro já começamos a pesquisar sobre renovação de votos na igrejinha da Praia os Carneiros. Dito e feito. Dia 05 de setembro de 2016 lá estávamos nós realizando mais um sonho juntos. Neste post, você vai conferir as lindas imagens registradas pelo fotógrafo Edno Bispo, além de vários detalhes para celebrar o casamento, bodas ou renovação por lá.

Confira aqui nossas dicas da Praia dos Carneiros.

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

Confira! Dicas da Praia dos Carneiros: parada obrigatória para quem vai a Porto de Galinhas

Como agendar a capela de São Benedito

Casamento na Praia dos Carneiros é super procurado. Por isso, os noivos devem se planejar com pelo menos de 2 a 3 anos de antecedência. No nosso caso, fizemos apenas a renovação dos votos matrimoniais de 1 ano de casados, a chamada Bodas de Papel. Como o dia 5 de setembro foi em uma segunda-feira, a procura é menor. Porém, mesmo assim, agendamos a capela com 9 meses de antecedência.

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

A Capela de São Benedito fica dentro do Sítio Boa Esperança (site aqui) e as informações sobre reservas são feitas pela aba de “contatos” do site. O sítio tem casas e podem ser alugadas em qualquer período do ano para hospedagem e também para recepções. O preço varia de acordo com a época do ano e o tipo de evento.

Para renovação de votos, que dura no máximo 20 minutos de celebração, só é permitida a entrada mínima de 10 pessoas que incluem o casal, testemunhas ou amigos e o celebrante. Vale lembrar que embora a Capela de São Benedito seja particular, ela está vinculada à Igreja Católica e sujeita às regras católicas para aprovação de cerimônias religiosas.

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento igreja praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

Como agendar o celebrante 

Após o contato que fizemos com o Zaldo, que trabalha no Sítio Boa Esperança e responde os e-mails, ele nos indicou o querido Padre Arlindo, da Paróquia de Tamandaré (contato: (81) 3676-1183).  Então, todos os trâmites foram com as secretárias dele e a exigência maior para nós, que renovamos votos de matrimônio, foi encaminhar via e-mail a nossa certidão de casamento na Igreja Católica. Contato: d_ra_helena@hotmail.com

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

Preferimos antes de agendar a data com Capela São Benedito, verificar a disponibilidade do Padre Arlindo, pois não conhecemos nenhum outro padre pela região, que é muito pequena e acredito que só tenha ele mesmo. Caso você queira levar outro padre católico, isto é possível, mas informações a seu respeito deverão chegar ao conhecimento do padre Arlindo, para posterior aprovação. Além disso, a cerimônia só poderá ser realizada com a aprovação dele.

O Padre Arlindo é jovem, muito simpático e de fácil acesso para falar com ele. Nos falamos algumas vezes pelo WhatsApp para combinar horário e tirar dúvidas. As secretárias da igreja de Tamandaré, que também tiram dúvidas, foram muito gentis nos e-mails. A nossa celebração foi muito bonita!

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

Duração cerimônia de votos

O tempo total da celebração foi 25 minutos. Não tivemos música. Apenas o ritual da renovação, que foi linda. O padre Arlindo foi bem descontraído em vários momentos e suas palavras estão guardadas em nossos corações. Disse que nunca tinha feito renovação de votos de 1 ano e frisou que a igreja nos espera pra comemorar bodas de 65 anos. 🙂 Que assim seja!

O evangelho proclamado foi João 2:1-11 (Primeiro milagre de Jesus em um casamento, ao transformar a água em vinho), e ele disse que nunca havia lido, até então, em uma cerimônia de matrimônio. Pela nossa crença, acreditamos que foi obra do Espírito Santo, pois essa foi a mesma leitura que tivemos em nosso curso de noivos.

A mensagem que guardamos foi que durante um casamento, quando faltar o vinho, temos que levar para Jesus a nossa água, esperando que ele assim renove a nossa fé es esperança. Falamos isso com o padre e ele ficou bem feliz. No final, tivemos o carinho de alguns turistas que nos abraçaram, nos parabenizando. Inclusive uma delas, a Sueli de SP, nos pediu que enviássemos uma foto. E assim fizemos.

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

Onde fazer recepção após a cerimônia

Nós tínhamos apenas a intenção de renovar os votos e não tivemos convidados e nem fizemos recepção. Mas que for casar na capela, pode fazer a recepção no próprio Sítio Boa Esperança, onde ela fica. Também tem a Pousada Praia dos Carneiros e o Pontal dos Carneiros Beach Bungalows, onde ficamos hospedados dois dias, durante a nossa viagem. Neste, quem quiser fazer a celebração e/ou recepção deve obrigatoriamente fechar os 16 bungalows existentes, pois eles não aceitam festas, recepção ou até celebração lá dentro com hóspedes que não sejam os convidados.

 Pontal dos Carneiros Beach Bungalows
 Pontal dos Carneiros Beach Bungalows

Edno Bispo – Fotógrafo

Amamos foto e, é claro, que não poderíamos deixar de registrar este momento, não é mesmo? Como somos do Rio de Janeiro, começamos a pesquisar por um bom fotógrafo em sites de casamento famosos aqui no Brasil. Vários deles indicavam o pernambucano Edno Bispo, que só faz fotos de casamento e é muito conhecido em Recife e cidades vizinhas.

edno bispo fotógrafo recife

Ficamos encantados com o seu trabalho e fechamos com ele imediatamente. O Edno é daqueles profissionais calmos, sabe? Muito simpático, ele foi até ao nosso hotel e fizemos umas fotos por lá, além de uma MARAVILHOSA no “meu coqueiro”. hahahah Sim, eu falo que esse coqueiro famoso da Praia de Carneiros é meu.

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

Gentilmente, ele nos levou no seu carro até a igrejinha, que fica a 3 minutos do Pontal dos Carneiros Beach Bungalows. O Edno registrou momentos de nossos sorrisos, de atenção às palavras do padre Arlindo e até dos turistas que entraram pra acompanhar a celebração. Tudo sem pressa, com muita atenção e gentileza.

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

Em seguida, a gente fez fotos externas com duas plaquinhas que levamos e com uma cordinha escrito BODAS DE PAPEL em cartolina, que eu mesmo fiz. Tínhamos certeza que as fotos ficariam lindas, porque o Edno dirige muito bem o ensaio e tem um olhar excelente. Dito e feito. No dia seguinte, pela manhã, ele nos enviou a prévia de 4 fotos e amamos. Uma semana depois, as fotos chegaram em nosso e-mail e vocês puderam conferir aqui algumas delas.

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

Contatos do fotógrafo Edno Bispo

Site: http://ednobispofotografo.com/

Facebook: https://www.facebook.com/ednobispofotografia/?fref=ts

Instagram: https://www.instagram.com/ednobispo/

Espero que vocês tenham gostado das dicas! Qualquer dúvida, deixem recadinho aqui. Ao Thiago, mais uma vez, agradeço por sempre sonhar comigo os meus sonhos. Nossa renovação e lua de mel foram inesquecíveis! Amo você, Thi, a cada dia mais e mais! ❤

casamento praia dos carneiros

Foto: Edno Bispo

ORGANIZE SUA VIAGEM!

VEM COM A GENTE!

Curte nossas dicas aqui no blog? Colabore conosco organizando sua viagem pelos links que confiamos e utilizamos em nossas trips! Você não paga mais por isso, e nós recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog no ar com conteúdo de qualidade.

HOSPEDAGEM

O Booking é nosso queridinho na hora de reservar uma hospedagem. Um dos maiores buscadores do mundo, tem avaliações de viajantes e oferece opções de efetuar sua reserva de diversas formas. Cancelamento grátis, pagando no check-in, deixando tudo pago antes de chegar… Basta ficar atento às condições.

SEGURO VIAGEM

Ninguém quer usar um seguro viagem, mas vai que… Caso precise, a gente te dá até 10% de desconto no Seguros Promo! Ele é um buscador que compara preços de diversas seguradoras e você escolhe o melhor custo benefício. Utilize o cupom OTOURNOSSO5 e garanta 5% de desconto. Pagando em boleto você ganha mais 5%.

CHIP DE VIAGEM

Ficar sem Internet e telefone em uma viagem internacional não rola, né ? Por isso garanta seu chip VIAJE CONECTADO, utilize nosso cupom PROMO10 e ganhe 10% de desconto! Você já sai com ele ativado do Brasil e chega conectado ao destino. A cobertura é muito boa em qualquer lugar do mundo, tem suporte via WhatsApp e os planos de voz e dados custam a partir de R$ 39,99.

Contar das nossas viagens é ótimo, mas que tal dar dicas para as viagens de vocês? Tendo em vista todo o sucesso dos posts que fizemos neste formato, para Orlando, Nova Iorque e Las Vegas, decidimos criar um compilado de dicas, da cidade-base para essas viagens nos últimos três meses (out/13 a 01/14) pelos Estados Unidos: Miami. Destino bastante procurado pelos brasileiros, é um local que é sinônimo de festa, praia e, claro, compras. Se você pretende ir ou já tem viagem marcada para lá, achamos que podemos ajudar.

Miami Beach: sinônimo de sol, praia e festa!

Miami Beach: sinônimo de sol, praia e festa!

Uma semana em 2012, três meses em 2013. Já fizemos de Miami nossa casa por duas vezes. Ficamos no Centro e em dois locais diferentes de South Beach. Vivemos a cidade intensamente, como turistas e também um pouco como moradores. E por isso, acreditamos que possamos passar várias dicas legais para vocês de diversos aspectos. Esperamos que gostem. Mandem as dúvidas nos comentários ou na nossa fanpage no Facebook e confiram aqui neste link todos os posts que já fizemos sobre Miami.

Bem vindos ao nosso post de Miami

Bem vindos ao nosso post de Miami

Assim como fizemos no post de Orlando, fica a dica: caso não queira ler o post todo, ou somente procurar uma dúvida em especial, use as teclas “CTRL” e “F” do seu teclado para abrir o buscador de conteúdo no seu navegador, normalmente em um dos cantos da tela. Digite ali o termo que mais quer saber, como “transporte”, “NBA”, “hospedagem”, “NFL”, “Compras”, e você vai direto para a parte do post onde tem aquela palavra.

Passagens Rio-Miami: quanto custam e quais as melhores companhias? Nós fomos com a Tam em 2012, em um voo direto, e com a Gol, com escala em Santo Domingo, em 2013. Não gostamos muito de nenhum dos dois, e não recomendamos – a Gol principalmente, porque estão ocorrendo casos de overloading de bagagens com frequência (aconteceu conosco), e isso é uma coisa muito chata, porque você nunca sabe se sua mala vai chegar e como vai chegar. Preço baixo nem sempre é sinônimo de um bom negócio. Ouvimos também que a Copa tem muitos casos assim. Portanto, fuja delas. Ao que tudo indica, as empresas que são dos Estados Unidos são mesmo as melhores, como American, Delta e United. Para melhores preços, vá ao Melhores Destinos. Lá sai promoção TODA semana para Miami.

Aeroporto de Miami

Aeroporto de Miami

Aeroporto de Miami: tem uma boa estrutura? E a imigração? A chegada a Miami foi bem tranquila para nós em 2012. Já em 2013, chegamos por Orlando. De qualquer forma, não há motivos para ficar preocupado com imigração se você está dentro das leis; responda tudo o que for perguntado com sinceridade e você não deve ter problemas. O aeroporto tem uma ótima estrutura. É bem grande, tem vários locais para comer e comprar, e a locomoção entre terminais é com trens. As filas para entrar pelo detector de metais costumam ser grandes, então chegue cedo, aproveitando que ele nem fica tão longe do centro de Miami e nem de South Beach (um táxi dá US$ 32).

Tem até loja do Heat no aeroporto

Tem até loja do Heat no aeroporto

Aluguel de carros: como funciona e é necessário? No aeroporto mesmo há vários quiosques de empresas que alugam carros, e eles têm um estacionamento imenso com vários carros. Você diz o que quer, faz toda a papelada e vai tipo self-service escolher o que quer. Entra, liga e sai. É simples assim. Se você ficar em Downtown, seria bom ter um carro. Em South Beach, no entanto, nem é muito necessário. Dá para se fazer tudo a pé ou no Ônibus de 25 centavos. O carro ajuda muito na hora de fazer compras e na liberdade de se locomover, mas não é extremamente necessário.

Alugar carro é fácil

Alugar carro é fácil

Transporte público: é possível andar em Miami sem carro? Sim, tranquilamente. Em South Beach, você tem um Ônibus de 25 cents que faz o percurso básico todo do local pela Washington Avenue. De lá para o centro, pegue o ônibus C, que custa US$ 2,25 e te deixa bem no meio da Biscayne Boulevard, que é a principal rua de Downtown. Para se locomover no Dowtown, há ainda o Metromover, um trenzinho suspenso gratuito que roda pelos locais mais importantes do centro. Há ainda o ônibus Beach Max, que passa pela praia inteira e em locais como Sunny Isles, Bal Harbour e Aventura Mall. O site do Departamento de Transporte de Dade County ajuda bastante a ficar pro dentro disso tudo.

Há transporte público em Miami

Há transporte público em Miami

South Beach: onde ficar? A região de SoBe é a principal de Miami, com “o fervo” ficando entre a 5th Street e a Lincoln Road, que fica um pouco depois da 16th Street. As ruas mais famosas lá são a Ocean Drive, na orla da praia, Collins Avenue e Washington Avenue, paralelas à Ocean e que têm estúdios de tatuagem, boates, restaurantes e muitas lojas. Tente se hospedar por ali. É um pouco caro, mas vale. Quanto maior o número da rua, mais longe você fica do centro. Os hotéis maiores, como resorts, ficam mais longe. Só o Loews e o Ritz ficam perto da Lincoln Road.  Portanto, pese bem o que vale mais para você.

Melhor área de SoBe

Melhor área de SoBe

Downtown: onde ficar? No centro, o foco de hospedagem deve ser entre Brickell e o Bayside. O centro da cidade possui muito menos movimento do que South Beach. Durante o dia, tem lojas abertas, o Bayside, o Bayfront Park… Ali por perto, estão os bairros como Little Havanna, que é uma pequena Cuba em Miami, e Coconut Grove, onde fica o shopping CocoWalk com a Cheesecake Factory. Vale dar uma boa passeada por lá. Mas a hospedagem melhor mesmo é na região próxima ao Bayside, que é mais central, perto dos jogos de basquete, dos pontos de ônibus, lojas como Macy’s e Marshalls e etc.

Courtyard Mariott é boa opção

Courtyard Mariott é boa opção

Dicas de hospedagem: quais os melhores hotéis de Miami? A nossa hospedagem em Downtown em 2012 foi muito boa no Courtyard Marriott da SE 2nd Street (review aqui). Na mesma região, há uma série de bons hotéis, como o Hilton. Há ainda um Holiday Inn bem em frente à AmericanAirlines Arena, um pouco mais em conta. Em South Beach, há resorts como o Hilton e o Loews, outro Courtyard Marriott, perto da Lincoln Road, e muitos hotéis-boutique próximos à praia, mas esses custam caro e não têm estrutura grande – apesar de estarem na melhor localização de South Beach. O mais famoso hotel de Miami é o Fountainebleu, enorme e belíssimo – mas distante do fervo de South Beach, na altura do que seria a 40th Street, e também marcado por ser palco de festas constantes durante o dia. É mais para quem quer “curtir a vida adoidado”. Na mesma região há muitos hotéis grandes e mais calmos.  Perto do aeroporto, estão o Hilton Miami Airport, o Days Inn e o Comfort Inn. Mas nunca ficamos em nenhum deles.

Fontainebleau de longe

Fontainebleau de longe

Clima: qual a melhor época para visitar Miami? Qualquer uma. Miami é uma cidade com um clima ótimo, parecido com o do Rio de Janeiro. Até no inverno, em dezembro, tem sol e dá para curtir praia. No verão, em julho, chove bastante. A cidade fica bem cheia em dezembro, nas festas de fim de ano, e é justamente deste mês até abril que Miami mais “bomba”, até rolar o Spring Break. No verão mesmo, entre julho e agosto, o calor é bem forte. Mas, no geral, é possível ir em qualquer época para lá.

Miami tem sol até no inverno

Miami tem sol até no inverno

Quanto levar de dinheiro para Miami? O máximo que você puder, porque as compras são tentadoras. A vida em Miami é até barata, mas se você for fazer compras, certamente vai gastar muito. Fique naquela média de, para refeição e transporte, uns US$ 150 a US$ 200  por dia. Táxi em Miami é barato e passa toda hora. Os restaurantes, até mais chiquezinhos, não devem custar mais de US$ 30 por prato. Estourando. O transporte público também é bem barato. Para compras, porém, leve o máximo que puder. E acredita na gente: é difícil resistir.

Prepare-se para gastar

Prepare-se para gastar

Quanto tempo ficar em Miami? Uma semana é o ideal se você quiser aproveitar bem a cidade. É claro que é possível ficar lá só uns dois ou três dias, curtir um pouco e fazer umas compras, mas a cidade é tão boa que vale ficar mais um pouco de tempo. Se tiver pouco tempo, faça só o básico, como Ocean Drive, Collins, Lincoln Road e Bayside, por exemplo, além de um shopping para compras (de preferência, o Sawgrass). Mas se tiver mais, vale dar um pulo no Seaquarium (post aqui), ir a um jogo da NBA na AAA e NFL no SunLife Stadium (post aqui), visitar Key West (post aqui) e Fort Lauderdale e etc. Caminhar no Bayfront Park, perto da Marina, também é excelente.

Caminhar pelo Bayfront Park é ótimo

Caminhar pelo Bayfront Park é ótimo

Como se virar no inglês em Miami? Não se preocupe com isso, porque 99,9% das pessoas falam espanhol, e entendem sem problemas o “portunhol”. Nós nos comunicamos em inglês, mas eles percebem quando você é brasileiro e começam a falar já em espanhol. É até um pouco chato rs. Tente saber o básico do inglês e já será suficiente.

Praia limpa em SoBe

Praia limpa em SoBe

O que fazer em Miami

Além das compras, há muito mais para fazer em Miami. Esportes, shows, praias, boates…Leia aqui nossa sugestão de roteiro para curtir a cidade em três, cinco ou sete dias.

Quais os melhores locais para comprar em Miami? É o que todo mundo quer saber. O Sawgrass Mills é o maior outlet dos Estados Unidos e, certamente, é o melhor local (vejam nosso post só sobre o shopping). Tem muitas lojas de todos os tipos (Como CK, Tommy, AX, Victoria’s Secret, Michael Kors, Gucci), os preços são ótimos e vale a visita. Já o Dolphin Mall fica mais perto de South Beach, tem as principais lojas que também estão no Sawgrass, e pode ser uma alternativa. No Aventura Mall, que não é outlet, há lojas um pouco mais chiques e o clima é bem diferente (os preços também). Há ainda uma série de lojas de rua, na Collins Avenue e na Washington Avenue, e a famosa Lincoln Road, uma rua cheia de lojas e restaurantes em South Beach. O shopping na 5th Street com Alton, onde há Ross, ótima para pechinchas de roupas e acessórios, e a Best Buy para fazer compras de eletrônicos. No centro, tem o Bayside, a Macy’s, loja de departamentos, e a Marshall’s, que é igual a Ross.

Sawgrass cansa demais

Sawgrass cansa demais

Praias: onde dar aquele mergulho em Miami? A praia de South Beach é cheia de turistas. Tem local para andar de bicicleta ou de segway ou de patins ou de skate… Enfim! A extensão dela é bem grande, a água é ótima e é muito tranquilo de ficar. Além de SoBe, vale visitar Sunny Islands, Bal Harbour e as praias mais ao norte, que normalmente são bem mais tranquilas, e também bem bonitas. O coração de Miami, no entanto, é mesmo em South Beach.

South Beach :)

South Beach 🙂

Boates: qual o melhor lugar para dançar em Miami? A cena noturna de Miami é vista como uma das melhores dos EUA e do mundo. Há diversas boates ótimas por lá, apesar de por fora elas parecerem bem estranhas. As melhores do momento: Cameo, Mansion (ambas na Washington Avenue), Story (Collins Avenue), Liv (Fontainebleau) e Nikki Beach, bem no início da praia. Elas costumam ter muita música eletrônica e hip-hop. Chegue cedo e vá bem arrumado se quiser entrar. Lá, eles podem barrar pessoas na porta pelo mero fato de acharem que elas não vão gastar tanto lá dentro. Ingressos com antecedência podem ser comprados no site Wantickets Miami.

Mansion é bem famosa

Mansion é bem famosa

Onde fazer tatuagem em Miami: Miami Ink Nunca vimos tanto estúdio de tatuagem junto na vida. Basta dar uma passeada pela Washington Avenue para perceber que tem um ao lado do outro. A maioria está sempre cheia, e o mais famoso, claro, é o Love Hate, do seriado Miami Ink. A Aline fez uma tattoo lá em 2012. O pessoal é muito atencioso, o local é um ponto que é bem visitado, mesmo por quem não vai se tatuar, e o lugar é bem legal. Mas as tatuagens são caras. No mínimo, US$ 300.

Miami Ink é famoso e caro

Miami Ink é famoso e caro

NBA: como ver um jogo do Heat em Miami? Atual bicampeão da NBA, o Heat é um dos times mais procurados da liga para se ver jogos. Por isso, os preços estão mais caros do que nunca. Para ir a uma partida, compre seu ingresso no site TicketMaster, e dirija-se à AmericanAirlines Arena, ginásio em Miami Downtown. Ônibus de South Beach custa US$ 2,25. Estacionamento lá perto normalmente sai por uns US$ 20. A experiência é ótima. O ginásio é lindo, há várias opções de entretenimento e ver Lebron James ao vivo é uma coisa fenomenal. Ah, não leve mochilas grandes, comida ou lentes profissionais para câmeras. Uma boa opção é ver o calendário do twHEATup, com direito a Meet & Greet com algum jogador – nós fizemos em 2013. Saiba aqui como comprar um ingresso para um jogo da NBA.

Jogos do Heat são incríveis

Jogos do Heat são incríveis

NFL: como ver um jogo do Dolphins em Miami? Se a AAA é bem no centro de Miami, o SunLife Stadium, onde rolam os jogos da NFL, é longe. Não é nem em Miami, mas sim em Sunrise. O sistema de ingressos também é no TicketMaster, os preços – apesar do Dolphins não ser dos melhores times da liga – também são carinhos, a partir de US$ 50 no mínimo. Mas vale bastante. Primeiro porque é um esporte totalmente diferente. Segundo pelo clima ótimo no estádio. As pessoas animadas, todas pintadas, sempre com camisas do time… É ótimo. Mas é longe, tem pouco táxi e custa caro ir/voltar de lá. Nós vimos um jogo da NFL lá no SunLife em 2012, e também uma partida de futebol da Seleção Brasileira, Brasil x Honduras, no fim de 2013.

Jogo do Dolphins é muito legal

Jogo do Dolphins é muito legal

Shows: onde assistir a concertos em Miami? A AAA e o SunLife Stadium também têm muitos shows. Nós fomos à dois na AmericanAirlines: Kanye West e Drake. Ingressos também via TicketMaster. Tudo muito tranquilo – tirando a maconha. Há um centro de artes também no centro, o Adrienne Arsht Center, pertinho da AAA. Lá tem muitos shows mais cults, apresentações de ballet e também de teatro. O BB&T Center, próximo ao Sawgrass, também costuma receber shows grandes – como o do Jay-Z que fomos em janeiro de 2014.

Drake e Lil Wayne na AAA

Drake e Lil Wayne na AAA

Seaquarium: onde nadar com golfinhos em Miami? A experiência de nadar com os golfinhos no Miami Seaquarium é ótima. É um pouco caro, e ele não é tão pertinho (apesar de que o táxi do centro dá uns US$ 25 no máximo), mas vale muito – e também custa menos do que em Orlando. Você fica mais ou menos uma hora na experiência, e ainda tem outros shows, como as acrobacias de golfinhos e baleias no local. É um SeaWorld mais modesto, mas bem divertido. Nós fomos lá em 2012!

Golfinhos são muito maneiros

Golfinhos são muito maneiros

Onde comer em Miami

Miami é uma cidade recheada de opções de gastronomia. Cubana, italiana, americana, brasileira… Tem de tudo!

Restaurantes na praia – A Ocean Drive tem um monte de restaurantes. De Friday’s e Johnny Rockets, mais “fast food”, até Clevelander e Fat Tuesday, para drinks, e restaurantes com comida mesmo, como o italiano Bellini, o ótimo Café Milano e o do Hotal Avalon. Todos são ótimas opções. Há muitos que têm promoções de dois drinks pelo preço de um (por pessoa), desconto para refeições e menus promocionais. Passeie pela orla, veja as opções e sente no que mais agradar.

Orla bomba à noite

Orla bomba à noite

Miami Downtown – O Bayside é ótimo. Tem Hooters, que é excelente, e Bubba Gump, para amantes de fruto do mar. Não deixe também de ir ao Cheesecake Factory, no CocoWalk. Se você gosta de pizza, peça no hotel uma Papa John’s (ou coma no ginásio do Heat) ou uma Domino’s. Muito boas!

Bubba Gump no Bayside

Bubba Gump no Bayside

Fast-Food – Se gostar de hambúrguer fast food, vá ao Five Guys, na altura da 15th Street, e ao ótimo Shake Shack, na Lincoln Road. O Five Napkin Burger, também na Lincoln Road, é ótimo, mas é mais estilo Friday’s e Johnny Rockets. Obviamente, há também McDonald’s, na Lincoln Road, Burger King, na 5th Street, e Subway em diversos locais.

SDDS

SDDS

Restaurantes brasileiros – As churrascarias Texas do Brazil e Fogo de Chão, ambas em SoFi (South of Fifth, primeira parte de South Beach) são as principais opções. Há ainda o Camilla’s, no Downtown, o Rio e o Sushi Samba, na Lincoln Road.

Fogo de Chão está em Miami

Fogo de Chão está em Miami

Lincoln Road – Vários restaurantes, opções de fast food e também locais para sobremesa, além de lojas. Tudo está na Lincoln Rd, uma rua no meio de South Beach que é a cara de Miami. Haagen Dasz, Paul e Gelateria 4D são ótimos. A Pizza Rústica, que é uma pizza retangular com vários sabores, também é maravilhosa. É lá que ficam também a Apple Store e a Britto, galeria de arte com exibições e produtos à venda do Romero Britto.

Lincoln Road Mall

Lincoln Road Mall

Supermercados – Fazer compras em Miami Beach é fácil. O Publix, na 5th and Alton, é ótimo. Preços relativamente baixos, a variedade de coisas é ótima e o atendimento também. Perto dali, há o Whole Foods, com mais opções naturais. No mercado, você encontra muitos sorvetes, biscoitos, congelados, bebidas, doces, pães e tudo o que precisar. CVS e Walgreen’s também vendem o básico. Walmart, KMart e Winn-Dixxie não ficam perto de South Beach.

Publix em South Beach

Publix em South Beach

Para onde ir de Miami

Quais cidades ficam próximas de Miami? Fort Lauderdale e Boca Raton são as mais famosas, além de West Palm Beach. Todas têm praias bem bonitas. Fort Lauderdale é a mais próxima, e mais famosa delas. Fica a uns 40 minutos de carro, tem uma orla bem bonita e é possível comer/beber nos vários restaurantezinhos de lá. Muitos negócios que antigamente ficavam em South Beach, agora são lá – algumas escolas de intercâmbio também. Há ainda, claro, Key West e os outros Keys da Flórida. Viagem mais demorada – que vai durar cerca de 3 horas até Key West. Mas vale muito caso você tenha tempo e possa passar, por exemplo, um fim de semana lá. As praias são bonitas, a vida noturna é ótima, tem pontos turísticos legais, como o ponto mais sul dos EUA e a casa de Hemingway. Há ainda passeios de barco, parasailing… Nós fomos lá em 2012. Vejam como foi. Também demos um pulo em Fort Lauderdale, já nesse início de 2014.

A bela Fort Lauderdale

A bela Fort Lauderdale

Como ir e vir de Miami para Orlando? São cerca de quatro horas de ônibus/carro. O trajeto é bem tranquilo. Nós fizemos pela Miami Tour Co nos dois sentidos e foi tudo tranquilo. De Orlando para Miami, fomos em uma Escalade. Meio apertado, mas beleza. Na volta, fomos em um Ônibus de turismo grande. Bate-volta é cansativo, mas dá para ir tranquilo, passar um tempo na outra cidade, e aí voltar depois de uns dois ou três dias.

Carro para ir de Orlando para Miami

Carro para ir de Orlando para Miami

Quais cruzeiros saem de Miami? Vários cruzeiros saem do Porto de Miami, próximo ao Bayside, em Miami Downtown. Existem várias empresas com vários preços e vários destinos, especialmente no Caribe e Key West. Algumas empresas como Carnival, Norwegian, Royal e Disney Cruises fazem estes. Há ainda a Bimini, que tem até cruzeiros de um dia para uma ilha que localiza-se próxima de Miami e é particular da empresa. Confira na Expedia alguns exemplos e preços.

Porto de Miami é próximo do Bayside

Porto de Miami é próximo do Bayside

Vale a pena visitar Miami?

A resposta é: claro! É uma cidade bonita, limpa, animada, com pessoas educadas e felizes. O clima é ótimo, os preços são bem razoáveis para tudo, há muita segurança e você se sente bem lá. Faça muitas compras, beba bastante, coma bem, pegue um sol, tome banho de mar e aproveite!

Valeu, Miami :)

Valeu, Miami 🙂

Esperamos que vocês gostem de lá quando visitarem, que nossas dicas sejam úteis e que o post tenha agradado. Se ficou ainda alguma questão não resolvida, só comentar ou entrar em contato conosco no Facebook!

roteiro grécia

Nosso roteiro pela Grécia foi uma dos mais “difíceis” de montar nas últimas viagens que fizemos. Tudo isso porque o país era nosso sonho há tempos e a vontade era fazer uma viagem sem data de volta, conhecendo todas as ilhas da nossa wishlist. Como era a nossa primeira vez no país, escolhemos visitar Santorini, Mykonos, Atenas, Kefalonia e Zakyntos. E se você, assim como nós, sonha com um roteiro pelas ilhas gregas, mas pinta aquela dúvida do que visitar na Grécia, nesse post podemos te ajudar. 😉

roteiro grécia

Acredite! Foto sem filtro! Myrthos Beach

Como montar um roteiro pela Grécia

O que fazer na Grécia era a pergunta que a gente mais fazia, afinal tínhamos apenas 15 dias de viagem, sendo 13 dias inteiros no país, e queríamos conhecer as ilhas gregas mais bonitas. Mas como isso não era possível, deixamos Creta, Milos, Lefkada entre outras para uma próxima ocasião. A Grécia tem “só” 6 mil ilhas e apenas 227 são habitadas. Logo montar um roteiro não é tarefa fácil.

No nosso Instagram há muitos stories da nossa viagem. Confira aqui!

Porém para uma primeira viagem para a Grécia, essas ilhas que visitamos já é uma excelente experiência. O deslocamento é feito de ferry ou avião e se planejar bem faz toda a diferença. A nossa maior dica para você que está indo viajar para a Grécia pela primeira vez é: considere o mínimo de 10 a 15 dias inteiros. Se tiver 10 dias, escolha no máximo 3 ilhas. Tendo até 15 dias, já pode incluir mais uma no roteiro.

roteiro grécia

Thiago relaxando em Fteri – Kefalonia

No link abaixo, a gente relatou dicas da Grécia que são básicas para você planejar sua viagem: como explorar as ilhas, quando viajar para Grécia e muito mais. E nesse post aqui que você está lendo há apenas o resumo do nosso roteiro dia a dia, mas em breve, teremos outros com mais dicas de cada ilha.

Confira aqui tudo o que você precisa saber antes de viajar para a Grécia

Roteiro pela Grécia – 15 dias
  • Santorini – 2 dias
  • Mykonos – 3 dias
  • Atenas – 2 dias
  • Kefalonia – 4 dias
  • Zakynthos – 3 dias

O que fazer em Santorini –  2 dias

Começamos o nosso roteiro por Santorini, embora tenhamos chegado por Atenas (visitamos na metade da vaigem por questão de melhor logística) ilha mais romântica da Grécia não tem muito o que fazer, e nós queríamos relaxar e sentir o clima clichê e único que Santorini tem. Por isso, nos hospedamos em Oia no Kima Villa Suites  que tem vista para a caldera. Vale MUITO, mesmo que isso possa custar uns bons euros.

Ficamos 2 dias em Santorini, mas ficaríamos uns 3. Para os amantes de vinho, há a vinícola Santo Wine com vista para o por do sol, tem praias Perissa Beach e Kamari Beach, passeios de barco pela caldera e sítio arqueológio de Akrotiri.

Dia 1 – Caminhar pela caldera em Oia e assistir pôr do sol

Começamos o nosso dia curtindo a piscina do hotel. Depois fomos caminhando até Amoudi Bay, onde há um porto pesqueiro com visual lindo. Bem pertinho dali, no final do dia, fomos para as ruínas do Castelo Binzatino assistir o pôr do sol em Santorini, considerado o mais famoso do mundo.

dicas roteiro santorini

Pelas casinhas brancas de Oia – Santorini

roteiro grécia santorini

Ammoudi Bay – Oia

roteiro grécia santorini

Pôr do sol em Oia – Santorini

Dia 2 -Caminhar pela caldera em Thira e praias Red Bech, White Beach e Black Beach

Acordamos bem cedinho e fomos fazer fotos nas famosas cúpulas de Oia. Em seguida fomos para Thira e fizemos um passeio de barco pela Red Beach, White Beach e Black Beach. Na volta, andamos pelas ruas da caldera de Thira e assistimos novamente o pôr do sol.

roteiro grécia santorini

As famosas cúpulas em Santorini

roteiro grécia santorini

Red Beach – Santorini

dicas roteiro santorini

Caminhando pela caldera em Thira

O que fazer em Mykonos – 3 dias

Fizems um roteiro de 3 dias Mykonos, mas saímos de lá com gostinho de quero mais. A ilha é para todos os gostos, e até mesmo para quem não quer se jogar só em balada. De manhã, o clima nas praias com beach clubs (lado sul da ilha) é tranquilo e muitas famílias curtem com crianças. Já no final da tarde começam as festas, mas se não é sua vibe saiba que Mykonos tem beach clubs com clima mais tranquilo, além de praias sem estruturas e desertas (lado norte da ilha).

Caminhar por Chora é uma delícia. O centrinho charmoso tem o chão típico das ilhas gregas que a gente vê em filmes, além de muitos cantinhos fofos para fotografar,  lojas e restaurantes lindos. Nos hospedamos no Hotel Nazos, que tem ótima localização e fica perto do centrinho de Chora. Ficamos 3 dias, mas gostamos tanto que recomendamos uns 4, 5 dias.

Dia 1 – Chora, moinhos e Little Venice

Assim que chegamos em Mykonos, era meados da tarde, e fomos em uma curta caminhada do hotel para os moinhos de Mykonos, famoso cartão postal da ilha. Bem em frente, há os charmosos bares e restaurantes de Little Venice, que fica de frente para o mar e tem vista para o pôr do sol em Mykonos. Passear por Chora foi o que a gente mais curtiu. É uma delícia caminhar pelas várias ruelas charmosas. Por último, assistimos o pôr do sol do alto do 180 Sunset Bar , de onde se tem a vista mais linda de Mykonos.

roteiro grécia mykonos

Moinhos em Mykonos

roteiro grécia mykonos

Little Venice – Mykonos

dicas roteiro mykonos

Caminhando por Chora -Mykonos

Dia 2 -Beach Club em Mykonos

Começamos o dia conhecendo Paraga Beach, mas resolvemos caminhar para Paradise Beach e ficamos o dia todo por lá. No final da tarde ficamos no Guapaloca Beach Club que é um beach club barato em Mykonos. Você não paga para curtir, tem DJ ótimo e a animação fica por conta do Jeff, que é brasileiro. Super dá pra frequentar em casal e os preços das bebidas tem ótimo custo benefício.

roteiro grécia mykonos

Paraga Beach – Mykonos

roteiro grécia mykonos

Paradise Beach – Mykonos

roteiro grécia mykonos

Guapaloca Beach Club – Mykonos

Dia 3 – Praias do sul de Mykonos

Já que não alugamos carro, escolhemos conhecer apenas algumas praias do sul de Mykonos que são facilmente acessadas por ônibus. Primeiro fomos a a lindíssima Super Paradise Beach, mas resolvemos não ficar. Passamos em Psarou Beach, e ficamos em Platis Gialos, onde tem o beach club Branco Mykonos, que é bem charmoso e tem preços ótimos.

roteiro grécia mykonos

Super Paradise Beach – Mykonos

Psarou Beach – Mykonos

roteiro grécia mykonos

Platis Gialos – Branco Mykonos

O que fazer em Atenas – 2 dias

Um roteiro de 2 dias em Atenas já dá para se sentir nas páginas dos livros de história. Na verdade, até um dia você conseguer fazer o básico, embora fique cansativo e corrido. A região da Acrópole de Atenas fica bem pertinho de monumentos históricos como Templo de Zeus, Ágora Romana e Biblioteca de Adriano.

E você ainda pode caminhar pelas ruas de Plaka, que reúne muito comércio assim como o bairro de Monastikari. Único lugar legal que não fomos foi o Tempo de Possêidon, que não fica nessa região. Nós nos hospedamos no Central Atenas, um hotel no bairro de Plaka que tem vista linda do Templo de Parthenon. Fizemos tudo a pé, pois a localização é excelente e super movimentada.

Dia 1- Walking tour por Atenas

Fazer um walking tour pelo centro histórico de Atenas foi uma ótima pedida para termos noção da cidade. Escolhemos a equipe do Athens Free Tour que disponibiliza um guia que passeia por vários lugares históricos, passa pelo Panathinaiko Stadium além de ruas dos famosos bairros de Plaka e Monastiraki. Após o tour, fomos visitar por conta própria os lugares que tínhamos passado pelo walking tour, mas que precisam de tickets para acessar os sítios arqueológicos: Templo de Zeus, Ágora Romana e Biblioteca de Adriano.

roteiro grécia atenas

Templo de Zeus – Atenas

dicas roteiro atenas

Pelas ruas de Plaka – Atenas

dicas roteiro atenas

Panathinaiko Stadium -Atenas

Dia 2 – Visitar Acrópole de Atenas, caminhar por Monastiraki, rua Ermou até o parlamento

A Acrópole de Atenas é o ícone da história da Grécia que data 432 a.C. Um lugar que você não pode deixar de visitar, mesmo que tenha somente algunas horas na cidade. Fomos bem cedo visitar e foi indescritível estar ali, vendo o Tetro de Dionísio, o Erecteion, principalmente quando estivemos bem pertinho do Paternon, que é o edifício mais importante de toda a Grécia. Depois resolvemos andar da Praça Monastiaki até o Parlamento Helénico, onde há a troca da guarda que desperta curiosidade dos turistas. Esse trajeto fizemos pela rua Ermou, que tem várias lojas para comprinhas: Victoria Secret,  H&M, Zara, Mango etc.

roteiro grécia atenas

Partenon – Acrópole de Atenas

dicas roteiro atenas

Parlamento Helénico – Atenas

O que fazer na Kefalonia – 4 dias

Um roteiro de 4 dias na Kefalonia é o mínimo que recomendamos para não sair dessa linda LINDÍSSIMA arrependido de não ter curtido bem. Tá bem, damos um desconto: pode colocar 3 dias também, porém menos do que isso você vai perder a chance de conhecer uma das ilhas mais encantadoras da Grécia. Sexta maior ilha, a Kefalônia fica perto de Zakynhos ( ilhas jônicas) e de uma para outra você vai pegar um ferry de 1h30 de viagem.

Colocamos Atenas no meio do roteiro porque para ir de Mykonos ou Santorini (ilhas cílcades) para a Kefalônia é necessário escala em Atenas. E como chegamos em Atenas na madrugada, achamos um voo bem cedo para Santorini e a logística ficou melhor.

Dia 1 -Antissamos Beach, Melissani Cave, Agia Efimia e Vouti Beach

Dividimos nossa estadia em dois lugares. Primeiro ficamos na região de Sami no Stalaktites Studios, pois era perto da Antissamos Beach e Melissani Cave. A praia é linda, tranquila e ótima para ir com crianças. Já a caverna Melissani Cave é algo que chega doer os olhos de tão linda. Não deixem de ir! Almoçamos no vilarejo de Agia Efmia e resolvemos esticar até a lindíssima Vouti Beach, que dava pra fazer no planejamento do dia seguinte, já que ela fica perto da Myrthos Beach.

roteiro grécia kefalonia

Antisamos Beach – Kefalonia

roteiro grécia kefalonia

roteiro grécia kefalonia

roteiro grécia kefalonia

Melissani Cave – kefalônia

Dia 2 – Myrthos Beach e Vila de Assos

Considerada a praia mais linda da Kefalonia, Myrthos Beach merece curtir com calma. Primeiro fomos até o mirante de Myrthos Beach e a vista é surreal de linda! Depois descemos e passamos o dia todo pela praia. Na metade da tarde, seguimos para Vila de Assos, onde nos hospedamos no Vassilis Retreat com uma vista linda para Assos que parece um cenário de filme. Jantamos por lá e ficamos curtindo a paz e tranquilidade do local.

dicas roteiro kefalonia

Mirante Myrthos Beach – Kefalônia

dicas roteiro kefalônia

Myrthos Beach – Kefalônia

dicas roteiro kefalônia

Vila de Assos – Kefalônia

Dia 3 – Passeio de barco por Fiskardo: Kimilia Beach, Emplisi Beach,Foki Beach e Dafnoudi Beach

A ótima pedida deste dia foi um passeio de barco por Fiskardo, regisão pesqueira ao norte da Kefalonia. Passamos pelas praias de Fiskardo: Kimilia Beach, Emplisi Beach, Foki Beach e Dafnoudi Beach. Seguimos até outra ilha que não faz parte da Kefalonia, Ithaca, e navegamps por vários pedacinhos de paraísos que nem fazemos ideia do nome. Cada lugar único, com várias tonalidades de azul e verde que nunca vimos na vida.

dicas roteiro kefalônia

Passeio de barco por Fiskardo – Kefalônia

dicas roteiro kefalônia

Passeio de barco por Fiskardo – Kefalônia

dicas roteiro kefalonia

Caverna perto de Foki Beach – Kefalônia

Dia 4 – Fteri Beach e Blue Laggon

Fteri foi a praia mais linda da Kefalonia na nossa opinião. O acesso é somente por barco, saindo do porto Zola (perto de Vouti Beach), e é possível alugar um barquinho ou pagar para alguém te levar e buscar com hora marcada. É totalmente paradisíaca, cristalina e sem ninguém. Imperdível!! Fteri balançou nosso coração por 4 horinhas, alem da maravilhosa Blue Laggon que é do ladinho. Não deixe mesmo de conhecer Fteri!!

dicas roteiro kefalônia

Blue Lagoon – Fteri – Kefalônia

dicas roteiro kefalônia

Fteri – Kefalônia

dicas roteiro kefalônia

Fteri – Kefalônia

O que fazer em Zakynthos – 3 dias

Nosso roteiro de 3 dias em Zakyntos foi suficiente para o que queríamos conhecer: Navagio Beach. Eleita várias vezes a praia mais bonita do mundo, Navagio é algo que deixa qualquer um impactato, seja do mirante ou se banhando naquele azul surreal de lindo. Zante, como também é conhecida a ilha, tem outras praias bonitas ao norte e nós acabamos ficando somente por esta região e fomos até metade da ilha, sentido sul.

Não que o sul não valha à pena. Por lá tem um passeio que passa em Cameo Island, Maratonishi Beach e Keri Caves, mas preferimos repetir Navagio Beach. Além dela, gostamos muito de Makris Gialos, Xigia, Little Xigia e Porto Limnionas. Só ficou faltando conhecer o Porto Vromi que é bem bonito.

Dia 1 – Mirante Navagio Beach, Navagio Beach e Blue Caves

Conhecer a vista do mirante de Navagio Beach é algo que nada que a gente descreva aqui conseguirá traduzir o quão imponente é essa obra de Deus. Fizemos a trilha da direta e esquerda por volta de meio dia, horário bom para o sol iluminar a água.  Às 14h já estávamos indo curtir propriamente dito a Navagio Beach. Escolhemos a PotamitisBros que é uma agência bem recomendada e eles nos levaram para nadar nas Blue Caves que é outro lugar surreal de lindo e imperdível!

dicas roteiro kefalônia

Mirante Navagio Beach – Zakynthos

dicas roteiro zakynthos

Navagio Beach – Zakynthos

dicas roteiro zakynhos

Navagio Beach – Zakynthos

Dia 2 – Xigia Beach, Little Xigia e Makris Gialos

Neste dia a programação era ir para o Sul de Zakynthos e conhecer Cameo Island, que fica em Laganas e fazer o passeio de barco ( avistamento de tartarugas, Keri Caves e Marathonisi Beach.) Porém, pela manhã, para nossa felicidade, voltamos a Navagio Beach e Blue Caves. Tudo isso porque no dia anterior ficou tarde para ver as blue caves com sol, e a PotamitisBros fez metade do preço e nos levou para fazer o mesmo passeio: Navagio Beach e Blue Caves! A tarde, a caminho do sul, passamos perto das praias Xigia Beach, Little Xigia e Makris Gialos (as três ficam próximas) e acabamos curtindo a última por ter estrutura de cadeira com sombra.

dicas roteiro zakynhos

Blue Caves – Zakynthos

dicas roteiro zakynhos

Little Xigia – Zakynthos

dicas roteiro zakynhos

Makris Gialos – Zakynthos

Dia 3 – Porto Limnionas

Último dia de viagem fomos passar o dia em Porto Limnionas, que parece uma piscina natural com paredões de pedra em volta. A água é cristalina e a vista muito bonita. Há um único restaurante, o Porto Limnionas Tavern, que oferece estacionamento, aluguel de cadeiras e guarda sol com ótima estrutura.

dicas roteiro zakynhos

Porto Limnionas – Zakynthos

dicas roteiro zakynthos

Porto Limnionas – Zakynthos

Esperamos que você tenha gostado do nosso roteiro pela Grécia. FTeremos mais posts com dicas para que a sua viagem seja tão linda quanto a nossa!

Se tiver qualquer dúvida, deixe-nos um comentário aqui. 🙂

ORGANIZE SUA VIAGEM!

VEM COM A GENTE!

Curte nossas dicas aqui no blog? Colabore conosco organizando sua viagem pelos links que confiamos e utilizamos em nossas trips! Você não paga mais por isso, e nós recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog no ar com conteúdo de qualidade.

VAI PARA A GRÉCIA ?

O Booking é nosso queridinho na hora de reservar uma hospedagem. Um dos maiores buscadores do mundo, tem avaliações de viajantes e oferece opções de efetuar sua reserva de diversas formas. Cancelamento grátis, pagando no check-in, deixando tudo pago antes de chegar… Basta ficar atento às condições.

SEGURO VIAGEM NA EUROPA

A Grécia faz parte dos países europeus inclusos no Tratado de Schengen, em que o seguro de viagem para a Europa é obrigatório. Nós usamos e recomendamos o Seguros Promo que é um buscador que compara preços de diversas seguradoras e você escolhe o melhor custo benefício. Utilize o cupom OTOURNOSSO5 e garanta 5% de desconto. Pagando em boleto você ganha mais 5%.

CHIP DE VIAGEM

Ficar sem Internet e telefone em uma viagem internacional não rola, né ? Por isso garanta seu chip VIAJE CONECTADO, utilize nosso cupom PROMO10 e ganhe 10% de desconto! Você já sai com ele ativado do Brasil e chega conectado ao destino. A cobertura na Grécia foi excelente e subimos muitos stories no Instagram.  Os planos de voz e dados custam a partir de R$ 39,99.

dicas grécia

A Grécia é um dos países mais lindos do mundo e atrai muitos turistas de férias ou em busca de viagem de lua de mel. Tudo por conta da cultura milenar e fascinante, mas também pelas casinhas brancas, culinária e mar transparente. Se você está planejando uma viagem para a Grécia, reunimos neste post dicas gerais como quais ilhas gregas visitar, quanto custa viajar para Grécia, se precisa de visto, quando ir para a Grécia e muuuuito mais.

dicas grécia

Acrópole de Atenas

O país era nosso sonho e um bom planejamento é fundamental. A Grécia tem 6 mil ilhas, sendo 227 habitadas. Mas não se preocupe em conhecer o máximo em uma única viagem! É tudo tão lindo que a gente aposta que você vai estar lá já imaginando retornar um dia. 🙂

No nosso Instagram há muitos stories da nossa viagem. Confira aqui!

Começamos a planejar com 6 meses de antecedência e pesquisamos muitas dicas da Grécia que foram essenciais para uma viagem de férias perfeita. Por isso, antes mesmo de começar a montar o seu roteiro para Grécia, confira aqui informações do que você precisa saber antes de arrumar as malas.

dicas grécia

Navagio Beach – Zakynthos

Dicas de viagem para Grécia

Quando ir para a Grécia ? E como é o clima no país ?

A melhor época pra viajar pra Grécia é no verão europeu, período predileto dos turistas para visitar as ilhas gregas. A alta temporada na Grécia contempla os meses de julho e agosto e, consequentemente, as ilhas ficarem mais cheias e os preços são bem mais altos. Nós viajamos início de junho (de 9 a 23 de junho de 2019) e pegamos dias lindos de sol bem forte, viu… e, graças a Deus, sem nenhuma chuva água nada absurdamente gelada. As ilhas já estavam um pouco cheias, visto que junho já é quente, pois o verão chega na última semana do mês.

dicas grécia

Navagio Beach – Zakynthos

Setembro é um mês bom, mais vazio e não é o calorão de julho e agosto, mas como é final do verão pode haver pancadas de chuva. No geral você pode fazer uma viagem para a Grécia entre o final de maio e meados de outubro.  Só que pode ocorrer de pegar dias de sol ameno, clima mais fresco, mar bem gelado e até alguns dias sem sol.

Se você for visitar somente Atenas, pode ir à Grécia inclusive no meses mais frios (de novembro a março). Porém, como é inverno, verifique se as atrações estarão operando em horários reduzidos. Caso você esteja pela capital ou no norte do país durante o inverno, se nevar aproveite e visite estações de esqui.

petani beach hotel

Precisa de visto para entrar na Grécia ? E certificado de vacinação ?

Não é necessário visto para visitar a Grécia, assim como em toda União Européia, se sua viagem for de até 90 dias. No entanto, o passaporte precisa ter pelo menos 6 meses de validade. Vale lembrar que se você for visitar antes países como o Egito, que exigem visto, é necessário tirá-lo. Além disso, não é exigido certificado de vacinação na Grécia.

E seguro viagem para a Grécia é obrigatório ?

Sim, é essencial viajar para a Grécia com seguro viagem. A Grécia faz parte dos países europeus inclusos no Tratado de Schengen em que o seguro de viagem para a Europa é obrigatório. Na imigração se te pedirem você precisa apresentar. Nós usamos e recomendamos o Seguros Promo que é um buscador que compara preços de diversas seguradoras e você escolhe o melhor custo benefício. Utilize o cupom OTOURNOSSO5 e garanta 5% de desconto. Pagando em boleto você ganha mais 5%.

Quanto custa passagem para a Grécia ?

Um passagem para a Grécia saindo do Rio de Janeiro ou São Paulo custa em média de R$ 3.000 a R$ 5.000. Viajamos em junho e compramos 5 meses antes e pagamos R$ 2.810 por pessoa no voo Rio – Atenas. Este foi o valor total com taxa pela British Airways com conexão em Londres. O país dos deuses do Olimpo não é um destino com passagem barata saindo do Brasil. Recomendamos comprar a passagem para a Grécia com 4 a 6 meses de antecedência.

Como chegar a Grécia ?

Por enquanto, não há voo direto do Brasil para a Grécia. Assim como nós fizemos conexão, é necessário viajar por uma companhia que voe até Atenas, como por exemplo a Alitalia, British Airways, Iberia, Air France, KLM, TAP, Lufthansa, Turkish e Swiss Air. Vale ressaltar que várias companhias também te levam do Brasil até algumas ilhas gregas, como Santorini e Mykonos, fazendo também conexão em cidades europeias.

O principal aeroporto da Grécia é o Aeroporto Internacional Eleftherios Venizelos de Atenas. A partir do aeroporto de Atenas você pode viajar para as as ilhas gregas que têm aeroporto, como Santorini, Mykonos, Zakynthos etc.

aeroporto internacional atenas

Como ir de uma ilha grega para outra ?

Você pode sair e chegar a uma ilha por ferry (balsa) ou voo. Tudo vai depender do seu roteiro, tempo de viagem, preços de passagens etc. Para se deslocar entre as ilhas cíclades você pode usar ferry, mas se for para alguma ilha jônica será necessário voo. As empresas aéras que voam pela Grécia são Olympic Air (Aegean Air é do mesmo grupo), Volotea, Ryanair e Sky Express. Muita atenção a esta última que costuma cancelar voos frequentemente.

Utilize o Google Flight e pesquise voos pela Grécia

dicas grécia

Existem várias empresas de ferry, como a Sea Jets e Golden Star Ferries, e também alguns sites de buscador de ferries. Pesquisamos trechos no site Ferries GR  que lista muitas ilhas e horários de ferry na Grécia.  Então, você pode comprar seu ticket por este site ou utilizá-lo apenas como pesquisa. Assim você sabe qual empresa fará o deslocamento que você necessita e aí pode comprar o bilhete diretamente pelo site da companhia, como fizemos.

dicas grécia

Como é dirigir na Grécia

Nós não dirigimos, mas na Kefalonia e Zakynthos estávamos com um casal de amigos e juntos alugamos carro. A maioria das locadoras exigem o PID (Permissão Internacional para Dirigir) e se você não tem basta tirar no Detran. Quando for viajar para a Grécia leve tanto a CNH quanto o PID.

Em todas as ilhas percebemos pistas estreitas e muitas curvas, principalmente em Zakynthos e na Kefalonia. Reparamos também que não havia sinalização de velocidade, então a direção requer bastante atenção nas centenas de curvas existentes.

dicas grécia

Quantos dias ficar na Grécia ?

O nosso roteiro pela Grécia foi de 15 dias (em breve aqui) e a dica maior que a gente pode te dar é: viaje pelo país com calma, mesmo que você não conheça muitas ilhas de uma vez. Se você tem de 7 a 15 dias, evite viajar correndo principalmente para ilhas que são maiores. Os voos e horários de ferry não há muitos horários em um único dia.

E não esqueça que há deslocamentos de ferry ou avião, que dependendo do tempo você pode perder metade ou um dia inteiro. Pode ser que um voo atrase, seja cancelado ou ferry… imprevistos que ninguém está livre de passar.

Mesmo que você não consiga visitar tudo em sua primeira viagem para a Grécia, viaje de forma que você possa aproveitar e relaxar bem cada lugar do seu roteiro nas ilhas gregas. Recomendamos no mínimo 10 dias inteiros pelo país.

dicas grécia

O que visitar na Grécia ? Como escolher as ilhas gregas ?

O roteiro pela Grécia vai depender do seu gosto (praias desertas, se não se importa com ilhas bastante turísticas etc) e quantidade de dias que tem para viajar. Além da capital Atenas, as ilhas mais visitadas na Grécia são Santorini e Mykonos (ilhas cíclades) e Zakynthos (ilhas jônicas). Com o passar do tempo, muita gente tem incluído no roteiro Milos, Ios e Creta (ilhas cíclades) e Kefalonia e Lefkada (ilhas jônicas).

O que visitar na Grécia é até difícil de opinar, mas para uma primeira viagem recomendamos fazer o nosso roteiro: Atenas, Santorini, Mykonos, Kefalonia e Zakynthos. Em breve, você vai conferir aqui no blog o que fazer na Grécia em um roteiro de 15 dias. Também vamos fazer post com todas as informações de cada ilha 😉 .

dicas grécia

Qual melhor ilha para visitar na Grécia ?

A melhor ilha da Grécia vai ser aquela que vai acelerar o seu coração dentre as quais você visitar, independente da cor da água, se a ilha é grande, agitada ou deserta. Como são 227 ilhas gregas habitadas, escolher qual e melhor é tarefa muito difícil, até porque não fomos a todas. Você pode ler N dicas por aí de qual ilha mais bonita na Grécia , mas a verdade é que a resposta é bem difícil e algo muito pessoal. Mas como nossos posts (em breve) sobre cada uma, acho que vamos te dar uma ajudinha 😉 .

dicas grécia

Vouti Beach – Kefalonia

Todas as ilhas são únicas. Santorini é clichê e romântica com suas casinhas brancas, Mykonos é uma ilha não apenas para quem gosta de balada, pois tem praias calmas de dia e beach clubs com agito no final da tarde. E para quem gosta de cidades fofas, o centrinho (Chora) é charmosíssimo com os seus famosos moinhos, casinhas brancas ao fundo e muitos restaurantes e lojas.

dicas grécia

Santorini -Grécia

dicas grécia

Vista de Mykonos

Zakynthos tem Navagio Beach que é considerada a praia mais linda do mundo e, realmente, é mais lindo do que qualquer foto! Já a Kefalonia tem diferentes praias de azul cristalino, além de uma pequena praia lindíssima chamada Fteri. Creta é a maior ilha da Grécia e contempla paisagens selvagens, assim como Milos e muitas outras ilhas.

Se tem uma tarefa difícil é escolher qual ilha visitar na Grécia, viu! 😀

dicas grécia

Navagio Beach – Zakynthos

dicas grécia

Fteri – Kefalonia

Qual a ilha a gente mais gostou no geral ? Kefalônia ❤

Kefalônia foi a ilha mais completa, na nossa opinião. Paisagens, tranquilidade, boa comida e o lugar que vimos 50 tons de azul na Grécia. Definitivamente é uma ilha que recomendamos MUITO incluir quando você viajar para a Grécia. Inclua em seu roteiro e depois volte aqui para dizer se a gente se não valeu à pena 😉 .

Em breve você vai conferir aqui no blog dicas completas com roteiro das ilhas gregas que fomos, assim como detalhes e muitas fotos de cada uma delas. Mas, de antemão o nosso TOP 3 ilhas mais bonitas na Grécia são:

  • Kefalônia
  • Santorini – Mykonos (estão tecnicamente empatadas pra gente)
  • Zakynthos
dicas grécia

Kefalonia

Quais ilhas gregas com mar mais azul ?

Ta aí outra pergunta difícil, viu!? Nas ilhas gregas você vai encontrar cavernas, praias com taaaanto tom de azul que é até difícil descrever. Mas, vamos lá: em Zakynthos o ponto alto da ilha é Navagio Beach, considerada a praia mais bonita da Grécia e do mundo – título esse que não fomos nós que demos. Bem pertinho ainda tem as Blue Caves , e você terá a impressão que acenderam alguma luz embaixo da água. Surreal de lindo!!!

dicas grécia

Navagio Beach – Zakynthos

dicas grécia

Blue Caves – Zakynthos

Kefalonia tem diferentes tipos de azul e verde também. Myrthos Beach parece que jogaram sabão em pó, e no Norte em Fiskardo fizemos um passeio de barco que foi UAU atrás de UAU. FTERI na Kefalônia ganhou nosso coração demais. É absurdamente linda a ilha. Não deixe de ir, pelo amor de Deus!! E esqueça filtro em suas fotos, porque as praias gregas definitivamente não precisam! 😉

dicas grécia

Myrthos Beach – Kefanônia

dicas grécia

Esse azul de Fteri na Kefalônia…

Mykonos também tem marzão azul lindo, viu?! E foi a ilha que superou nossas expectativas e vamos relatar tudinho em breve no post com dicas de lá.

DICA: Não deixe jamais de visitar as praias com sapatilha, pois elas são de pedrinhas e fica muito difícil caminhar sobre elas, pois machuca os pés.

dicas grécia

Super Paradise – Mykonos

Como explorar as ilhas gregas ?

Algumas ilhas como Santorini, Mykonos e Milos possuem transporte público, mas circulam poucos ônibus e com horários pré definidos. Em Santorini ficamos 2 dias e para o nosso tipo de roteiro achamos que o carro não fez falta, pois o ônibus nos atendeu muito bem. Já em Mykonos ficamos 2 dias e meio e conhecemos apenas as praias do sul de ônibus. Se estivéssemos de carro poderíamos ter conhecido as praias no norte que são lindas e sem estrutura.

dicas grécia

Já em Zakynthos e Kefalonia sem carro dificulta bastante o roteiro, pois são ilhas grandes e o tempo de deslocamento é grande. Sem contar que táxi é MUITO caro, há poucos carros, e não existe UBER na Grécia. Demos a sorte de estar com amigos e dividimos o aluguel de carro. Pesquisamos muito e não achamos dica alguma de como explorar essas ilhas sem carro. Mas em breve vamos fazer posts com as dicas da Cynthia, uma amiga nossa que não dirige e conseguiu conhecer as duas ilhas.

Quanto custa viajar para a Grécia ?

A moeda da Grécia é o Euro. Logo, para nós brasileiros, a conversão pesa um pouco. Em junho de 2019 fizemos câmbio de 1 Euro = R$ 4.70. Na nossa opinião é caro viajar para a Grécia, mas não é impossível desde que você se planeje bem. Quanto gastar em cada ilha na Grécia por dia vai depender da época do ano que você viajar, quantos dias ficar e tipos de hoteis.

Para uma viagem de casal à Grécia, em um roteiro 15 dias pelas ilhas gregas que fomos, gastamos R$ 24.000 no total. Isso incluindo todas as passagens, hoteis, atrações, comida, comprinhas etc. Em breve você vai conferir um post com a média dos gastos por dia em uma viagem de 15 dias para a Grécia, mas de antemão para casal classificamos um custo total da seguinte forma:

  • Viagem super econômica Grécia 15 dias: até R$ 15.000
  • Viagem econômica Grécia 15 dias: entre R$ 15.000 – R$ 20.000
  • Viagem média Grécia 15 dias: entre R$ 20.000 – R$ 25.000
  • Viagem luxo Grécia 15 dias: acima de R$ 25.000

Nós viajamos em junho e a viagem já foi cara. Na alta temporada os valores de tudo sobem 3x mais, mas se você só pode viajar julho e agosto, planeje-se bem e SE JOGA!!! Vai valer cada eurinho gasto! 😀

dicas grécia

Mykonos

Quais as ilhas mais baratas da Grécia ?

Santorini e Mykonos são as ilhas mais caras da Grécia. Ela são bem turísticas e estão no roteiro de grande parte que visita o país pela primeira vez, ou até em outras vezes. Fomos a Kefalonia e Zakynthos e achamos os custos gerais bem mais baixos no geral. Logo, saindo do circuito Santorini-Mykonos você vai encontrar hospedagens e refeição bem mais baratos na Grécia.

santorini grecia

Santorini

dicas mykonos

Mykonos

Onde ficar na Grécia ?

No geral se hospedar na Grécia não é barato, principalmente em Santorini e Mykonos. Mas, como em todo lugar do mundo, você pode encontrar valores bem econômicos que não sejam tão próximos aos lugares mais turísticos.

Em nossa escolha por hospedagem levamos sempre em consideração 3 pontos: nota de avaliação no Booking, localidade e conforto/café da manhã. Onde ficar na Grécia vai depender do seu planejamento e estilo de viagem. Nós escolhemos as seguintes hospedagens:

KIMA VILLA SUITES OIA

Confira aqui no Booking hospedagens na Grécia. Reservando por este link! O valor da sua estadia não muda e você nos ajuda com uma pequena comissão que nos permite manter o blog no ar. 🙂

Como é a culinária na Grécia ?

Nós nos jogamos na culinária da Grécia! Sempre pedíamos de entrada o Saganaki Cheesse,  que é o queijo feta empanado. QUE DELÍCIA! Adoramos o Pita Gyros, servido no prato ou em forma de sanduíche. Ele nada mais é que um sanduíche composto de pão pita com recheiro de carne de porco ou frango e acompanhado de batata frita, tomate, cebola e molho tzatziki (feito à base de iogurte). Outra comida grega bastante comum é o Soulvlaki, que é o churrasquinho grego. Saladas gregas dizem que são deliciosas, mas não somos tão naturebas hehehe.

comida grega

Frutos do mar, Soulvlaki, e carbonra

comida grega

Pita Gyros

A moussaka, que é tipo uma lasanha mas sem massa, é outra comida famosa na culinária grega. Os gregos costumam comer bastante frutos do mar, principalmente lula e polvo. De sobremesa escolhíamos sorvete para refrescar, mas o iogurte grego é bem delicioso e diferente de tudo que já provei por aqui. Não deixem de experimentar a comida grega, que é fácil de agradar qualquer paladar! 😉

dicas grécia

Moussaka

FIQUE LIGADO: na Grécia a conta vem assim que a comida chega à mesa, isso em razão de uma lei válida em todo o país. Quando colocarem pães e água de entrada, pergunte se é cobrado, pois há lugares que cobram à parte e você só percebe na hora de pagar. Experimente os azeites gregos! Na história da Grécia o azeite é presente há milênios. Deguste vinhos também. Só não podemos recomendar nenhum porque não bebemos vinho.

OBS: Outro ponto a ser lembrado é que a gorjeta no país é algo muito comum, por isso não deixe de colaborar com os garçons. As condições econômicas na Grécia não são ainda das melhores e muitos trabalham ganhando pouco e fazem serviços temporários no verão.

Qual ilha casar na Grécia ?

Sem sombras de dúvida nós escolheríamos casar em Santorini. É clichê, mas é encantador de verdade! Sem contar que você já pode aproveitar e passar a sua lua de mel na Grécia. A Bianca é uma brasileira que mora lá e faz assessoria para casamento na Grécia. Ela tem diferentes pacotes, incluindo todos os preparativos para a cerimônia de casamento ou renovação de votos como local, bolo etc. Além disso, a Bianca faz ensaios fotográficos em Santorini e as fotos dela arrasam demais! Uma pena que não conseguimos agendar desta vez.

Entre em contato aqui

santorini grécia

Lua de mel na Grécia

Seja o roteiro que você fizer, uma lua de mel na Grécia será inesquecível! Inclua os lugares que você pesquisar e mais lhe atrair, inclusive Mykonos, por que não ? A ilha é linda e não é só balada como falam por aí. De manhã, até o início da tarde, as praias são calmas e sem agito, sem contar que o centrinho (Chora) é encantador! E não deixe de escolher um hotel com vista da caldera, em Santorini. Nós não estávamos em lua de mel na Grécia, mas nos permitimos pelo menos duas diárias. É um sonho e vale demais!

lua de mel grécia

É seguro viajar para a Grécia ?

Sim, vá tranquilo! Pelas ilhas não há perigo algum caminhar com telefone celular na mão, por exemplo. No entanto, Atenas requer mais cuidado. Ande com mochila na frente e não deixe nada à vista nos bolsos, pois há muito batedor de carteira próximos aos principais pontos turísticos, inclusive dentro da acrópole. Chegando tarde ao aeroporto, prefira ir de táxi ao hotel, pois o aeroporto é muito longe do centro. Indicamos a Fabiana, uma brasileira que faz serviço de transfer em Atenas e cobra o mesmo valor do que um táxi, 40 euros.

dicas grécia

Dicas da Grécia para você também estar por dentro

Fuso Horário

De maio a setembro é horário de verão na Grécia, então o fuso horário entre Grécia e Brasil são 6 horas a mais. Se houver horário de verão no Brasil essa diferença pode chegar a 4 horas. No verão os dias são longos e o por do sol é por volta de 20h30 (junho) e 21h (julho e agosto). Bom para curtir ainda mais a viagem, não é mesmo ? 😉

dicas grécia

dicas grécia

Idioma

A língua que se fala na Grécia é o grego, mas não se preocupe porque todo mundo que trabalha com turismo fala muito bem inglês: dos motoristas de ônibus até as locadoras de carro. Não tente falar Espanhol porque eles não vão entender. Com o básico de inglês você já irá se virar bem, mas caso você tenha dificuldades utilize aplicativos de tradutor (português-grego), Os gregos adoram brasileiros, são muito simpáticos e vão lhe ajudar com certeza.

potamitisbro

Dionísio da Potamitisbro que nos levou para Navagio Beach

Eletricidade

A corrente elétrica na Grécia é de 230V e as tomadas são do tipo C e F. Confira aqui dicas sobre padrão de tomada na Europa.

tomada europa

Fonte: Euro Dicas

Embaixada do Brasil na Grécia

Endereço: Vasilissis Sofias 23, Atenas.
Telefone: +30 21 0721 3039
Site: http://atenas.itamaraty.gov.br/pt-br/

Informações turísticas da Grécia: http://www.visitgreece.gr 

Esperamos que vocês tenham gostado do nosso Guia Grécia e que ele ajude no planejamento da sua viagem.  Mas se tiver mais alguma coisa que você queira saber, pergunte aqui embaixo nos um comentários! 🙂

dicas grécia

Assos – Kefalonia

ORGANIZE SUA VIAGEM!

VEM COM A GENTE!

Curte nossas dicas aqui no blog? Colabore conosco organizando sua viagem pelos links que confiamos e utilizamos em nossas trips! Você não paga mais por isso, e nós recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog no ar com conteúdo de qualidade.

VAI PARA A GRÉCIA ?

O Booking é nosso queridinho na hora de reservar uma hospedagem. Um dos maiores buscadores do mundo, tem avaliações de viajantes e oferece opções de efetuar sua reserva de diversas formas. Cancelamento grátis, pagando no check-in, deixando tudo pago antes de chegar… Basta ficar atento às condições.

SEGURO VIAGEM NA EUROPA

A Grécia faz parte dos países europeus inclusos no Tratado de Schengen, em que o seguro de viagem para a Europa é obrigatório. Nós usamos e recomendamos o Seguros Promo que é um buscador que compara preços de diversas seguradoras e você escolhe o melhor custo benefício. Utilize o cupom OTOURNOSSO5 e garanta 5% de desconto. Pagando em boleto você ganha mais 5%.

CHIP DE VIAGEM

Ficar sem Internet e telefone em uma viagem internacional não rola, né ? Por isso garanta seu chip VIAJE CONECTADO, utilize nosso cupom PROMO10 e ganhe 10% de desconto! Você já sai com ele ativado do Brasil e chega conectado ao destino. A cobertura na Grécia foi excelente e subimos muitos stories no Instagram.  Os planos de voz e dados custam a partir de R$ 39,99.

dicas fez marrocos

Tudo que você precisa saber ao visitar Fez no Marrocos nós vamos mostrar nesse post. Em nosso roteiro pelo Marrocos não podíamos deixar de conhecer a cidade imperial mais antiga do país (fundada no ano 789 d.C) e considerada a maior cidade medieval islâmica do mundo. Andar por algumas das 9 mil ruas da Medina de Fez, visitar os curtumes que apareciam na novela “O Clone”e conhecer a universidade mais antiga do mundo te faz sentir verdadeiramente inserido na cultura do Marrocos.

Neste post você vai conferir muitas dicas de Fez Marrocos. 🙂

dicas fez marrocos

Roteiro de 3 dias pelo Deserto do Saara. Confira aqui!

A medina de Fez é Patrimônio Mundial da Unesco e lá vivem mais de 450 mil pessoas. Antes de planejar nossa viagem para o Marrocos, a gente assistiu a matéria do Pedro Pelo Mundo (canal Multishow), lemos muitas dicas e todas eram unânimes: não tente usar GPS em Fez porque mesmo assim você vai se perder.

dicas fez marrocos

Outra recomendação era de não aceitar dicas de estranhos, pois como em qualquer lugar do mundo há o “pega turista”. Muitos cobram uma gorjeta e, mesmo assim, você não vai achar o local que quer ir.

dicas fez marrocos

Guia turístico em Fez

Evite perrengues e faça como nós que contratamos um guia na empresa Siroco Tours. O guia Youssef é marroquino, fala português, é muito simpático e conhece as vielas da medina de olhos fechados, porque nasceu e viveu lá dentro por muitos anos.

dicas fez marrocos

Abaixo você pode conferir a ordem do nosso roteiro de 1 dia em Fez. O tempo é suficiente para você mergulhar na cultura local e sentir como é a vida dentro de uma tradicional medina marroquina.

O que fazer em Fez em 1 dia

1 – Percorrer as muralhas da medina de Fez

O guia Youssef começou dando uma volta de carro por fora da medina de Fez, já que lá dentro só circulam transportes de carga. São 15km e várias entradas. Paramos em um local com vista panorâmica e pudemos ter noção de como é a medida de Fez é enorme.

dicas fez marrocos

2- Palácio Real de Fez

Pensa num lugar BELÍSSIMO para fotos: o Palácio Real em Fez, também conhecido como Palácio das Sete Portas. Ele não é aberto para visitação, mas você pode ir lá na porta, literalmente, para encostar, apreciar e fotografar essa arquitetura belíssima composta por 7 portas de bronze.

dicas fez marrocos dicas fez marrocosdicas fez marrocos

3 – Conhecer a fabricação das cerâmicas de Fez

A cerâmica de Fez é uma das mais conhecidas do mundo. O “azul de Fez” é a marca registrada da cerâmica de Fez, considerada uma das mais belas do Marrocos. Fomos a uma cooperativa onde podemos ver pessoas transformando pedras em argila, para formar ladrilhos ou moldar com as mãos peças como o tajine, vasos etc.dicas fez marrocosdicas fez marrocos

A parte da pintura é feita por mulheres. Já o artesão picota o azulejo em vários pedacinhos que formam o mosaico que marroquinos usam em objetos de decoração e na própria arquitetura de suas casa. Experiência ímpar ver tudo isso de perto. Depois fomos a uma loja lá dentro com muitas peças para vender e várias com bom preço.dicas fez marrocos dicas fez marrocosdicas fez marrocos

4- Bab Boujloud – porta principal da medida de Fez

Bab é nome das portas, ou seja, entradas para a medina. A Bab Boujloud também é conhecida como Blue Gate (Porta Azul) e é a entrada principal para a medina de Fez.

dicas fez marrocos

5- Caminhar pela Medina de Fez (Fez El Bali)

A medina de Fez também é conhecida como Fez El Bali e lá dentro só circulam pessoas, transportes e burros de carga. Adoramos muito andar no labirinto de ruas com muitas cores, cheiros e costumes árabes.

Você se sente verdadeiramente na época medieval. Percorrer as mais de 9 mil ruas é tarefa para quem conhece, como é o caso do nosso guia Youssef. Ele nos levou em vários souks que são os mercados árabes tradicionais nas ruas.

dicas fez marrocos dicas fez marrocos

Nos souks são vendidos mercadorias específicas e cada um deles é dividido por categoria, como souk de roupas de casamento, tecidos, couros, pratarias, especiarias e até animais como galinhas. As ruas são estreitas e bem movimentadas. Algumas passagens são tão apertadas que é necessário passar de uma em uma pessoa.

dicas fez marrocosdicas fez marrocos

Os costumes da vida dentro da medina ainda são muito fortes. Quanto mais caminhávamos, mais notávamos que tanto as comidas preparadas quanto os artesãos trabalhando com cerâmica, ferro e couro são costumes milenares.

dicas fez marrocos dicas fez marrocos

6- Visitar a universidade mais antiga do mundo, a Universidade Al Karaouine

Al Karaouine é a universidade mais antiga do mundo, fundada em 857 d.C por uma mulher :). Ela foi criada como uma madraça, ou seja, escola de ensino islã. A entrada custou 20 MAD (na época R$10). Além do pátio, é permitido subir e acessar uma parte para fazer foto nas janelinhas.dicas fez marrocosdicas fez marrocos dicas fez marrocos dicas fez marrocos

7 – Visitar os curtumes de Fez – Curtume de Chouwara

Quem assistiu a novela “O Clone” lembra das cenas com o curtume onde o couro é trabalhado em tanques de diferentes cores. O Curtume de Chouwara foi fundado no século XI e é uma tradição milenar preservada até hoje.

O couro de animais como cabra, camelo, ovelha e vaca é tratado de forma natural para fabricar bolsas, casacos, sapatos etc principalmente para a Europa. Um costume que perpetua há mais de 1000 anos.

dicas fez marrocos

Para ver os curtumes de cima, o guia leva até o terraço de alguma loja de couro. Nós conseguimos acessar lá embaixo porque o responsável do local autorizou fotografarmos para o blog. Como fomos no horário do almoço, não sentimos cheiro algum pois não havia ninguém trabalhando.

Mas geralmente dizem que o cheiro é muito forte e, então, lá no terraço da loja vão oferecer uma folha de hortelã para ajudar nesse cheiro ruim, que nem é do couro, mas sim das fezes de pombo (nos tanques brancos) que usam para deixar o couro mais macio.

dicas fez marrocos

8 – Conhecer lojas de tapetes, lenços e pashmina, prata dentro da medina

Durante nossas andanças pela medina, o nosso guia nos levou em algumas lojas. Você não é obrigado a comprar em nenhuma delas e ele nos dá a dica se o valor vale à pena e de negociar SEMPRE, pois é assim que funciona com árabe.

Em uma loja de tapetes, inclusive no casarão que foi gravada a novela “O Clone”, negociamos um tapete feito por mulheres berberes (povo nativo do deserto). Fomos muito bem tratados e a negociação está toda lá nos destaques dos stories do nosso Instagram. O preço era US$ 715 e pagamos no final US$ 250.

dicas fez marrocos

Outra lojinha que fizemos compras foi em uma só de artigos de prata. Compramos 5 pingentes “Mão de Fátima” com pedras Ágata ou Turquesa e pagamos 20 euros em 6 pingentes. O Marrocos é um dos países em que a prata é mais barata.

9 – Shopping fora da Medina

Fora da medina você pode conhecer o shopping. Nós acabamos almoçando por lá porque queríamos comer uma pizza. Tem Dominos, Pizza Hut…Inclusive tem Carrefour que é o único local que vende bebida alcoólica, pois como o país é muçulmano é proibído vender bebida alcoólica em restaurantes e lanchonetes.

dicas fez marrocos

Guia turístico que fala português em Fez

O Youssef foi muito gentil e simpático conosco. Com ele, ninguém se aproximou para oferecer informações e cobrar depois por elas. Nos sentimos seguros e muito bem informados com ele. Andamos sem pressa e fizemos um passeio muito agradável. Ele fala português muito bem. Abaixo os contatos da Siroco Tours.

Email: info@sirocotours.com

WhatsApp: +351 914 184 366

Site: https://sirocotours.com/

Como chegar em Fez

Nós chegamos em Fez vindo de Chefchaouen. Viemos da “Cidade Azul” de ônibus pela empresa CTM e pagamos R$ 40 por pessoa. Se for vir de Marrakesh ou Casablanca você pode vir de trem pela empresa ONCF.

A Medina de Fez é uma volta ao tempo. Vá de coração aberto, sem julgar os costumes e cultura que você vai ver pela frente: seja do curtume aos burrinhos de carga. São hábitos milenares que resistem ao mundo moderno de hoje e cabe a nós respeitarmos a maneira do outro viver. Garanto que é muito legal vivenciar por um dia uma cultura tão diferente da nossa.

dicas fez marrocos

Onde se hospedar em Fez

Nós ficamos no Riad Dar Tafilalete e adoramos. Jantamos por lá e foi o melhor tajine que comemos em toda a viagem! Confira aqui o nosso review completo da nossa hospedagem Fez.

Você pode fazer sua reserva na Riad Tafilalet , sem custos adicionais diretamente aqui neste link no nosso blog. Ele é classificado com nota 9 (fantástico) e você pode encontrar boas ofertas pelo Booking. O preço da tarifa não muda e nós ganharemos uma pequena comissão com a sua reserva. Por isso, se você, leitor, gostou deste post e curte as nossas dicas e roteiros aqui no blog, ao realizar qualquer reserva neste link, você estará nos ajudando a manter o blog no ar. 🙂

dicas fez marrocos

Vale à pena visitar Fez

Fez foi um dos lugares que mais gostamos de visitar no Marrocos. Fomos MUITO bem tratados por todos e nossa experiência foi excelente com o guia Youssef. Inclusive gostamos bem mais de Fez do que Marrakesh. Fez, apesar de receber mais turistas cada vez mais, é uma cidade muito autêntica original. Os contrastes são fascinantes!

dicas fez marrocos

Achamos Marrakesh 100% turística, até mesmo nos artigos que são vendidos. A medina de Fez você se sente mais inserido na cultura marroquina e não vê os assédios de vendedores como em Marrakesh. Lá no nosso Instagram você pode conferir nos destaques dos stories um pouco mais de como foi nosso roteiro de 1 dia em Fez.

dicas fez marrocos

Seguro viagem no Marrocos

Sempre recomendamos fazer um seguro viagem para qualquer viagem internacional, ainda mais para um país com comidas exóticas como o Marrocos. Nós não precisamos usar o seguro durante a viagem, graças a Deus, mas só de saber que em casos de emergência podemos contar com um atendimento já nos deixa mais tranquilos. Nós fechamos nesta viagem o Assist Card no site da Seguros Promo que é um comparador de preços de diferentes seguros de viagem e oferece um bom custo benefício. Confira aqui.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

VEM COM A GENTE!

Curte nossas dicas aqui no blog? Colabore conosco organizando sua viagem pelos links que confiamos e utilizamos em nossas trips! Você não paga mais por isso, e nós recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog no ar com conteúdo de qualidade.

HOSPEDAGEM

O Booking é nosso queridinho na hora de reservar uma hospedagem. Um dos maiores buscadores do mundo, tem avaliações de viajantes e oferece opções de efetuar sua reserva de diversas formas. Cancelamento grátis, pagando no check-in, deixando tudo pago antes de chegar… Basta ficar atento às condições.

SEGURO VIAGEM

Ninguém quer usar um seguro viagem, né? Mas vai que… Caso precise, a gente te dá até 10% de desconto no Seguros Promo! Ele é um buscador que compara preços de diversas seguradoras e você escolhe o melhor custo benefício. Utilize o cupom OTOURNOSSO5 e garanta 5% OFF. Pagando em boleto você ganha mais 5%.

CHIP DE VIAGEM

Ficar sem Internet e telefone em uma viagem internacional não rola, né ? Por isso garanta seu chip VIAJE CONECTADO, utilize nosso cupom PROMO10 e ganhe 10% de desconto! Você já sai com ele ativado do Brasil e chega conectado ao destino. A cobertura é muito boa em qualquer lugar do mundo, tem suporte via WhatsApp e os planos de voz e dados custam a partir de R$ 39,99.

riad dar tafilalet

Hospedagem no Marrocos não é caro e vale à pena demais ficar em um riad,  que é uma casa tradicional com cômodos e varandas que têm vista para um pátio interno (com fonte ou piscina). A medina de Fez em Marrocos é uma das mais importantes do país (em breve, você pode conferir aqui no blog o que fazer em Fez.), visto que são mais de 9 mil ruas.

Em nossa viagem para o Marrocos, ficamos duas noites em Fez e escolhemos o Riad Tafilalet. Ele fica a 200 metros da medina e adoramos a experiência de se hospedar em um riad.

Confira aqui o que fazer em Fez, a cidade imperial mais antiga do Marrocos!

riad1 dar tafilalet

O Riad Tafilalet tem nota 9.0 (Fantástico) no Booking,  é lindíssimo, muito bem decorado, tem atendimento excelente, acomodações, limpeza e café da manhã muito bons. Então, se você quer saber onde se hospedar em Fez, confira abaixo o nosso review!

Nós chegamos na rodoviária de Fez, vindo de Chefchaouen (dicas obre a cidade azul aqui), e mandamos uma mensagem para o Whatsapp da querida Meriem, que é recepcionista do riad e sempre nos deu muita atenção, desde que fizemos a nossa reserva.

Ela nos orientou a negociar um táxi entre 20 e 3 DH (R$15 a R$ 25) para Bab  Guissa, que é uma das entradas da medina de Fez. Chegamos em 15 minutos e lá estava uma pessoa enviada por ela para carregar nossas malas.

riad dar tafilalet

Localização

Nem pense em andar em uma das 9 mil ruas da medina de Fez com gps porque ele vai te deixar na mão. Um guia é essencial. Como chegamos no final da tarde, não saímos à noite e jantamos no riad. Mas no dia seguinte, fomos andar pela medina com um guia que nos pegou e nos levou facilmente ao riad. Em volta não há comércio, e só vimos um restaurante a poucos metros. Mas em termos de localização, ele fica em uma área calma da medina, só não recomendo andar a pé à noite porque fatalmente você vai se perder. Nota: 9

riad dar tafilalet

Conforto, instalações e limpeza

O Riad Tafilalet é bem espaçoso. No pátio principal tem uma fonte e mesas para café da manhã, além de 3 salas de estar com sofás e mesas. A decoração 100% tradicional marroquina te faz sentir um nativo que mora nesses tradicionais casarões. O riad é muito limpo, bem cuidado. O wifi funcionu uito bem. Nota: 10

 

riad dar tafilaletriad dar tafilalet

Acomodação

Cada quarto do Riad Tafilalet é único, ou seja, não são iguais. O nosso havia janela com vista para o pátio interno e uma pequena janela para a medina. A cama, armário, tapete, banheiro e acessórios são todos com design marroquino, sendo a iluminação bem baixa e aconchegante. Vale ressaltar que não há TV no quarto.  O banheiro tinha um box pequeno, mas nada que atrapalhasse o banho. Além disso, havia simples ammenities como sabonete, shampoo e condicionador, além de boas toalhas. Nota: 10

riad dar tafilalet riad dar tafilalet

O Riad tem um spa para massagem com o legítimo óleo de Argan marroquino e 7 quartos. Visitamos alguns deles e todos muito bonitos, com ar condicionado e banheiro privativo. No entanto, há dois quartos separados que compartilham um banheiro. Juntos eles podem acomodar no máximo quatro pessoas.

riad dar tafilalet

Café da manhã

Pão árabe quentinho e fresco, geléias, panqueca, cream cheese, manteiga, queijo, suco de laranja, café e o tradicional chá de menta marroquino, entre outras comidas tradicionais, compõe o café da manhã que gostamos muito. Ele é servido no pátio interno e você pode escolher uma mesa ou sentar-se nas salas de estar como fizemos. Nota: 10

riad dar tafilalet riad dar tafilalet

Terraço e jantar

O riad tem um terraço enorme com uma vista panorâmica da medina de Fez, que é muito bonita. Quando chegamos, no final da  tarde, subimos e podemos ouvir o som das mesquitas chamando para o salá que são as cinco orações públicas que cada muçulmano deve realizar diariamente, voltado para Meca ( antes do amanhecer, ao meio-dia, pela tarde, depois do pôr do sol e à noite).

Lá no terraço também é servida a janta. A entrada foi vagem, arroz, batata, jiló, azeitona, cenoura e outro legume que não consegui indentificar. Depois um tajine de frango maravilhoso demais!!Foi o melhor tajine que comemos em toda a nossa viagem pelo Marrocos! E por último serviram uva, melão e maça. Muito farto e bem servido o jantar. Nota: 10

riad dar tafilaletriad dar tafilaletriad dar tafilalet

Funcionários

Desde que entramos em contato com o Riad Tafilalet fomos prontamente muito  bem atendidos pela  Meriem, que virou uma amiga para nós. Tanto por email, quanto pelo Whatsapp, ela nos passou dicas respondendo imediatamente todas as nossas dúvidas.

Quando chegamos, Meriem e um funcionário nos serviu biscoitos  e um delicioso chá marroquino, além de nos apresentar às dependêncais do riad. Na volta do nosso tour pela cidade de Fez, nos serviram chá com biscoitos, no finalzinho da tarde e estava uma delícia! Toda equipe é extremamente gentil e adora os brasileiros. Nos sentimos verdadeiramente em casa. Nota: 10

riad dar tafilalet

Fez foi um dos lugares que mais gostamos de viajar pelo Marrocos e a nossa hospedagem no Riad Tafilalet foi uma excelente experiência, como vocês puderem ler. As diárias custam em média R$ 230 reais e no Booking há opção de reservar pagando só no check in. Olha que maravilha! 🙂

Informações

Riad Dar Tafilalet
Tipo: 3 estrelas
Endereço: 17, Derb el Mitter Zenjfor, 30008 Fez el Karaouiyne, Medina Fez
Telefone: (00212) 535635162
Site: http://www.riadtafilalet.com/site/

Reserve seu hotel em Fez aqui

Você pode fazer sua reserva no Riad Tafilalet pelo Booking, sem custos adicionais, diretamente aqui neste link no nosso blog. Ele é classificado com nota 9 (fantástico) e você pode encontrar boas ofertas pelo Booking. O preço da tarifa não muda e nós ganharemos uma pequena comissão com a sua reserva. Por isso, se você, leitor, gostou deste post e curte as nossas dicas e roteiros aqui no blog, ao realizar qualquer reserva através de nossos links, você estará nos ajudando a manter o blog no ar. 🙂

ORGANIZE SUA VIAGEM!

VEM COM A GENTE!

Curte nossas dicas aqui no blog? Colabore conosco organizando sua viagem pelos links que confiamos e utilizamos em nossas trips! Você não paga mais por isso, e nós recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog no ar com conteúdo de qualidade.

HOSPEDAGEM

O Booking é nosso queridinho na hora de reservar uma hospedagem. Um dos maiores buscadores do mundo, tem avaliações de viajantes e oferece opções de efetuar sua reserva de diversas formas. Cancelamento grátis, pagando no check-in, deixando tudo pago antes de chegar… Basta ficar atento às condições.

SEGURO VIAGEM

Ninguém quer usar um seguro viagem, né? Mas vai que… Caso precise, a gente te dá até 10% de desconto no Seguros Promo! Ele é um buscador que compara preços de diversas seguradoras e você escolhe o melhor custo benefício. Utilize o cupom OTOURNOSSO5 e garanta 5% OFF. Pagando em boleto você ganha mais 5%.

CHIP DE VIAGEM

Ficar sem Internet e telefone em uma viagem internacional não rola, né ? Por isso garanta seu chip VIAJE CONECTADO, utilize nosso cupom PROMO10 e ganhe 10% de desconto! Você já sai com ele ativado do Brasil e chega conectado ao destino. A cobertura é muito boa em qualquer lugar do mundo, tem suporte via WhatsApp e os planos de voz e dados custam a partir de R$ 39,99.

o que fazer chefchaouen dicas
Chefchaouen, a Cidade Azul do Marrocos

Conhecida como a Cidade Azul do Marrocos, Chefchaouen foi o primeiro lugar que conhecemos em nossa viagem para o Marrocos. Azul é minha cor favorita (Aline) e eu fiquei DOIDA nas pesquisas sobre o que visitar no Marrocos quando descobri a “Blue Pearl”, ou seja, a Pérola Azul marroquina. Fiquei encantada demais e inclui no nosso planejamento de viagem um roteiro de 1 dia em Chefchaouen.

Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre um tour pelo Deserto do Saara

o que fazer em chefchaouen dicaso que fazer em chefchaouen dicas

Passear pela medina de Chefchaouen era como caminhar por pequenas ruelas pelo céu. O colorido das frutas e especiarias, os cheiros, os tapetes e artesanatos, os gatinhos nas portas das casas. A cidade azul é muito fofa e vale a pena explorar cada cantinho, acreditem!!

A maior medina do Marrocos fica na cidade imperial de Fez e bem pertinho de Chefchaouen. Leia mais aqui!

o que fazer em chefchaouen dicas o que fazer em chefchaouen dicas o que fazer em chefchaouen dicas

Confira abaixo todas as dicas que reunimos para você também inserir a Medina Azul em seu roteiro de viagem pelo Marrocos. 😉 E percebam que 90% das fotos são minhas hahaha Thiago não liga muito pra foto, então eu estava no paraíso da minha cor favorita! Imaginem como não explorei ele, afinal, era meu aniversário (31/08/2018) e eu estava realizada de estar ali. 🙂 Maridos sofrem em lugar fotogênico, não é mesmo ? rs

o que fazer em chefchaouen dicas

História de Chefchaouen

Como também é conhecida, Chaouen ou Xexuão foi fundada em 1471 pelo povo berbere para barrar a expansão dos portugueses no continente africano. A então fortaleza virou refúgio do povo judeu e com a retomada espanhola,  a cidade de Chefchaouen começou a ganhar notoriedade. O costume de pintar as casas de diferentes tons de azul tem mais de 500 anos, tendo início no final do século 15.

o que fazer em chefchaouen dicas

Por que Chefchaouen é azul 

Casas, mesquitas, postes, prédios do governo ou cestos de lixo. Tudo na medina de Chefchaouen é pintado de azul. Há várias teorias para essa tradição. Uma delas de origem judaica diz que o azul reproduz a visão do paraíso para dizer que Deus e o céu estão acima de tudo.

o que fazer em chefchaouen dicas medina de Chefchaouen

Outra tradição conta que para os judeus o azul remete a cor de objetos sagrados no Velho Testamento. Mas também há quem diga que seja para espantar mosquitos ou oferecer uma sensação de frescura nos meses quentes de verão. Observação: se você notar que algum nativo está pintando a fachada de sua casa ou loja nem ouse fotografar porque eles não gostam.

o que fazer em chefchaouen dicas

Onde fica Chefchaouen 

Chefchaouen fica no norte do Marrocos, na região de Tânger-Tetuan, próximo ao Mediterrâneo. O nome Chefchaouen significa “dois chifres” no idioma berbere e tem esse nome porque está localizada na região das montanhas Rif, entre os picos Tisouka e Megou que parecem dois chifres.

o que fazer em chefchaouen dicaso que fazer em chefchaouen dicas

Como chegar em Chefchaouen 

Chefchaouen fica a 110 km de Tânger, cidade marroquina coladinha na Espanha. Pegamos um voo da Vueling (low cost espanhola) saindo de Barcelona e depois de 1 horinha de voo desembarcamos na cidade marroquina Tânger. Pagamos 80 euros nas duas passagens. Para quem vai de Casablanca para Chefchaouen a distância é de 350km e de Marrakesh 600km. Você pode colocar cidades como Rabat, Casablanca ou Fez para fazer no caminho do seu roteiro de viagem pelo Marrocos.

o que fazer em chefchaouen dicas

Se estiver vindo de Fez, há ônibus diários da empresa CTM na rodoviária de Chefchaouen e você pode comprar o bilhete pelo site. Fomos de Chefchaouen para Fez e pagamos por pessoa 80 Dihram ( 8 Euros) em uma viagem de 4 horas de duração. A empresa é muito bem avaliada no Marrocos e nos atendeu bem.

Quantos dias ficar em Chefchaouen 

Não há um roteiro em Chefchaouen que você precise seguir. Nós ficamos apenas um dia na Pérola Azul do Marrocos, conseguimos curtir a medina e achamos o tempo suficiente. O legal é você ir caminhando e ir se deparando com um labirinto de infinitas vielas e escadarias. Se tiver um tempinho a mais no seu roteiro, fique dois dias pra caminhar ainda mais e sentir o clima bucólico e único da cidade azul do Marrocos.

o que fazer em chefchaouen dicas

O que fazer em Chefchaouen 

1- Caminhar sem rumo pela medina

A rua Hassan 1 é a rua principal da Medina de Chefchaouen. Tem lojinhas de artesanatos, restaurantes, casas… A medina azul de Chefchaouen é muito tranquila de conhecer, se comparada às medinas de Fez e Marrakesh. Não há assédio de vendedores nos Souks, que são ruas de mercados ao ar livre onde são vendidas mercadorias específicas como, por exemplo, souk de tecidos, roupas, especiarias. Os nativos caminham pelos turistas normalmente sem importunar.

o que fazer em chefchaouen dicas

2- Praça Uta Al-Hamman

Já a praça Uta al-Hamman é a parte principal da medina e tem muitos restaurantes, cafés e lojas também, além da mesquita Yamma el Kebir (não pode visitar), um Kasbah (espaço fortificado e de origem berbere) e a torre, mas não quisemos visitar ambos. O Kashab tem um museu, pátios e uma antiga prisão.

o que fazer em chefchaouen dicas

Pelo caminho víamos muitos homens vestindo djellabas, uma espécie de roupa de lã com capuz que cobre o corpo inteiro. É um traje típico e serve para proteger contra o frio, visto que a medina fica em uma montanha. Encontramos alguns nativos assim em becos mais isolados e o passeio tomava até um tom mais misterioso rs.

o que fazer em chefchaouen dicas o que fazer em chefchaouen dicas

3- Cachoeiras de Akchoura

Quem curte turismo de aventur e adora cachoeira, pode visitar as cachoeiras de Akchoura. Nós não fomos, mas vimos fotos. É lindíssimo, fica a uns 40 minutos de Chefchaouen e você pode ir de táxi. Vale lembrar que, ao chegar na represa há uma caminha de duas horas por uma trilha com subidas e descidas.

4- Cascata Ras El- Maa

Por falar em cachoeiras, no caminho para a Mesquita Espanhola (detalhes no próximo tópico), há a cascata Ras El- Mas que vem das montanhas Rif. Ela não é bonita, serve para lavar roupas e nos finais de semana para os nativos se refrescarem. Fui lá embaixo e vocês não fazem ideia que água congelante!! Não sei como eles conseguem ficar ali! Por isso notei que não tem turista algum hahaha

o que fazer em chefchaouen dicas

5- Vista panorâmica de Chefchaouen – Mesquita Espanhola

A vista mais bonita de Chefchaouen é da Mesquita Jemme Bouzafar, também conhecida como Mesquita Espanhola. Fica fora medina, bem no caminho da rua principal. Não tem erro, é tudo muito fácil de achar. Por uma trilha de 40 minutos e acessível a qualquer pessoa, chega-se ao topo do mirante onde fica a mesquita.

o que fazer em chefchaouen dicaso que fazer em chefchaouen dicas

Lá em cima, muitos turistas chegam antes do pôr do sol para pegar um bom lugar. Alguns nativos ficam tocando músicas e também fumando maconha. Aliás foi o único lugar que sentimos o cheiro.

o que fazer em chefchaouen dicas

Sobre produção de haxixe em Chefchaouen

Já havia lido que Chefchaouen é um grande produtor de haxixe, embora não seja liberado e a prática atrai muitos turistas. Então, não se assuste se te oferecerem. Há inclusive tours para visitar plantações de maconha em Chefchaouen, por isso pode ser que alguém ofereça esse tipo de passeio.

Ninguém nos ofereceu em momento algum nem maconha nem o passeio. Não vimos perigo algum em Chefchaouen. Caso te ofereçam e você não goste, basta recusar e seguir em frente que nada acontecerá, pelo que lemos.

Onde tirar foto em Chefchaouen

A medina de Chefchaouen não é grande. Caminhar, explorar e fotografar bastante este lugar tão peculiar do Marrocos é a grande pedida. As mulheres ficam loucas fotografando por todas as fachada em Chefchaouen. Pra onde se olha há portas e cantinhos azuis, e comigo não foi diferente (rs)…coitado do Thiago! Tirou muuuuita foto! 😀 A segunda porta abaixo é no Dar Mounir, que é uma hospedagem foda e todas amam essa porta rs.

o que fazer em chefchaouen dicaso que fazer em chefchaouen dicaso que fazer em chefchaouen dicas

Há lugares que tem filas pequenas e um deles é até pago (10 MAD = 1 Euro), pois é no quintal de um senhor e o cenário é lindo (primeira foto abaixo). Vimos muitos orientais e as japonesas amam fotografia, né? Então vocês já imaginam o tempo que elas não ficam para fazer uma, quero dizer dez mil fotos. rs

o que fazer em chefchaouen dicaso que fazer em chefchaouen dicas

Aproveites os bequinhos com profundidade, portas, escadas….e prepare-se para lotar a memória do seu celular ou câmera rs. Duvido você não fazer foto nas milhares de portas, ruelas etc! Depois me conta se eu não tinha razão. 😉 Você nem precisa usar filtro, porque é tanto tom de azul lindo que dispensa editar foto!

o que fazer em chefchaouen dicas o que fazer em chefchaouen dicas o que fazer em chefchaouen dicas

Onde comer em Chefchaouen

Na praça principal, Uta al-Hamman, tem a maior oferta de restaurantes em Chefchaouen, como a Casa Aladin e a Pizzaria Mandala que tem preços atrativos. Há também barraquinhas com frutas e o suco de laranja é MUITO bom e diferente no Marrocos! Não deixem de provar!

o que fazer em chefchaouen dicas

Como ficamos um dia, acabamos almoçando em um lugar indicado pelo nosso hotel, bem do ladinho dele, o restaurante Lalla Massouda, que tem um ambiente bem típico marroquino. Comemos um espaguete com kebab e dois refrigerantes por 80 Dihram (8 Euros). À noite, acabamos jantando no hotel mesmo.

Lalla Massouda Chefchaouen

Onde ficar em Chefchaouen 

A Cidade Azul do Marrocos tem muitas opções de hospedagens com bons preços. Como era meu aniversário, e ficamos apenas uma noite, escolhemos a única hospedagem 5 estrelas, o Lina Ryad SPA. A localização é excelente, bem pertinho da praça principal da medina, Uta al-Hamman.

Lyna Riad Spa Chefchaouen Lyna Riad Spa Chefchaouen Lyna Riad Spa Chefchaouen

Ele é todo azul, claro, e a decoração é lindíssima, tradicional e moderna. O quarto é lindo, tem cama excelente e banheiro com bom espaço. A piscina coberta me chamou muito atenção e foi excelente relaxar no final do dia que completei 36 primaveras e começar o dia seguinte com um banho de piscina.

Lyna Riad Spa Chefchaouen Lyna Riad Spa Chefchaouen Lyna Riad Spa ChefchaouenLyna Riad Spa Chefchaouen

Há também hammam (banho turco), uma banheira de hidromassagem, terraço com vista linda da medina, café da manhã (excelente) servido pessoalmente no loby e serviço de transfer do aeroporto de Tânger. Pagamos 600 Dihram (60 Euros) e o motorista era muito simpático. Pagamos 140 Euros a noite (setembro de 2018). É carinho, mas a ocasião pedia uma conforto a mais. 🙂

Quando ir a Chefchaouen

A melhor época para visitar o Marrocos é antes e depois do verão, ou seja, nos meses de abril e maio e setembro e outubro. Fomos início de setembro e pegamos calor, nem fraco nem intenso.

o que fazer em chefchaouen dicas

O que comprar em Chefchaouen

A medina de Chefchaouen por ser mais tranquila e menor do que as medinas de Fez e Marrakesh possui produtos um pouco mais caros. Mas basicamente há itens locais como chapéus de pompons coloridos (usados pelos agricultores no Marrocos), tapeçaria berbere (colorida) com muçulmana, artigos de prata, sabonetes e souveniers em geral.

o que fazer em chefchaouen dicas o que fazer em chefchaouen dicas

Nunca se esqueça de negociar o valor, pois com árabe só funciona assim. Ele te cobra 2X de algo que se você oferecer metade ou 40% ele vai topar. Não fique com vergonha, pois funciona! Negocie firmemente, negue a compra se ele dizer não e depois de 5 segundos você vai ver que ele te chama para fechar o seu valor proposto.

o que fazer em chefchaouen dicas
A cidade azul do Marrocos é imperdível! Inclua no seu roteiro e se tiver dúvidas, deixe aqui nos comentários que a gente quer te inspirar a visitar Chefchaouen!

Vai para Chefchaouen ?

Você pode fazer sua reserva pelo Booking, sem custos adicionais diretamente aqui no nosso blog. O preço da tarifa não muda e nós ganharemos uma pequena comissão com a sua reserva. Por isso, se você, leitor, gostou deste post e curte as nossas dicas e roteiros aqui no blog, ao realizar uma reserva neste link, ou em qualquer outro link que indicamos, você estará nos ajudando a manter o blog no ar. 🙂

Seguro viagem no Marrocos

Sempre recomendamos fazer um seguro viagem para qualquer viagem internacional, ainda mais para um país com comidas exóticas como o Marrocos. Nós não precisamos usar o seguro durante a viagem, graças a Deus, mas só de saber que em casos de emergência podemos contar com um atendimento já nos deixa mais tranquilos. Nós fechamos nesta viagem o Assist Card no site da Seguros Promo que é um comparador de preços de diferentes seguros de viagem e oferece um bom custo benefício. Confira aqui.

ORGANIZE SUA VIAGEM!

VEM COM A GENTE!

Curte nossas dicas aqui no blog? Colabore conosco organizando sua viagem pelos links que confiamos e utilizamos em nossas trips! Você não paga mais por isso, e nós recebemos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o blog no ar com conteúdo de qualidade.

HOSPEDAGEM

O Booking é nosso queridinho na hora de reservar uma hospedagem. Um dos maiores buscadores do mundo, tem avaliações de viajantes e oferece opções de efetuar sua reserva de diversas formas. Cancelamento grátis, pagando no check-in, deixando tudo pago antes de chegar… Basta ficar atento às condições.

SEGURO VIAGEM

Ninguém quer usar um seguro viagem, né? Mas vai que… Caso precise, a gente te dá até 10% de desconto no Seguros Promo! Ele é um buscador que compara preços de diversas seguradoras e você escolhe o melhor custo benefício. Utilize o cupom OTOURNOSSO5 e garanta 5% OFF. Pagando em boleto você ganha mais 5%.

CHIP DE VIAGEM

Ficar sem Internet e telefone em uma viagem internacional não rola, né ? Por isso garanta seu chip VIAJE CONECTADO, utilize nosso cupom PROMO10 e ganhe 10% de desconto! Você já sai com ele ativado do Brasil e chega conectado ao destino. A cobertura é muito boa em qualquer lugar do mundo, tem suporte via WhatsApp e os planos de voz e dados custam a partir de R$ 39,99.

%d blogueiros gostam disto: